Por que a Tesla é a grande promessa dos carros elétricos
Tesla Model 3
Foto: Divulgação
Inovação > Tecnologia

Por que a Tesla é a grande promessa dos carros elétricos

Kaluan Bernardo em 19 de abril de 2016

Marcas como Nissan e Chevrolet lutam para dominar o mercado dos carros elétricos. Mas é a Tesla Motors, uma empresa bem menos tradicional da indústria, que se posiciona como a grande promessa do setor.

A companhia foi criada por Elon Musk, fundador do PayPal e responsável por diversas outras empresas que se pretendem revolucionárias, como SpaceX (que quer popularizar as viagens ao espaço e até nos levar a Marte) e o HyperLoop (sistema de transporte a ultra velocidade).

Apesar dos vários empreendimentos, é a Tesla que parece ser a menina dos olhos de Musk e do mundo. Ela já lançou três veículos: o Roadster, em 2010; o Model S, em 2012; e o Model X, em 2015. As coisas começam a mudar com a próxima linha: o Model 3.

 

Elon Musk, fundador da Tesla

Foto: Divulgação

A promessa do Tesla 3

Em abril de 2016, a Tesla anunciou o Model 3. O veículo deve ser fabricado apenas em 2017 mas, mesmo assim, causou enorme frisson: em apenas uma semana de pré-venda, foram reservados mais de 325 mil unidades. Com isso, a companhia arrecadou nada menos que US$ 14 bilhões (ou R$ 51,6 bilhões na cotação atual do dólar) em apenas sete dias.

O carro, que funciona apenas com energia elétrica é vendido por US$ 35 mil (aproximadamente R$ 126 mil). Ele se destaca pela potência de sua bateria. A empresa garante que será capaz de rodar, pelo menos, 346 km com uma única recarga.

E onde recarregar? Em várias estações que a Tesla está espalhando pelo mundo. Conhecidos como “destination charger” (destino carregador, na tradução livre), esses pontos de recarga são gratuitos e estão em mais de 3.600 hotéis, restaurantes e outros locais dos EUA. Por enquanto, não há nenhum no Brasil, onde o Model 3 também será vendido, mas a empresa promete criar 15 mil postos até o fim de 2017.

O Tesla Model 3 quer ser também revolucionário por dentro

No controle de segurança para carros dos EUA, o Model 3 conseguiu a nota máxima de confiança. Além disso, o veículo vai de 0 a 100 km/h em apenas seis segundos – número expressivo para um automóvel elétrico.

Além disso, diferentemente de veículos comuns, não tem um motor de combustão embaixo do capô. O espaço é reaproveitado e transformado em um segundo porta-malas.

O carro ainda virá com um sistema de autopiloto. Não sabemos o quão eficiente será, mas a promessa é que o veículo seja completamente autônomo, capaz de desviar de obstáculos, mudar de pistas e até estacionar sozinho.

A ideia te parece assustadora? Relaxa, não é só com você. Muitos que testaram o veículo ficaram assustados. Mas, acostume-se também: há grandes chances de, no futuro, andarmos todos em carros assim. No vídeo abaixo há uma demonstração da tecnologia funcionando:

 

Em 2017, com o lançamento do Model 3 no mundo, a empresa chegará a novos países, como India, Brasil África do Sul, Coreia do Sul, Nova Zelândia, Cingapura e Irlanda. Esse é só o começo da grande aposta da Tesla nos carros elétricos. Pelos números da pré-venda, ela parece estar indo bem.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 157 [12] => 25 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 172 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence