Como funciona uma Gaming House no Brasil?
pain_descanso_divulgacao_gaming house
Pain Gaming é uma das equipes mais antigas do circuito de League of Legends. Foto: Divulgação
Nova Economia > Modelos Disruptivos

Como funciona uma Gaming House no Brasil?

Emily Canto Nunes em 11 de junho de 2016

Imagine não apenas dormir no mesmo quarto que alguns colegas de trabalho, mas também tomar café da manhã, almoçar e jantar e, ainda, é claro, trabalhar? O que pode soar como um pesadelo é o sonho de grande partes dos jovens que desejam se tornar jogadores profissionais de e-Sports e morar numa Gaming House.

No Brasil, onde a modalidade começa a se fortalecer, estima-se que já existam dez casas do tipo, especialmente em São Paulo, cidade que concentra os principais torneios como, por exemplo, o Campeonato Brasileiro de League Of Legends (CBLol).

Gaming House, ou simplesmente casa de jogo na tradução livre, é o termo usado para designar esses espaços que servem de moradia e também de centro de treinamento para gamers profissionais. Mais populares em regiões em que o e-Sport é mais desenvolvido, como Coreia do Sul, China e Estados Unidos, elas chegaram no Brasil há aproximadamente três anos. A primeira delas, de 2013, é a Pain Gaming House, da equipe Pain Gaming, organização mais antiga no cenário de League of Legends, já consagrada campeã nacional e com uma disputa internacional no currículo.

equipe da gaminh house conversando

Gaming House da KaBuM! e-sports fica em Limeira, interior de São Paulo. Foto: Divulgação

Leia mais: 
Como a Women Up Games se tornou uma ferramenta de empoderamento
A importância dos jogos para a história da tecnologia e da internet

Enquanto centro de treinamento, uma Gaming House reúne o que há de melhor em termos de infraestrutura para jogadores profissionais de jogos eletrônicos: bons computadores e acesso rápido à internet, além de salas para fazer gravações e live streaming das partidas. Enquanto casa, a Gaming House ajuda a equipe a se entrosar melhor, uma vez que em games como League Of Legends a união faz a força. Não por acaso as equipes contam não apenas com os cinco jogadores titulares, mas também com dois reservas, analista de dados, técnico e dois psicólogos. De propriedade da Riot Games, League of Legends exige bastante trabalho em grupo além do talento individual.

homem jogando no computador na gaming house

Custos da casa da KaBuM e-sports são compartilhados com os patrocinadores. Foto: Divulgação

Dia a dia de uma Gaming House

A rotina de um jogador profissional de e-Sports começa a tarde, mas incluí, como outras jornadas de trabalho, oito horas de duração. No geral, eles começam treinar às 13h e vão até 21h. Os treinos se dividem entre sozinho ou em grupo. Por vezes, os atletas disputam amistosos com outras equipes e estudam suas estratégias dentro do jogo durante esse período. Esse modelo de trabalho faz sentido também pela característica do League of Legends, que é de equipe, e para aproximar jogadores que são de diferentes partes do Brasil.

homens do time da gaming house jogando

Pain Gaming já foi campeão nacional de League of Legends e esteve no mundial. Foto: Divulgação

Por se tratar de um espaço também de trabalho, grande parte das Gaming Houses possuem regras de conduta, como a de não levar terceiros, como namoradas ou namorados, para dormir no local. E, ainda que todos sejam maiores de idade, existe uma política de não consumir álcool e drogas.

De Limeira, no interior de São Paulo, o “KaBuM! E-sports”, que pertence a uma empresa de e-commerce, mantém hoje uma Gaming House em condomínio de alto padrão, com piscina e área de jogos para seus atletas profissionais. Além do local físico, com móveis e equipamentos, a empresa paga as contas , custos de alimentação e o pagamento dos profissionais responsáveis pela manutenção da residência. Porém, alguns desses custos da Gaming House também são compartilhados com patrocinadores que investem na equipe, a exemplo da HyperX, patrocinadora da equipe de League of Legends do KaBuM!

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 25 [12] => 157 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence