Delivery de comida rápido pelo aplicativo do Uber
UberEATS app Foto: Divulgação
Novo serviço do Uber oferece delivery de comida
Inovação > Tecnologia

Uber testa rede de carros para entrega comida em tempo recorde

Diana Assennato em 17 de abril de 2016

O Uber, aplicativo que conecta motoristas a passageiros, anda testando o UberEATS; um serviço de delivery de comida que usa a rede de carros disponíveis nas cidades para entregar pedidos de alguns restaurantes cadastrados. Uma versão beta já está rolando em 12 cidades há mais de um ano, em um esquema experimental ainda tímido: são apenas alguns restaurantes parceiros com 1 ou 2 pratos cadastrados no sistema do aplicativo para o usuário escolher que delivery de comida deseja e receber em menos de 15 minutos.

Leia também: Entenda como funciona o UberPool

A grande promessa do serviço é a entrega de comida rápida usando a rede de carros que transportam passageiros comuns. A nova versão do serviço, que por ora está sendo testada só em Toronto, no Canadá, e Melbourne, na Austrália, é ainda melhor: conta com um app separado do Uber comum, com mais opções de pratos e mais agilidade: a meta é atingir entregas em até 10 minutos. Você literalmente clica em um botão que diz “delivery imediato”. Além de Toronto e Melbourne, o UberEATS está disponível em Paris e em outras cidades americanas como São Francisco, Nova York e Los Angeles.

Delivery de comida saudável a pizza

A empresa pretende manter um cardápio variado porém enxuto de propósito, para facilitar a vida de quem costuma passar 40 minutos decidindo o que comer nas listas intermináveis dos aplicativos de delivery de comida. Em algumas cidades os carros entregam até brunch e o tempo de espera do delivery já bate os 10 minutos. Como os entregadores são os mesmos motoristas que levam os passageiros, existe um trabalho intenso de análise de dados para sincronizar as corridas com as retiradas, para que a comida não chegue fria ao seu destino.

A empresa, que já comprou muitas brigas com taxistas aqui no Brasil, diz que ainda não há previsão para o serviço chegar ao país, mas já imaginamos a revolta de apps de delivery para restaurantes que dependem dessa mesma taxa de entrega para existir.

Além do delivery de comida: Uber para todos

Mas por que limitar o uso de uma ferramenta tão simples, rápida e econômica apenas a delivery de comida? Existe um mercado carente de boas opções quando se trata de entrega de mercadorias: o do micro e pequeno comerciante. O UberRUSH veio pra facilitar a vida do negócio que está começando, que não vende um volume suficientemente grande para ter bons acordos com transportadoras, mas que deseja manter a qualidade do seu pós-venda. Funciona da mesma forma que o UberEATS, com a diferença de que qualquer um pode incluir um botão de “entregar com Uber” no checkout do seu e-commerce.

Tanto o UberRUSH quanto o UberEATS são o resultado de um movimento de abertura gradual da empresa, que já vale US$62,5 bilhões. Há pouco mais de um ano o Uber anunciou a decisão de abrir a API (Aplication Program Interface) do seu sistema para desenvolvedores que quisessem acoplar o serviço de carros aos seus aplicativos.

Além de impulsionar pequenos negócios e ajudar produtos locais chegarem mais longe, a ideia pode transformar significativamente a indústria de aplicativos de delivery e os serviços de entrega como um todo, criando novas oportunidades para a Nova Economia.

Mas a melhor parte mesmo é só uma: poder acompanhar o caminho do seu jantar em tempo real. Quantas vezes você já não quis isso quando pediu um delivery?

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 157 [12] => 25 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 172 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence