Características do bom líder em diferentes regiões do mundo
diferentes-tipos-de-lider
Foto: Istock/Getty Images
Nova Economia > Criativos

Características do bom líder em diferentes regiões do mundo

Camila Luz em 16 de junho de 2016

O líder de sucesso costuma ter bom julgamento, ser íntegro e habilidoso para lidar com pessoas. Essas são características universais. Mas a receita para a boa liderança também varia de país para país. Dependendo do contexto cultural de cada região, tendências de comportamento podem ser vistas de forma positiva ou negativa.

Em outras palavras, o bom líder é aquele que tem a personalidade adequada ao país onde atua. De acordo com a revista online Harvard Business Review, uma pesquisa mostra que características relacionadas à tomada de decisões, ao estilo de comunicação e às tendências ao “lado negro” (negativas) são influenciadas pela cultura de cada região.

O estudo diz que é possível ajustar seu estilo de liderança ao contexto da empresa. Entretanto, isso exige esforço, já que tendências e hábitos pessoais são difíceis de serem modificados. A pesquisa ainda afirma que cada companhia tem suas próprias características e demanda diferentes tipos de líderes. Mas grande parte dos valores são similares em organizações de uma mesma região do mundo.

via GIPHY

Veja quais são os seis principais tipos de líderes revelados pela pesquisa e as regiões onde são aceitos:

O bom líder em diferentes regiões do mundo

Tomada de Decisões

O líder sincronizado

Líderes que buscam por consenso e tomam decisões pautadas pelas opiniões de outras pessoas são populares no Nordeste Asiático, em países como China, Coréia do Sul e Japão. Também encontram espaço na  Indonésia, Tailândia, Emirados Árabes Unidos e em grande parte da América Latina (México, Brasil, Colômbia e Chile).

Acordos podem levar mais tempo para serem fechados quando são guiados por essas lideranças. Líderes sincronizados tendem a ser mais prudentes e são mais focados em ameaças potenciais do que em recompensas.

O líder oportunista

Líderes que têm iniciativa própria e são flexíveis na hora de estabelecer meios de alcançar metas tendem a ser desejáveis nas regiões germânica e nórdica da Europa (Alemanha, Holanda, Dinamarca e Noruega). Reino Unido e países influenciados por sua cultura, como Estados Unidos, Austrália e Nova Zelândia, também recebem bem esse tipo de liderança. O mesmo acontece em nações asiáticas que basearam suas instituições políticas e econômicas no modelo britânico, como Singapura, Índia, Malásia e Hong Kong.

Mais ou menos individualistas, esses líderes prosperam por serem ambíguos. Também tendem a ser tomadores de risco ambiciosos.

Estilo de Comunicação

via GIPHY

Líderes que vão direto ao ponto

No Nordeste Asiático e na Holanda o excesso de comunicação pode ser indesejável. Pessoas querem líderes que vão direto ao ponto. Eles têm a capacidade de avaliar membros da equipe de forma rápida e precisa, sem florear situações. Lideranças que vão direto ao ponto também tendem a ser menos sensíveis e preocupadas com relações interpessoais.

Líderes diplomáticos

Nova Zelândia, Canadá, Suécia e boa parte da América Latina preferem líderes diplomáticos. Habilidades refinadas de comunicação e cautela na hora de emitir mensagens são importantes não só para estabelecer boas relações, mas também para estar à frente de possíveis problemas.

Nessas regiões, funcionários preferem trabalhar para chefes que são capazes de conduzir reuniões de negócio de forma agradável e amigável. Quando há alguma crítica construtiva, ela deve ser construída com empatia.

A comunicação direta é um mal desnecessário. Líderes diplomáticos tendem a ser educados a agradáveis.

Tendências ao “lado negro”

via GIPHY

Líder Kiss Up/Kick Down

O neologismo kiss up/kick down é usado para se referir a pessoas que puxam o saco do chefe, mas destratam funcionários de cargos inferiores. Líderes com essa característica costumam doar bastante atenção para quem está acima deles, enquanto agem de forma grosseira ou pouco comprometida com quem está abaixo.

Essa característica é melhor tolerada em países como Turquia, Índia, Emirados Árabes Unidos, Sérvia, Grécia, Quênia e Coréia do Sul. Os líderes costumam ser diligentes e zelosos com seus chefes e dominadores com os subordinados.

Líder Passivo-Agressivo

Alguns líderes costumam se tornar cínicos e desconfiados, especialmente quando estão sob muito estresse. Essas reações podem ocorrer quando o indivíduo é forçado a perseguir um objetivo ou realizar uma tarefa sem que existam argumentos sólidos para isso.

Manter certo nível de ceticismo pode ser benéfico para a tomada de decisões. No entanto, esse tipo de comportamento pode dificultar a execução de tarefas. Líderes passivo-agressivos também costumam ser críticos e ressentidos. Líderes com esse estilo são bem aceitos na Malásia e na Indonésia.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 157 [12] => 25 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence