Buscas por sintomas no Google trarão resultados revisados por médicos
buscas por sintomas
Foto: Istock/Getty Images
Inovação > Saúde

Buscas por sintomas no Google trarão resultados revisados por médicos

Emily Canto Nunes em 6 de fevereiro de 2017

Atire a primeira pedra quem nunca procurou algum sintoma desconhecido na internet e, com a ajuda do “Dr. Google” descobriu algumas das possíveis doenças em questão. Foi pensando nessas pessoas — basicamente todo mundo — que o Google fechou uma parceria com Hospital Israelita Albert Einstein para que as buscas por sintomas trouxessem resultados mais confiáveis, neste caso, revisados por médicos. De acordo com um comunicado, o tema saúde representa uma em cada 20 pesquisas no Google no mundo.

buscas por sintomas

Foto: Istock/Getty Images

Ou seja, a partir de hoje, ao pesquisar por dor no joelho depois da corrida, por exemplo, um painel informativo de condições relacionadas, tratamentos, entre outros, será apresentado no resultado, e todos revisados por médicos. Desde março de 2016, o Google e o Albert Einstein comandavam juntos um projeto que trazia resultados curados e revisados pelo hospital quando as pessoas procurassem por doenças e condições. O novo anúncio expande a iniciativa.

“Depois da busca por doenças, era natural que passássemos a oferecer às pessoas esse mesmo resultado quando elas procurassem por sintomas, que é muito mais comum,” explica Berthier Ribeiro-Neto, diretor do Centro de Engenharia na América Latina, em Belo Horizonte.

LEIA MAIS
Ayurveda: o que são os doshas e como afetam a saúde física e emocional
LEIA MAIS
Pillo, o robô que promete cuidar da sua saúde

De fato, cerca de 1% das buscas no mundo são relacionadas a sintomas, o que mostra a importância deste novo serviço para as pessoas. Ainda de acordo com o Google, os engenheiros de Belo Horizonte (MG) foram os responsáveis por essa inovação dos resultados nas buscas. O Brasil é o primeiro país a ter a solução totalmente adaptada e localizada para o português, depois do lançamento nos Estados Unidos, em junho de 2016.

Métodos contraceptivos no Google

Além da busca por sintomas, o Google e o Einstein também criaram painéis informativos para quando as pessoas buscarem sobre métodos contraceptivos. Todo conteúdo foi curado e revisado por médicos do Einstein e oferecerá às pessoas mais facilidade para entender melhor as características de cada método. “Nada ainda substitui a consulta médica, mas um paciente ativo e consciente é o que buscamos para ter uma sociedade mais saudável”, destaca o Dr. Sidney Klajner, presidente do Einstein e médico cirurgião.

Ambos os lançamentos estão disponíveis nos dispositivos móveis pelo aplicativo do Google, para Android e para iOS. Os painéis sobre métodos contraceptivos também poderão ser visualizados no desktop.

Busca de saúde no Google em números

No mundo

  • Uma em cada 20 pesquisas no Google são relacionadas à saúde;
  • Cerca de 1% das buscas no Google são relacionadas a sintomas;
  • 15% das buscas que vemos todos os dias são novas (outubro de 2016);
  • O tráfego das buscas nos dispositivos móveis ultrapassou o desktop (outubro de 2015).

No Brasil

  • Hoje, há mais de 400 condições disponíveis nos painéis de informações;
  • O Einstein validou mais de mil consultas para o lançamento da busca por sintomas no Brasil;
  • Alguns dos sintomas mais buscados: Garganta inflamada, Dor de cabeça, Faringite, Dor nas costas, Dor no peito, Hipotermia, Taquicardia, Dor no estômago, Dor na nuca, Tontura.
Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 237 [2] => 205 [3] => 97 [4] => 222 [5] => 62 [6] => 157 [7] => 276 [8] => 12 [9] => 249 [10] => 86 [11] => 94 [12] => 267 [13] => 68 [14] => 16 [15] => 115 [16] => 186 [17] => 17 [18] => 102 [19] => 173 [20] => 175 [21] => 238 [22] => 92 [23] => 236 [24] => 79 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence