O que acontece com seu Pod de Drinkfinity quando você o recicla?
pods
Foto: Divulgação
Drinkfinity >

O que acontece com seu Pod de Drinkfinity quando você o leva para reciclagem?

Redação em 2 de fevereiro de 2017

Drinkfinity é um sistema de bebidas diferente de qualquer outro que você conhece. É personalizável. Você compra a garrafa (o Vessel) ou o copo (o Pod Popper) uma única vez e usa eles por quanto tempo quiser. O que muda a cada vez que você usa é o sabor, que vem nas cápsulas (os Pods), e possuem as mais variadas opções.

Dessa forma, você gera muito menos lixo do que consumindo bebidas comercializadas em garrafas descartáveis ou em latinhas, por exemplo. Mas é verdade que ainda há um resíduo plástico dos Pods. A boa notícia é que ele é reciclável e a Drinkfinity tem um programa próprio para cuidar bem desse plástico, reduzindo o impacto no meio ambiente.

Quando você toma Drinkfinity há duas coisas que você pode fazer com seu Pod: reaproveitar em casa, usando-o como um pequeno vaso de plantas, por exemplo, ou levá-lo a uma loja da Drinkfinity (em São Paulo ou no Rio de Janeiro) e inseri-lo no programa de reciclagem. Nesse último caso você ainda ganha um desconto de 25% na compra dos próximos Pods.

Como seu Pod de Drinkfinity é reciclado

Você pode entregar o Pod em qualquer loja oficial da Drinkfinity. Em São Paulo elas estão no Shopping Eldorado, Shopping Morumbi, Shopping Pátio Paulista e Shopping Center Norte. No Rio de Janeiro é no Barra Shopping e no Shopping Rio Sul.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Ao chegar lá é só pedir o desconto e entregar seus Pods. Eles serão direcionados ao Reciclo PepsiCo, organizado pela própria PepsiCo, que é responsável pela marca. O projeto é resultado de uma associação com cooperativas de reciclagem e as ajuda com iniciativas para gerir os resíduos sólidos, seguindo as leis de sustentabilidade social e ambiental.

A ideia do Reciclo PepsiCo é empoderar catadores, profissionalizando-os. O programa oferece treinamentos, seminários e cursos de capacitação para eles. “Temos desde a capacitação empresarial, dando cursos de Excel e técnicas de negociação, a treinamentos de trabalho em equipe e gestão de capital”, explica Livia Westin, analista do departamento de Cidadania Corporativa da PepsiCo.

Esse programa existe desde 2013 em parceria com a Gaia Social, uma organização responsável pelo acompanhamento das cooperativas. Eles trabalham com nove cooperativas na Zona Sul de São Paulo, organizadas em forma de Rede, a Rede de Comercialização da Zona Sul.

Mas voltemos um pouco. Quando você deixa seu Pod em uma loja da Drinkfinity, ele é enviado a uma dessas cooperativas, que os separam e vendem para empresas de reciclagem. Por ser feito de PET, é fácil de ser reciclado. O vídeo abaixo explica um pouco sobre como é o processo de reciclagem da Pepsico.

O impacto social da reciclagem dos seus Pods

É bacana ressaltar como essas cooperativas se beneficiam da reciclagem. Aquele Pod que poderia ir ao lixo é muito mais útil quando destinado para a reciclagem corretamente. O programa Reciclo PepsiCo, por exemplo, ajudou a aumentar o ganho médio dos catadores. Se em 2013 a renda média deles era de R$ 591, em 2015 chegou a R$ 762. Em cooperativas mais desenvolvidas, a renda pode chegar a R$ 1.500.

Segundo a empresa, a coleta seletiva beneficia 1,3 milhão de pessoas. São ao menos 266 profissionais diretamente impactados pela parceria com as cooperativas, sendo 63% mulheres e com idade média de 39 anos.

A cooperativa é vista como um negócio. O catador muitas vezes se profissionaliza e cresce até virar um gestor. O Pod ou qualquer outro material plástico que chega até eles é seu produto, cujo mercado são as empresas de reciclagem para a qual vendem esse produto. Quanto mais capacitados, melhor seu poder de organização e negociação.

“Quando chegamos, havia muito uma coisa de acharem que íamos dar algo, uma visão muito assistencialista. E o objetivo era desconstruir isso e criar a ideia de emancipação, autonomia e reciprocidade e equilíbrio dos catadores com o mercado”, conta Lusimar Guimarães, gerente de projetos da Gaia Social, diretamente envolvido no projeto da Rede de Comercialização Zona Sul, que apoia a capacitação das cooperativas na capital de São Paulo.

O seu Pod não é lixo. Nunca deve ser. Ele é desconto para você, produto para o catador, e um plástico que volta ao mercado — e não à natureza —, basta você levá-lo para a reciclagem em uma loja Drinkfinity.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 237 [2] => 205 [3] => 97 [4] => 222 [5] => 62 [6] => 157 [7] => 276 [8] => 12 [9] => 249 [10] => 86 [11] => 94 [12] => 267 [13] => 68 [14] => 16 [15] => 115 [16] => 186 [17] => 17 [18] => 102 [19] => 173 [20] => 175 [21] => 238 [22] => 92 [23] => 236 [24] => 79 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence