Como funcionará o Carpool, serviço de caronas do Waze
waze carpool
Foto: Istock/Getty Images
Nova Economia > Consumo Colaborativo

Como funcionará o Carpool, serviço de caronas do Waze

Kaluan Bernardo em 26 de março de 2017

O Google divulgou que o Waze Carpool, serviço de caronas do popular aplicativo de navegação, chegará em breve ao Brasil. O anúncio foi feito por Di-Ann Eisnor, diretora global do Waze, no “Google for Brasil”, recentemente em São Paulo.

O Brasil será o terceiro país a receber o serviço. Por enquanto, ele só funciona na Califórnia (onde fica a sede do Google, dono do Waze) e Israel (onde a empresa nasceu).

A executiva logo se prontificou a explicar que a ideia do Carpool é diferente do Uber, Cabify e similares. O objetivo é que usuários comuns deem carona para outros dividindo apenas o valor da gasolina. Não há lucro.

Com isso, o Waze quer criar uma alternativa para o transporte das grandes cidades. “Vamos poupar tempo e dinheiro e teremos menos carros na rua. O que é melhor é que será menos entediante do que viajar sozinho. Basta informar para onde vai que alguém pode te dar uma carona. Isto não é Uber, não é taxi. É para pessoas que usam o Waze todo dia e vão para o mesmo lugar. Imagine metade dos carros a menos na rua”, afirmou Di-Ann no evento.

LEIA MAIS
Sete serviços para viver sem carro
LEIA MAIS
Conheça o Bynd, o aplicativo de caronas corporativas

O Brasil não foi escolhido ao acaso. São Paulo é a cidade com mais usuários ativos no mundo. E o Brasil é o segundo país com maior quantidade de pessoas com o Waze, atrás apenas dos EUA. A empresa também tem um histórico de parcerias com governos brasileiros. No Rio de Janeiro, por exemplo, se uniu à Prefeitura para ajudar a reduzir o trânsito durante as Olimpíadas em 27%.

Perguntas e respostas sobre o Waze no Brasil

Quem pode dar carona para quem?

O aplicativo conecta pessoas que moram e trabalham perto uma da outra. Para isso, analisa as rotas diárias delas e tenta sugerir vizinhos ou colegas de empresa.

Quais são os custos da carona?

Ainda não foram divulgados os custos oficiais no Brasil. Mas, como o objetivo não é dar lucro aos motoristas, o pagamento é feito levando em conta apenas o preço do combustível e a distância percorrida.

Nos EUA, por exemplo, eles cobram US$ 0,54 por milha. Os pagamentos são feitos automaticamente pelo aplicativo.

O serviço funciona o tempo todo?

Nos EUA ele funciona apenas na hora do rush. Além disso, as pessoas só podem pegar duas caronas por dia.

Quantas pessoas podem pegar carona?

Apenas uma por carro.

Posso dar caronas para crianças?

Não. Todos os passageiros devem ter mais de 18 anos.

Há data para chegar ao Brasil?
Por enquanto não, mas a promessa é de até o final do ano.

Em que plataformas o serviço funciona?

No Android e iOS. Quem precisa da carona baixará um aplicativo específico, enquanto os motoristas usarão o app padrão.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 205 [1] => 76 [2] => 157 [3] => 12 [4] => 237 [5] => 97 [6] => 249 [7] => 222 [8] => 62 [9] => 276 [10] => 259 [11] => 86 [12] => 267 [13] => 94 [14] => 68 [15] => 16 [16] => 167 [17] => 115 [18] => 186 [19] => 17 [20] => 102 [21] => 135 [22] => 173 [23] => 238 [24] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence