Ciborgues: humanos que trazem a tecnologia para dentro de seus corpos
steve-mann_ciborgues
Steve Mann Foto: Reprodução/Youtube
Inovação > Tecnologia

9 ciborgues que trazem a tecnologia para dentro de seus corpos

Camila Luz em 2 de dezembro de 2016

Ciborgues são seres humanos que escolheram estar ainda mais próximos da tecnologia do que pessoas comuns, tão dependentes que são de celulares hoje. Eles pretendem melhorar suas capacidades físicas e mentais incorporando chips e outros dispositivos em seus corpos.

Parece filme de ficção científica, mas os ciborgues existem na vida real, sim. Hoje, deficientes físicos, cientistas e amantes da tecnologia utilizam esse conceito para diferentes fins. Enxergar melhor, recuperar os movimentos, aprimorar os sentidos e até fazer pagamentos sem cartão são alguns dos resultados alcançados pelos ciborgues.

Conheça alguns ciborgues da vida real:

Lephy Anonym

A hacker escocesa tem 50 chips e imãs implantados em seu corpo para adquirir conhecimentos e melhorar sua qualidade de vida. Ela se considera uma “transumanista”. Segundo sua filosofia, a tecnologia pode aprimorar a existência dos humanos.

Desde 2007, Lephy passou por 50 procedimentos cirúrgicos para implantar os dispositivos. Para fazer o primeiro, pediu a ajuda de uma amiga e comprou um chip digital, leitor e instrumentos médicos esterilizados. Hoje, tem imãs nos dedos para tornar o toque mais sensível e microchip nas mãos para fazer pagamento sem cartão, por exemplo.

Neil Harbisson

Neil nasceu com uma condição chamada acromatopsia, o que significava que só podia enxergar em preto e branco. Mas graças a um olho eletrônico, ou eyeborg, consegue visualizar cores além do âmbito da percepção humana normal.

LEIA MAIS
Stephen Hawking sobre AI: "A melhor ou a pior coisa para a humanidade"
LEIA MAIS
O que são computadores quânticos e como eles vão mudar o mundo

O dispositivo permite que ele perceba cores como sons na escala musical. Funciona como se “ouvisse” a cor e a identificasse. Neil, que já tem 34 anos, se adaptou tão bem ao olho eletrônico que seu cérebro tem formado novos caminhos neurais que lhe permitiram desenvolver um tipo avançado de percepção.

“No começo, precisei memorizar os nomes dados a cada cor e as notas, mas depois de algum tempo, todas essas informações se tornaram uma percepção”, disse, em palestra no TED. “Quando comecei a sonhar em cores, percebi que o software e meu cérebro haviam se unido”, contou.

Rob Spence

O documentarista Rob Spence também se aproveitou da tecnologia para melhorar sua visão. Ele ficou cego de um olho aos 13 anos de idade, após sofrer um acidente com uma arma de fogo. Decidiu, então, instalar um olho biônico com uma câmera e um transmissor sem fio. O projeto foi batizado de “Eyeborg Project”. Em 2009, se tornou o primeiro cineasta a não precisar carregar nada nas mãos para fazer seus filmes.

Steve Mann

Seu smartphone ainda não é uma extensão do seu braço, mas já é possível usá-lo como um “computador vestível”. O dispositivo foi criado por Steve Mann, que é professor do departamento de Engenharia da Computação da University of Toronto (Canadá).

Ele tem trabalhado para aperfeiçoar o computador, que fica instalado em sua cabeça, desde os anos 1970. O dispositivo funciona como uma extensão de seus próprios sentidos. Se mantém conectado em rede e reproduz informações eletrônicas de forma remota.

Kevin Warwick

Kevin Warwick Foto: Reprodução/Site

Kevin Warwick Foto: Reprodução/Site

O professor de cibernética da University of Reading (Reino Unido) leva seu trabalho tão a sério que ele e seus experimentos se tornaram um só. Warwick é fundador do “Project Cyborg”, usando a si mesmo como cobaia na missão de se tornar o ciborgue mais completo do mundo.

Ele vem implantando vários dispositivos eletrônicos em seu corpo desde 1998. Naquele ano, instalou um microchip em seu braço que o permitiu operar portas, luzes, aquecedores e outros computadores remotos enquanto se move entre os cômodos.

Jesse Sullivan

Auxiliar pessoas em suas deficiências é uma das belezas da tecnologia. No futuro, quem passou por amputações poderá ser equipado com membros robóticos que se conectam ao seu sistema nervoso e funcionam tão bem quanto membros normais.

Jesse Sullivan é pioneiro no assunto. Ele foi equipado com braços biônicos que se conectam ao seu corpo através de um enxerto de músculo nervoso. Sullivan consegue controlar seu novo membro com a mente e também pode sentir quente, frio e pressão.

Jerry Jalava

Jalava é a prova de que a criatividade pode ter mais importância do que ser um gênio da robótica quando o intuito é se tornar um dos ciborgues mais famosos do mundo. Após perder um dedo em um acidente de motocicleta, decidiu colocar uma entrada USB de 2GB na sua prótese. O dispositivo não faz upload de informações diretamente em seu sistema nervoso, mas é bastante útil no quesito armazenamento.

Claudia Mitchell

Mitchell é a primeira mulher na história a receber um implante de braço biônico. Foi fuzileira naval nos Estados Unidos e perdeu o braço esquerdo em um acidente de moto. Felizmente, pôde implantar o membro artificial, controlado por impulsos emitidos pelo cérebro.

Tudo o que Mitchell precisa fazer é pensar no movimento. Automaticamente, o braço mecânico é acionado. O membro é movido pelos músculos do peito que foram conectados novamente às terminações nervosas do braço verdadeiro. Por sorte, elas continuaram intactas após o acidente.

Wafaa Bilal

Wafaa Bilal Foto: Reprodução/Site

Foto: Reprodução/Site

O professor de arte da NYU (Estados Unidos) tem um terceiro olho no meio da cabeça. O dispositivo é uma câmera digital que capta imagens do que se passa nas suas costas a cada 60 segundos.

Bilal é expert em artes visuais e é reconhecido por suas obras interativas. A iniciativa de implantar o olho fez parte de uma experiência que consiste em uma verdadeira obra de arte. As fotografias captadas foram transmitidas durante um ano no Museu de Arte Moderna do Qatar.  O objetivo era analisar “as coisas que nunca vê e acaba deixando para trás”, disse.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
ESCOLHA DO EDITOR
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 205 [1] => 76 [2] => 12 [3] => 237 [4] => 97 [5] => 249 [6] => 222 [7] => 62 [8] => 157 [9] => 276 [10] => 259 [11] => 86 [12] => 267 [13] => 94 [14] => 68 [15] => 16 [16] => 167 [17] => 115 [18] => 186 [19] => 17 [20] => 102 [21] => 173 [22] => 238 [23] => 175 [24] => 92 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence