O que você precisa fazer financeiramente antes de ter um filho
ter um filho
Foto: Istock/Getty Images
Nova Economia > Criativos

O que você precisa fazer financeiramente antes de ter um filho

Pedro Katchborian em 29 de novembro de 2016

Ter um filho é caro. Muito caro. Segundo uma estimativa do Wall Street Journal, cuidar de uma criança custa, em média, US$ 245 mil — aproximadamente R$ 806 mil — do seu nascimento até a fase adulta.

Por isso, ter um filho requer um planejamento financeiro adequado para evitar qualquer tipo de susto. Taylor Tepper, da TIME, detalha sua experiência pessoal e afirma com todas as letras. “Você nunca está pronto financeiramente e emocionalmente para uma criança“, diz. Denis Horrigan, um consultor financeiro, sabe que a decisão é importante e “muito complexa para deixar apenas para números e finanças”. Mesmo assim, quando a decisão estiver feita, algumas atitudes podem ser tomadas para evitar sustos.

Sophia Bera, fundadora do Gen Y Planning, uma consultoria financeira “para pessoas da nossa geração”, deu uma entrevista para o Business Insider dando algumas dicas do que fazer financeiramente antes de ter um filho. Reunimos os principais tópicos e juntamos com outras dicas da TIME e do The Guardian.

O que fazer antes de ter um filho

Tenha um fundo de emergência

Sim, o velho clichê daquele fundo de emergência. Bera cita a importância de ter essa grana extra, falando que “quanto mais você conseguir juntar antes de ter uma criança, mais fácil essa transição vai ser”.

Especialistas recomendam que exista dinheiro guardado o suficiente para três meses, sendo que há quem recomende ter economias para durar seis meses em caso de emergência. Isso significa pelo menos seis salários de dinheiro aguardado. O consultor Denis Horrigan, em entrevista à revista TIME, deixa claro: “espere o inesperado com crianças“, explica.

Verifique a política da empresa

Bera cita especificamente os casos americanos, em que não há uma lei definindo a licença maternidade ou paternidade. No Brasil, as empresas são obrigadas a dar quatro meses para as mulheres e 20 dias para os homens. Por aqui, vale verificar se há algum tipo de benefício extra da sua empresa. Algumas, em acordo com o Ministério do Trabalho, dão seis meses de licença para as mulheres.

Faça um testamento

Não pense que por ser novo você não precisa fazer um testamento. Ele é feito para proteger o que é valioso e, neste caso, quando você tem uma criança essa é a hora ideal para fazer um testamento.

LEIA MAIS
Por que a licença-paternidade é uma ferramenta para a equidade de gênero

Venda o que você não usa

Além do dinheiro que você vai ganhar da venda, há outro elemento bem valioso na hora de ter crianças: espaço. Bebês ocupam bastante e por isso é bom você se livrar daquela pilha de CDs ou doar aquele monte de livros.

Não enlouqueça comprando coisas para o bebê

Sim, o entusiasmo vai nas alturas quando existe um filho na casa, mas não se empolgue tanto. A maioria dos itens custa caro e, pelo menos no começo, atenha-se ao essencial para dar conforto e saúde para o seu pequeno. “A maioria dos pais acaba comprando coisas que nunca usam”, diz Catherine Hanly, editora do site Raisingkids, ao The Guardian.

Repense o seu plano de aposentadoria

Outra coisa que parece longe, mas é melhor pensar o quanto antes. Decidir ter um filho pode significar uma aposentadoria mais tarde do que você planejava. Afinal, é mais uma pessoa para alimentar, uma escola para pagar, e talvez até faculdade. Planeje-se.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 25 [12] => 66 [13] => 67 [14] => 157 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence