Patente da Apple que bloqueia câmera de smartphone causa polêmica
smartphone video show
Foto: Flickr
Inovação > Tecnologia

Patente da Apple que bloqueia câmera de smartphone causa polêmica

Emily Canto Nunes em 23 de julho de 2016

Atire a primeira pedra quem nunca tirou o smartphone do bolso para filmar sua música predileta da sua banda favorita. Um trecho só para postar nas redes sociais, sabe? É rapidinho! Agora, atire a primeira pedra quem nunca se irritou com a quantidade de smartphones em punho apontando para o palco. E, para piorar, bloqueando a visão de quem está logo atrás escutando sua música predileta da sua banda favorita.

Pois bem: não há dúvidas de que filmagens em shows e em outros espetáculos de entretenimento é uma questão complexa. É complicado tanto para fãs que não largam o smartphone quanto para os artistas que não gostam de ter seu trabalho divulgado gratuitamente em vídeos caseiros, ou mesmo para celebridades como Beyoncé que sempre saem fazendo caretas nas fotos do público. Ainda não existe um app para resolver essa questão, Bey, mas talvez já exista uma patente, e é da Apple.

Recentemente, a Apple recebeu a aprovação de uma patente pedida originalmente em 2009 que, uma vez incluída no iPhone, permitiria que terceiros se comunicassem com a câmera do aparelho por meio da transmissão codificada de uma luz infravermelha. Parece meio estranho que a Apple possa estar interessada em algo que permita controlar o smartphone do usuário de fora mas analisando o pedido de patente, percebe-se que o foco foi na indústria do entretenimento.

como funciona

As pessoas não estão obedecendo ao pedido de não filmar aquele show, peça, ou ainda obra de arte? Simples, é só ligar esse aparelho capaz de se comunicar com um futuro iPhone via infravermelho que a câmera será desabilitada e nenhum registro será feito. Uma mensagem surge na tela: “gravação desabilitada”.  Pode parecer interessante do ponto de vista do artistas, mas e as outras inúmeras aplicações que essa funcionalidade pode ter num futuro, será que a Apple pensou nelas?

Smartphone como ferramenta de liberdade de expressão

Ao analisar o lado malvado dessa inovação grande veículos especializados apontaram para a mesma questão: e a censura, minha gente, como fica? O Engadget foi um dos sites que levantou a questão. Uma vez que o iPhone traga tal recurso não só as casas de shows estarão aptas a bloquear a função de gravação da câmera, mas qualquer um que possuir tal aparelho compatível. Isso incluiria a polícia, que tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos não gosta de ter seu trabalho registrado pelos smartphones na mão do povo.

Nos EUA, casos a respeito do tema já foram parar nos tribunais segundo o site Mic. Em um desses casos, Glik versus Cunniffe, a Suprema Corte concedeu às pessoas o direito de registrar o trabalho da polícia em vídeos e fotos, mas ninguém disse que eles não podem dar um jeito de se proteger. E só saberemos como proceder depois que alguém tentar, é claro.

Leia mais: Project Ara: os smartphones modulares são realidade

Na época da patente, o grupo Save the Internet chegou a publicar uma carta aberta a Steve Jobs afirmando que esse pedido era profundamente repugnante e contra os ideais de liberdade:

“Milhares de pessoas em todo o Oriente Médio usam câmeras de celular para documentar abusos de governos violentos. Essa tecnologia também daria aos tiranos o poder de deter o fluxo de vídeos de protesto e reprimir seus cidadãos com a impunidade. Se esta ferramenta cair nas mãos de regimes repressivos ou de corporações maliciosas dará aos tiranos e às empresas o poder de silenciar uma das formas mais críticas de liberdade de expressão”.

Por enquanto é impossível dizer, sem ter acesso aos laboratórios da Apple e a uma resposta sobre a polêmica, se esta tecnologia é verdadeiramente viável. E, mais: se vai deixar de ser uma patente para se tornar um recurso e se poderia ser facilmente implementada pelas polícias ao redor do mundo ou adquirida por governos ditadores. No entanto, reascende a discussão de para quem são pensadas as inovações? Para nós, usuários que por vezes não nos seguramos e fazemos um vídeo do nosso artista favorito tocando aquela música predileta, ou também para governos e empresas?

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 157 [12] => 25 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 172 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence