Tecnologia para idosos: as inovações para integrar os mais velhos
tecnologia para idosos
Foto: Istock/Getty Images
Inovação > Saúde

Tecnologia para idosos: as inovações para integrar os mais velhos

Pedro Katchborian em 11 de janeiro de 2017

“Vó, esse é o WhatsApp. Ele manda mensagem para quem você quiser pela internet”. Quem nunca teve essa conversa ou uma semelhante, não é mesmo? Mais novos explicando tecnologia para os idosos virou rotineiro em qualquer família. E eles têm compreendido — e adorado — a rede. A prova é uma pesquisa da Pew Research: se apenas 15% dos mais velhos usavam internet em 2000, em 2013 esse número alcançou 59%.

Seja pela necessidade de adaptação, insistência ou interesse, os mais velhos também fazem parte da web. Agora, a questão é ir além e fazer idosos estarem totalmente integrados com as inovações. Conheça algumas empresas que trabalham especificamente com tecnologia para idosos.

tecnologia para idosos

Foto: Istock/Getty Images

4 empresas de tecnologia para idosos

SuperFlex

O SuperFlex vai além de integrar os idosos no mundo da tecnologia. A novidade desenvolvida por uma startup da Califórnia criou um exoesqueleto para pessoas com pouca mobilidade. Com sensores, a roupa pode ajudar na postura e no movimento do corpo, atuando quando a pessoa se levanta ou até mexe os braços.

Rich Mahoney, um dos co-fundadores da Super Flex, afirmou que o time por trás da inovação tem especialistas em robótica e moda. “Estamos nos identificando como uma empresa de inovação de roupas, embora tenhamos começado como indústria de robótica”, diz ao The Verge.

Doro

Imagine você, com mais de 70 anos, tendo vivido décadas sem qualquer tipo de acesso à internet. Compreender o que é um smartphone e como se dá o seu uso não é fácil. Sabendo disso, a Doro, empresa americana, tornou-se especializada em criar tecnologia para idosos. Mais especificamente, celulares e smartphones.

Segundo o site da empresa, os celulares são “fáceis de usar, sem sacrificar o design”. Entre as características dos celulares estão teclas maiores, letras grandes, além de oferecer um bom contraste de cores para facilitar a visão do que está na tela.

LEIA MAIS
The Freebird Club: o Airbnb para idosos e pessoas com mais de 50 anos
LEIA MAIS
Ecovilas para idosos: envelhecer em comunidade respeitando a natureza

Além da usabilidade facilitada, também há um botão de “alarme” na parte de trás. Caso apertado, o celular manda notificações para pessoas que podem ajudar. Não há telefones Doro à venda no Brasil — no entanto, pela Amazon americana, é possível comprar os celulares por valores que variam de US$ 60 à US$ 350.

Jitterbug Smart

Fazer tecnologia para idosos não é exclusividade da Doro. A também americana Great Call lançou em 2016 um smartphone para a terceira idade. Chamado de Jitterbug Smart, o aparelho é o maior smartphone da empresa e traz como destaques um menu simples, além de ícones e textos grandes e uma bateria duradoura.

Além das ferramentas, a Great Call também tem um aplicativo para auxiliar em casos de emergência. Basta clicar no 5Star App que a pessoa é conectada com um funcionário da empresa, que pode ajudar em qualquer situação.

Oscar Senior

O Oscar Senior é um aplicativo que tem como objetivo facilitar a vida dos idosos que mexem em tablets. Com interface simples, ícones grandes e diferentes cores, o app funciona como um sistema operacional.

O grande destaque, no entanto, é que o aplicativo permite que outra pessoa possa acessar remotamente o tablet. Assim, pessoas que estão mais familiarizadas com tecnologia podem auxiliar remotamente caso existam dúvidas sobre o uso do app e do tablet.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 237 [2] => 205 [3] => 97 [4] => 222 [5] => 62 [6] => 157 [7] => 276 [8] => 12 [9] => 249 [10] => 86 [11] => 94 [12] => 267 [13] => 68 [14] => 16 [15] => 115 [16] => 186 [17] => 17 [18] => 102 [19] => 173 [20] => 175 [21] => 238 [22] => 92 [23] => 236 [24] => 79 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence