O que é BPA e quais os efeitos negativos da substância para a saúde
BPA
Foto: Istock/Getty Images
Drinkfinity >

O que é BPA e quais os efeitos negativos da substância para a saúde

Pedro Katchborian em 23 de dezembro de 2016

Em tempos em que se discute tanto os cuidados com a saúde, qualquer detalhe é importante. E o BPA é muito mais que um detalhe. O BPA, também chamado de bisfenol-A, é uma substância química orgânica que está presente em plásticos policarbonatos e resinas epóxi. Embora o BPA esteja presente em muitas compartimentos de água por aí, não é o caso do Vessel de Drinkfinity, completamente livre do bisfenol-A.

Essa substância está em diferentes materiais: DVDs, latas de comida, brinquedos, talheres descartáveis, entre outros…E por que é importante que o Vessel de Drinkfinity não tenha BPA em sua composição? Segundo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia de São Paulo (SBEM-SP), o BPA pode alterar a ação dos hormônios da tireóide, a liberação de insulina pelo pâncreas e propiciar a proliferação das células de gordura.

Embora haja um consenso de que ele faz mal à saúde, os efeitos do BPA ainda estão sendo discutidos pela comunidade científica e médica. Uma classificação para essa substância é que ela é uma disruptora endócrina (DE). Entre as possíveis consequências estão: aborto, tumores do trato reprodutivo, déficit de atenção, endometriose, gestação ectópica, hiperatividade, diminuição da quantidade e qualidade de esperma entre adultos, entre outras doenças. Em 2007, um painel do NIH (National Institutes of Health), nos Estados Unidos, mostrou que bisfenol-A pode trazer efeitos sobre o desenvolvimento cerebral e comportamental em bebês.

LEIA MAIS
O que é Drinkfinity?
LEIA MAIS
Como desmontar e limpar o seu Vessel de Drinkfinity

Como a contaminação costuma se dar pela ingestão, é muito importante que a garrafa não tenha BPA em sua composição. Normalmente, o bisfenol-A no plástico acaba contaminando o alimento, que é então ingerido pela pessoa. Além das garrafas de água, outra preocupação são as formas de plástico. Constantemente usadas para guardar restos de comida, elas liberam bisfenol-A quando são levadas ao micro-ondas.

Sintetizado pela primeira vez em 1891, o bisfenol-A só começou a ser questionado sobre os seus malefícios a saúde na década de 1970. As descobertas não foram suficientes para impedir a produção em massa da substância: é extremamente provável que você tenha BPA em seu organismo — estima-se que cerca de 90% das pessoas tem a substância em seus corpos.

Como evitar o BPA em sua vida

Além de beber água ou com Pods em seu Vessel Drinkfinity, há outras maneiras para você evitar o BPA em sua vida. Veja algumas dicas e evite as doenças causadas pela substância.

  • Antes de tudo, identifique quais são os produtos que contém BPA: no rótulo o produto deve trazer informações sobre sua composição. Os que tiverem policarbonato e os números 3 ou 7 contém BPA.
  • Procure sempre formas de vidro, aço ou porcelana. Sabe aquele pote de marmita de plástico? Troque-o por um de vidro. Essas formas costumam fazer visitas semanais ao micro-ondas, o que libera muito bisfenol-A.
  • Certifique-se de que a mamadeira do bebê é BPA Free — você consegue encontrar facilmente uma no mercado.
  • Caso você precise usar utensílios de plástico na cozinha, evite levá-los ao micro-ondas ou até mesmo refrigerá-los — as temperaturas baixas também podem liberar BPA na comida.
  • Às vezes pode ser complicado, mas evite os descartáveis: os pratos e copos costumam ter altas concentrações de BPA.
Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 237 [2] => 205 [3] => 97 [4] => 222 [5] => 62 [6] => 157 [7] => 276 [8] => 12 [9] => 249 [10] => 86 [11] => 94 [12] => 267 [13] => 68 [14] => 16 [15] => 115 [16] => 186 [17] => 17 [18] => 102 [19] => 173 [20] => 175 [21] => 238 [22] => 92 [23] => 236 [24] => 79 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence