Futuro do trabalho: em breve, teremos múltiplos empregos
futuro do trabalho
Foto: Istock/Getty Images
Nova Economia > Criativos

Futuro do trabalho: em breve teremos múltiplos empregos

Pedro Katchborian em 5 de setembro de 2016

Se há um consenso de que robôs tomarão parte dos nossos trabalhos em um futuro não tão distante, ainda existem dúvidas em relação a como nós, humanos, ficaremos nesse contexto. Segundo um artigo da Fast Company, a tendência do futuro do trabalho é que a carreira dos millennials se desdobre e as pessoas tenham múltiplos empregos.

O artigo é baseado em uma pesquisa feita pela Adobe, chamada Work in Progress, em que foram entrevistados 1 mil trabalhadores americanos. Segundo a pesquisa, 76% dos entrevistados acreditam que preferem ficar mais horas trabalhando com algo que amem do que menos em algo que não é significativo. O dado mais relevante para o futuro do trabalho é que 56% dos trabalhadores acham que teremos múltiplos empregos em breve, sendo que 1/3 dos participantes já têm mais de um emprego.

Enquanto 88% admitiram que trabalham apenas pelo pagamento, 60% dos entrevistados falaram que o trabalho ajuda a trazer reconhecimento por ser bem-sucedido e 51% acreditam que têm um impacto social. Quase metade (47%) disse que mudaria para o emprego ideal, mesmo que isso significasse uma diminuição de salário.

via GIPHY

O estudo mostra que as pessoas não tem conseguido se desligar do trabalho: 78% das horas acordadas em um dia de trabalho são gastas trabalhando ou pensando sobre o trabalho, segundo os participantes. O mais surpreendente aparece em relação aos dias de folga: 41% das horas acordadas em um dia de folga são gastas trabalhando ou pensando sobre trabalho.

Por que o futuro do trabalho significa ter mais empregos?

A geração de millennials já ficou conhecida pela vontade de buscar o trabalho dos sonhos. Portanto, além de dinheiro extra, entrevistados falaram que buscar a paixão era a principal razão para ter múltiplos empregos.

Ainda de acordo com o estudo, os millennials eram o grupo que mais tinham mais de um emprego (38%). Desses, o motivo por ter mais de um trabalho variou bastante: 26% o fazem para ganhar mais experiência em suas carreiras, 28% estão aprendendo novas habilidades para ter um salto na carreira e 33% estão fazendo para ter oportunidades de networking.

Leia mais:
Os empregos do futuro estão chegando. Veja se você tem as habilidades necessárias
Quais os empregos que devem ser substituídos por robôs

Todas essas descobertas reforçam a tese de que a jornada tradicional, das 8h às 17h e 40 horas semanais, está se tornando obsoleta. Outra pesquisa, feita pela Ernst and Young, descobriu que é cada vez mais difícil separar o trabalho e a vida pessoal, que acabam se confundindo.

Mesmo com essa ideia da mudança do futuro do trabalho, a pesquisa da Adobe mostrou otimismo: 55% acham que terão uma situação profissional melhor em cinco anos. Entre os jovens, esse número passa para 55%.

O levantamento também perguntou para os trabalhadores se algumas tarefas de escritório como tirar cópias, preencher e organizar planilhas e outras seriam feitas por tecnologias em 20 anos. Dos pesquisados, 53% acreditaram que sim, mas apenas 10% disseram que seu trabalho poderia ser completamente substituído por um robô.

Toda essa impressão pode ser reforçada em tempos de economia compartilhada, em que pessoas podem ter mais uma função da renda além do trabalho principal. Robin Chase, co-fundadora da Zipcar, plataforma para alugar carros, disse, em entrevista ao The Guardian:

Meu pai teve um trabalho em sua vida inteira, eu tive seis na minha e meus filhos vão ter seis ao mesmo tempo.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 157 [12] => 25 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence