Como o blockchain pode reaquecer a economia compartilhada
economia compartilhada
Foto: Istock/Getty Images
Nova Economia > Consumo Colaborativo

Como o blockchain pode reaquecer a economia compartilhada

Pedro Katchborian em 27 de outubro de 2016

O ato de ter um objeto, um carro ou um pertence está sendo transformado pela economia compartilhada. Isso porque já existem serviços para emprestar roupas, objetos e carros. Em uma sociedade que tem se alimentado pela economia compartilhada, como ela pode se tornar, de fato, popular?

Em texto no The Guardian, Ben Tarnoff detalha um pouco a ascensão da economia compartilhada. “Ela existe há quase uma década”, diz. “Atualmente, no entanto, a economia compartilhada parece ter passado do seu auge. Depois de uma onda de entusiasmo de investidores, algumas startups como o Uber e o Airbnb deram certo, mas várias outras acabaram fracassando”, explica.

Parece que as pessoas não têm problema em pagar por quartos ou caronas, mas estão menos entusiasmadas em alugar videogames ou ferramentas. A Fast Company chegou até a declarar que a economia compartilhada estava morta, que acabou o fôlego desse modelo de negócio. Para Tarnoff, a economia compartilhada está longe de acabar. Novas tecnologias podem dar mais força aos empréstimos e aluguel de equipamentos, roupas e etc. E uma dessas tecnologias é o blockchain, visto como uma possível solução para dar mais fôlego para a economia compartilhada.

Para a publicação, o capitalismo sugere que tudo deve ter um dono. “Se eu sou dono de um pedaço de terra, você invade, eu chamo a polícia. Caso seja necessário, vamos ao tribunal”, diz. O sistema funciona, mas é lento e burocrático.

Essas práticas envolvem governos e legislação, por isso é tão difícil regulamentar a economia compartilhada, seja o Uber ou o Airbnb. “O sistema oficial não é feito para isso”, afirma Ben. Como conseguir, então, uma desburocratização desse sistema, de maneira que favoreça a economia compartilhada?

LEIA MAIS
O que é blockchain e como os negócios podem se beneficiar da tecnologia

Para Steve Randy, um programador, a resposta é o blockchain. “O blockchain é desenhado para resolver esse problema“, afirma para o The Guardian. Ele entende que é difícil explicar o que é o blockchain, então ele tenta explicar da maneira mais simples possível. “É um jeito diferente de rastrear uma informação. Em vez de ter a informação em uma central, o blockchain faz várias cópias e distribui nas redes”, completa.

Essa seria a principal contribuição do blockchain: em uma economia compartilhada, ele poderia mostrar quem é o dono da propriedade ou do objeto. Ao automatizar esses contratos, vários bens podem se tornar compartilháveis. “Os humanos sempre foram o elemento mais fraco da economia compartilhada. Quanto mais eles estão envolvidos, maior o custo de cada transação”, diz o The Guardian. “Ao se livrar de humanos, os contratos inteligentes tornam extremamente barato criar acordos”, completa Ben.

Economia compartilhada: o futuro sem ser dono de nada

Há 50 anos, Philip K. Dick imaginou um futuro em que as pessoas seriam cobradas para usar tudo: até para entrar em casa seriam necessárias moedas. O cenário não é lá muito animador, mas é fácil de pensar em um futuro dominado pelo blockchain em que as pessoas emprestam e alugam — ter algo, ser dono de uma propriedade ou objeto, seria um luxo.

“Distópico ou não, esse futuro não deve chegar em breve“, diz Ben. Ele explica que, depois de conversar com algumas pessoas, sabe que não deve esperar isso “tão cedo”. O principal problema seria, ironicamente, a segurança. Em junho, um hacker explorou uma vulnerabilidade no blockchain e conseguiu roubar o equivalente a US$50 milhões em dinheiro digital. “Antes da tecnologia se tornar mainstream, precisamos aparar essas arestas”, explica.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 25 [12] => 66 [13] => 67 [14] => 157 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence