5 plataformas para aprender programação pela internet
programação
Foto: Istock/Getty Images
Inovação > Educação

5 plataformas para aprender programação pela internet

Kaluan Bernardo em 2 de agosto de 2016

Há quem diga que programar é o novo inglês. Da mesma forma que o inglês é importante para você poder se comunicar com boa parte o mundo, a programação poderá ser essencial para você aprender a se comunicar com as máquinas e com os sistemas a seu redor.

“Atletas profissionais e cantores de pop fazem milhões. Empreendedores brilhantes de tecnologia fazem bilhões”, escreve o Conselho Jovem Empreendedor, uma iniciativa que incentiva o empreendedorismo, na revista Forbes. Mas, muito além do dinheiro, eles também citam outros motivos como a capacidade de você poder executar suas ideias, entender o desenvolvimento de produtos e incentivar novas sinapses.

Há ainda outros motivos: poder entender como a tecnologia funciona e, assim, não ser devorado por ela; desenvolver raciocínio lógico; e ter a programação como forma de empoderamento que te possibilitará criar muito mais.

No vídeo abaixo (com legendas em português), alguns dos maiores nome da tecnologia, como Bill Gates, Mark Zuckerberg e Marissa Mayer, defendem a importância de programar:

Mas onde aprender a programar? Há diversas escolas e universidades que te ensinarão programação avançada ou ciências da computação. Mas você também pode começar sozinho, na sua casa, gastando pouco dinheiro ou nada. Basta conhecer alguns dos sites abaixo:

Sites e ferramentas para aprender programação na internet

Codecademy

Um dos mais famosos dessa lista. A Codecademy ensina gratuitamente e de forma bastante didática, convidando o aluno a colocar a mão na massa o tempo todo. Há cursos para linguagens relacionadas a web design, como HTML e CSS, ou outras super famosas, como Javascript, PHP, Python e Ruby on Rails. O serviço é gratuito.

Code4startup

Aprender a programar é como aprender a tocar violão. No começo você precisa ficar decorando acordes e cifras que parecem não fazer muito sentido, enquanto na verdade já queria estar tocando uma música inteira — com direito a solo e tudo.

Felizmente nem sempre precisa ser assim. A Code4Startup, por exemplo, te ensina a programar colocando a mão na massa. Em vez de criar códigos aleatórios, você aprende a criar sistemas iguais ao de startups famosas, como Airbnb, Tinder, Product Hunt e outros. O serviço, no entanto, não é gratuito. Há dois planos: um de US$ 40 por mês e outro de US$ 80 mensais.

Leia também:
As crianças devem aprender a programar?
Programaria empodera mulheres ao ensinar tecnologia

Code.org

A Code.Org é responsável pelo vídeo que você viu no começo do texto. Eles são uma organização sem fins lucrativos que quer conscientizar o mundo da importância de programar. Eles têm apoio de uma série de gigantes da tecnologia, como Google, Facebook e Apple e oferecem uma série de cursos básicos para quem quiser dar o primeiro passo no mundo da programação. É tudo gratuito.

Coursera e Udemy

Duas das plataformas de cursos online mais famosas do mundo. Diferente das outras, elas não são focadas em programação e oferecem uma série de cursos sobre os mais interessantes temas — incluindo tecnologia. Nelas, o modelo é mais baseado em vídeo, no qual o professor ensina a teoria e o aluno faz a lição de casa e depois discute com outros colegas. Ambas são gratuitas.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 157 [12] => 25 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 172 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence