Como saber se você já teve alguma senha vazada na internet
senha vazada
Foto: Istock/Getty Images
Inovação > Tecnologia

Como saber se você já teve alguma senha vazada na internet

Pedro Katchborian em 19 de setembro de 2016

Do ICQ em meados dos anos 2000 a atual conta profissional com software necessária para trabalhar é bem provável que você já tenha criado centenas de contas na internet nessa última década. Com isso, são muitas senhas e dados nossos disponíveis nesse grande mar de informações que é a internet. Entre tantos “cadastre-se” que já preencheu, será que você já teve a senha vazada algum hacker? Há uma maneira de descobrir.

O site Have I Been Pwned reúne mais de 1 bilhão de contas que foram vazadas e funciona de maneira bem simples: é só colocar o e-mail ou nome de usuário que costuma usar nos serviços e a plataforma mostra se os seus dados já foram expostos.

Ataques em grandes empresas são comuns: a Sony, com o PlayStation e o Dropbox foram algumas das companhias que tiveram dados de seus usuários expostos com quebra de segurança de seus servidores. Portanto, não se surpreenda caso alguma conta sua apareça na lista.

Além do Have I Been Pwned, o LeakedSource é outro serviço que pode mostrar quais contas já foram hackeadas, mas a plataforma é mais detalhada. É possível procurar por IP, nome completo e número de telefone, além do e-mail.

Senha vazada? É hora de trocar

Com a sua senha vazada ou não, que tal aproveitar o momento e trocar o seu password para as suas contas? Primeiro, certifique de que você não se enquadra nas senhas mais utilizadas do mundo: 123456, qwerty ou password estão no top 3 da lista de 2016, que conta com “football” na sétima colocação.

mão segurando token com senha

Foto: Istock/Getty Images

Uma das maneiras mais fáceis de hackear senhas são os passwords de uma palavra só, daquelas que você encontra em um dicionário qualquer. Imagine uma senha com a palavra “frango”, por exemplo: ela pode ser descoberta por hackers quase instantaneamente (em 8 milissegundos), caso eles tenham computadores programados para isso.

Segundo o site howsecureismypassoword.net, colocar uma letra maiúscula em sua senha não ajuda em absolutamente nada. Trocar uma letra por um número também não ajuda muito: “fr4ngo”, por exemplo, seria descoberto em 2 segundos. O mesmo acontece quando você coloca um número após a senha, como “frango5”.

Leia mais: Os cuidados para usar WiFi público

A plataforma mostra que quase todas as senhas que são só de uma palavra, mesmo com números e símbolos, são mais fáceis de serem descobertas. Por exemplo, em nove minutinhos hackers poderiam descobrir a senha “Fr4ng0!2”. O segredo é pensar em senhas maiores e com combinações de palavras: “FrangoEBatataDoce” demoraria 118 bilhões de anos para ser hackeado, por exemplo. Boa sorte, hackers!

Os cuidados com o WiFi Público

Sempre que temos a oportunidade de usar um WiFi público, rola aquela felicidade em economizar os pacotes de dados. Mas é necessário muito cuidado: as redes públicas não costumam ser tão protegidas quanto as privadas e sua senha pode ser vazada. 

Portanto, mesmo que a sua senha seja bem difícil de adivinhar, não arrisque e acesse sites de bancos ou faça compras online em redes que são públicas. Outro risco é de o hacker invadir o seu computador e acessar todo o conteúdo: fotos, documentos, arquivos e etc.

O mesmo vale para contas pessoais de e-mails, pois muitas vezes eles contém informações como dados bancários e documentos confidenciais.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 25 [12] => 157 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence