Há um limite para a expectativa de vida humana? Talvez sim
vida humana
Foto: Istock/Getty Images
Inovação > Saúde

Há um limite para a expectativa de vida humana? Talvez sim

Kaluan Bernardo em 9 de novembro de 2016

A pessoa mais velha do mundo foi uma francesa, chamada Jeanne Calment, que morreu em 1997 aos 122 anos. E ,segundo um grupo de estudiosos, não deveremos ver muita gente batendo seu recorde, não. A conclusão é de pesquisadores que analisaram o Human Mortality Database, um banco de dados que mostra as pessoas mais velhas de 41 países e é gerido por demógrafos dos Estados Unidos e da Alemanha.

Os pesquisadores concluíram que, apesar de a idade máxima das pessoas ter aumentado entre as décadas de 1900 e 1970, ela chegou a um platô de onde dificilmente passa de 115 anos. Ou seja, é pouco provável que passemos desse limite.

“São altas as chances de termos atingido nosso máximo de expectativa de vida pela primeira vez”, diz Jan Vijg, coautor do estudo e pesquisador do Albert Einstein College of Medicine, em entrevista ao The Guardian.

Segundo ele, não deveríamos nos preocupar tanto em continuar a expandir o tempo máximo de vida e sim em tornar nossa estadia por aqui mais saudável e tranquila. “É nisso o que devemos investir dinheiro”, comenta.

Limite de vida é genético, dizem pesquisadores

A proporção de pessoas que passa dos 70 anos tem crescido desde 1900. No entanto, a quantidade de indivíduos que passam dos 100 já não tem crescido tanto. “Para as pessoas mais velhas nós não temos sido muito bons em reduzir seus índices de mortalidade”, comentou Vijg ao The Guardian.

Mesmo em países como França, Reino Unido, Estados Unidos e Japão, que têm a maior quantidade de supercentenários (pessoas que passam dos 110), eles não encontraram quase ninguém que passasse dos 115 — sugerindo aí um limite. “Com base nos dados que temos hoje, as chances de você ver uma pessoa de 125 anos em um ano é de quase uma para 10.000”, comenta Vijg.

Os autores defendem que o limite da vida não depende de processos biológicos que acontecem durante a vida, mas que é produto de programações genéticas que controlam nossos processos como crescimento e desenvolvimento.

“Se você morrer de doença do coração aos 70, o resto do seu corpo poderá estar com uma saúde relativamente boa. Então, uma intervenção médica para evitar a doença do coração pode prolongar significantemente sua expectativa de vida. No entanto, em alguns centenários, não só o coração, mas todos os sistemas corporais se tornam velhos e frágeis. E se você não morrer do coração, morrerá de qualquer outra coisa”, comenta Hendrikje van Andel-Schipper, médica holandesa que pesquisa supercentenários, ao The Guardian.

Por que a conclusão ainda é polêmica?

No entanto, nem todos concordam com a mesma interpretação dos dados. Embora o crescimento da expectativa não tenha mudado muito nos países, ele não chegou a estabilizar no Japão, nação com maior expectativa de vida. Estima-se que a média da longevidade de um japonês nascido em 2015 seja de 83,7 anos.

Além disso, à revista Nature, os pesquisadores dizem que o estudo despreza a possibilidade de a medicina e a ciência evoluíram. “É claro que há limites para o prazo de vida se você não interferir”, comenta Richard Faragher, biogerontólogo.

Hoje pesquisadores já conseguiram prolongar a vida de minhocas, ratos e moscas ao suprimir genes envolvidos com o envelhecimento ou restringindo calorias de suas dietas.

Há, ainda, algumas técnicas que conseguiram rejuvenescer células humanas ao associar o RNA a proteínas capazes de estender telômeros, uma espécie de tampa de proteção no fim dos cromossomos e que é associada ao envelhecimento. Para Faragher, se não fosse possível expandir a expectativa de vida nos humanos, isso nos tornaria diferentes de qualquer outras espécies que já foram estudadas.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 25 [12] => 157 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence