Diversidade racial: marcas que entenderam o conceito de nude
nude barre
Foto: Reprodução/Facebook Nude Barre
Nova Economia > Criativos

Diversidade racial: marcas que entenderam o conceito de nude

Kaluan Bernardo em 30 de janeiro de 2017

Já é 2017 e ainda assim você vê crianças e professores falarem em “cor de pele” para se referir a alguns tons rosáceos. Em inglês, o termo “nude” passa pelo mesmo problema. Há muitas outras cores que representam as mais diversas peles. Se queremos um mundo mais igualitário é necessário trazer a representatividade da diversidade racial para essa questão também.

Giz de Cera Pintkor

Foto: Divulgação

É por isso, por exemplo, que a UniAfro, uma organização da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, criou uma caixa com 12 gizes de cera com diferentes “cores de pele”, indo das mais claras até as mais escuras.

Eles distribuíram o material para professores de escolas infantis no Rio Grande do Sul após dar um curso de história e cultura africana, com o objetivo de conscientizar os docentes das escolas públicas.

Deu tão certo que a Koralle, a marca que produziu os gizes, resolveu vende-los em seu site. A caixa com as 12 cores sai por R$ 18. As crianças também gostaram da ideia e se representaram de uma forma um tanto diversa nos desenhos da campanha.

Nude

Foto: Reprodução

Além dessa iniciativa, algumas marcas também têm acordado para a questão da cor “nude” representar as mais diversas cores, principalmente a negra. Veja alguns produtos, apontados pela revista ELLE, que as marcas têm criado com essa ideia em mente.

Produtos para mulheres que querem diversos tons de nude

Maquiagem

Recentemente, a marca de Kylie Jenner relançou seus batons da linha Lip Kits com vários tons de nudes que abraçam as peles negras. “Eu criei este kit para peles escuras, mas acredito que ele fica maravilhoso em todo mundo”, comentou a empresa.

A L’Oreal também seguiu a tendência e criou batons para as mais diferentes tonalidades de pele. Já O Boticário apostou em bases que combinam com tons de peles variados. São mais de 12 cores e 50 tons usados nos produtos.

Unhas nudes sempre fazem sucesso. Pena que nem sempre estão disponíveis todas as cores de pele. Por isso, a RGB criou uma coleção, em parceria com a manicure Jenna Hipp, que resolveu o problema.

LEIA MAIS
Influenciadoras feministas negras para conhecer e se inspirar
LEIA MAIS
Sete frases e ideias do TEDxSãoPaulo Mulheres que Inspiram

Calçados

Christian Louboutin, cujos sapatos eram chamados de “escarpim nude” resolveu repensar o conceito em 2013 ao apresentar a The Nude Collection, que hoje já tem sete tons, dos mais claro aos escuros.

A marca Tkees, que faz rasteirinhas, também resolveu apostar nas mais diferentes cores e permitir que diferentes mulheres possam usar a peça como coringa em seu armário respeitando seu próprio tom de pele.

Lingerie e meia-calça

Quando a intenção é usar uma lingerie no tom da sua pele, mas você não encontra, pode ficar esquisito. Felizmente a Nubian Skin, uma marca britânica, entendeu essa necessidade e criou uma linha de calcinhas e sutiãs para mulheres negras. A marca Nude Barre também abraçou o conceito e criou uma linha de “cor da pele” para todos tons de peles.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 237 [2] => 205 [3] => 97 [4] => 222 [5] => 62 [6] => 157 [7] => 276 [8] => 12 [9] => 249 [10] => 86 [11] => 94 [12] => 267 [13] => 68 [14] => 16 [15] => 115 [16] => 186 [17] => 17 [18] => 102 [19] => 173 [20] => 175 [21] => 238 [22] => 92 [23] => 236 [24] => 79 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence