Upload de conteúdo para o cérebro: ficção ou realidade?
upload de conteudo para o cerebro
Foto: Istock/Getty Images
Inovação > Saúde

Upload de conteúdo para o cérebro: ficção ou realidade?

Pedro Katchborian em 29 de novembro de 2016

Imagine que o aprendizado seja tão natural e fácil quanto dormir. O sonhado upload de conteúdo para o cérebro tem sido discutido desde que as máquinas se tornaram mais inteligentes e o cérebro foi melhor compreendido. A tecnologia, que é sempre relacionada ao personagem Neo, no filme “Matrix”, em que o personagem é capaz de aprender artes marciais em alguns segundos, tem sido debatida em 2016. No meio científico, discute-se até que ponto ela não passa de um sonho.

Um estudo recente mostrado pelo Telegraph aponta para algumas das possibilidades envolvendo o aprendizado com o auxílio de estímulos ao cérebro. Publicado pelo jornal Frontiers in Human Neuroscience, o estudo usou estimulação do cérebro com eletrodos para melhorar as habilidades de pilotar.

upload de conteúdo para o cérebro

Foto: Istock/Getty Images

“Nosso sistema é um dos primeiros do seu tipo. É uma estimulação do cérebro”, explicou o Dr. Matthew Phillips. “Acontece que certas funções do seu cérebro, como a memória, estão localizados em certas regiões específicas do nosso cérebro”, explica.

A ideia dos pesquisadores é que a estimulação do cérebro pode, eventualmente, ser utilizada para atividades como aprender a dirigir, preparação de provas e aprende novas línguas. Mas enquanto o Telegraph relaciona o estudo ao upload de conteúdo para o cérebro, a Discover Magazine diz que o experimento nada tem a ver com a tecnologia vista em Matrix.

Na verdade, o trabalho tem a ver com a estimulação do cérebro e aprendizado, mas não tem a ver com habilidades pré-concebidas. “O teste tinha a intenção de colocar o cérebro em um estado que possa aprender a mais rápido”, diz a Discover Magazine. Segundo a publicação, embora o upload de conteúdo para o cérebro seja uma tecnologia fascinante, ela ainda é ficção.

Upload de conteúdo para o cérebro: e o contrário?

Se são poucos os artigos que falam sobre colocar informações de máquinas no cérebro, o mesmo não pode se dizer do contrário. Conseguir fazer o upload de suas memórias, vivências e aprendizado para um computador tem sido outro assunto debatido por cientistas há décadas.

LEIA MAIS
Teletransporte e interfaces neurais: o ambicioso plano da Rússia na tecnologia

Enquanto existem os mais céticos e conservadores, existem os que juram que isso será possível. E em breve. “Dentro dos próximos 30 anos, eu vou fazer questão que todos nós possamos viver para sempre”, diz Dmitry Itskov para a BBC. O milionário russo embarcou na missão de tornar possível esse upload do seu cérebro para uma máquina. A ambição é louvável, mas ainda não há nada de concreto nas ideias do russo. “Toda a evidência mostra que na teoria é possível. É extremamente difícil, mas possível”, explica.

As datas pensadas pelo russo coincidem com a de outro futurista: Ian Person, líder da área de futurismo da British Telecom diz que esse tipo de download será possível até 2050. Segundo a BBC, para tentar ter avanços nessa área, vários cientistas tentam fazer uma analogia do cérebro com o computador. Para o Dr. Ken Hayworth, que está envolvido em pesquisas que mapeiam o cérebro, esse é o principal problema: “ainda estamos muito longe” de fazer esse escaneamento do cérebro como se fosse uma máquina.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 25 [12] => 157 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence