Conheça a Profissa, uma plataforma de empregos para a classe C
profissa_empregos para classe c
Foto: Istock/Getty Images
Nova Economia > Criativos

Profissa: uma plataforma de empregos para a classe C

Livia Deodato em 14 de julho de 2016

Sabe aquela frustração de enviar o currículo para uma empresa e não ser sequer chamado para entrevista? Ou ainda: ser chamado para uma entrevista, esperar por uma resposta e não receber nenhum retorno, muito menos um feedback? Todos que estão no mercado de trabalho há algum tempo já passaram por uma situação semelhante e ficaram sem saber o motivo de não terem conquistado a vaga. A situação fica mais dramática se o candidato pertence, por exemplo, à classe C, o que pode fazer com que a auto-estima dele seja duramente afetada.

Raquel Santachiara com camisa florida verde

Raquel Santachiara Foto: Arquivo Pessoal

Foi pensando nisso que Raquel Santachiara, de 29 anos, fundou a Profissa, uma plataforma de empregos para as classe C e também D e E, que não só coloca empregadores e candidatos em contato, como também auxilia-os a organizar seus currículos. Carioca radicada em Vitória, no Espírito Santo, Raquel começou o esboço do empreendimento por meio de uma página do Facebook, assim que pediu demissão de um emprego junto com a amiga Daniele Ocleys.

“Eu e a Dani criamos a página Emprego ES há quatro anos para reunirmos pessoas interessadas e empresas que tinham vagas abertas”, conta. “Divulgamos entre os nossos amigos em Vitória, mas em pouquíssimo tempo a página tomou um proporção que não imaginávamos, afinal aquele era o primeiro canal do estado dedicado a ofertas de empregos”, conta ela.

Leia mais:
Medo de mudar de emprego? Conheça o cara que tem um trabalho por dia
Àpres, a rede social para mães que querem voltar ao mercado de trabalho
Os prós e contras do trabalho flexível

Em meio a esse crescimento inesperado, elas notaram que havia muitas pessoas que não sabiam como se preparar para uma entrevista ou sequer organizar um currículo, especialmente da Classe C. “Eram as primeiras pessoas a completarem o Ensino Médio e terem acesso ao ensino superior dentro de suas famílias”, diz Raquel. “A necessidade ia além das vagas. A gente sentia que eles tinham, muitas vezes, um potencial enorme, mas não conseguiam por falta de orientação.”

Acessibilidade para classe C

Foi aí que a ideia da Profissa nasceu: uma plataforma inclusiva, que não só divulgasse as vagas disponíveis, mas que também ajudasse na colocação ou recolocação dos candidatos da classe C. “Estávamos cansadas dos serviços que já existiam: formulários complicados com termos chatos, que impedem os interessados a entender o que está sendo pedido”, diz Raquel.

equipe profissa, pessoas em pé ao lado de mesa

Equipe Profissa. Foto: Divulgação

A Profissa nasceu com o intuito de facilitar a comunicação e deixar de lado a elitização dos processos seletivos — muitas vezes, segundo Raquel, perde-se a oportunidade de encontrar um bom candidato apenas pelo fato dele não saber mexer no computador. “Pensamos numa plataforma acessível em todos os sentidos: em termos de linguagem, tecnológica e econômica, ou seja, que fosse gratuita.”

Nela, é possível contar com a ajuda de um assistente de confecção de currículo e até ter uma orientação sobre como lidar com uma entrevista pela frente. “Queremos ser aquele parceiro, amigo mais antenado ou irmão mais velho… aquele brother que chega e dá uns toques, sabe?”

Atualmente, a Profissa tem mais de 40 mil perfis cadastrados de todo o Brasil. Entre eles, há desde jovens aprendizes de 14 a 16 anos até senhores ativos de 83. Há nove profissionais ao todo trabalhando na plataforma, que recebeu apoio da Startup Brasil e Tecnova, dois programas nacionais de aceleração do governo.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 25 [12] => 157 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence