Jornada de trabalho intensiva pode aumentar a produtividade
futuro do trabalaho produtividade
foto: iStock, Getty Images
Nova Economia > Modelos Disruptivos

Jornada de trabalho intensiva pode aumentar a produtividade

Camila Luz em 4 de maio de 2016

Se a sua jornada de trabalho durasse só até às 15h, o resto do dia ficaria livre para ser preenchido com outras atividades. Parece bom, certo? Essa é a realidade de funcionários da empresa espanhola Iberdrola. Todos os dias eles entram às 7h15 e saem às 14h50, com 45 minutos de flexibilidade para mais tarde ou mais cedo.

Desde 2008, a jornada de trabalho intensiva é seguida pelos nove mil trabalhadores da companhia. São aproximadamente sete horas produtivas. Após o fim do expediente, todos devem desligar seus celulares e computadores. Nada de fazer hora extra ou ficar checando e-mail em casa. O dia deve ser aproveitado para praticar esportes, cuidar dos filhos, descansar ou fazer qualquer outra atividade que não seja trabalhar.

Esse tipo de jornada não é novidade para os espanhóis. Empresas costumam adotá-la durante o verão, entre  junho e setembro. Nessa época, o calor intenso prejudica a produtividade dos funcionários. Por isso, a regra é produzir focado até às 15h, almoçar rápido e deixar o escritório no período mais quente do dia.

A Iberdrola, no entanto, é uma exceção, pois preferiu adotar a jornada intensiva o ano todo. Em entrevista ao jornal El País, Ramón Castrenasa, diretor de recursos humanos da empresa de eletricidade, diz que a medida foi boa para os funcionários e para a companhia. “Melhoramos a produtividade e ganhamos mais de meio milhão de horas por ano. Reduzimos as faltas em 20% e os acidentes de trabalho em 15%”, defendeu.

 

Vantagens da jornada de trabalho intensiva

via GIPHY

O aumento da produtividade é um dos ganhos da jornada de trabalho intensiva. Quando o funcionário assume uma carga horária mais longa, precisa preencher o tempo com almoços demorados e pausas para interagir nas redes sociais. Afinal, produzir por 10 horas consecutivas é cansativo e difícil.

Castrasena, ao El País, disse que mais produtividade foi uma consequência direta do estabelecimento da jornada intensiva na Iberdrola. “Os funcionários tornaram-se conscientes de que precisam aproveitar bem o tempo para fazer seu trabalho e ir embora na hora certa”, diz.

Outra vantagem é a possibilidade de sair cedo mesmo nos dias em que ocorrem imprevistos. Quando a jornada termina entre 18h e 19h, a chance de estendê-la para depois das 21h é grande. No caso da jornada intensiva, problemas inesperados prendem o funcionário na empresa até o final da tarde no máximo. O indivíduo ainda sai em um horário justo. 

O Tempo é precioso

Trabalhar em excesso pode prejudicar a saúde física e mental. Na sociedade atual, regida por longas cargas horárias, o tempo virou algo precioso.

Por exemplo, pais e mães podem se sentir frustrados quando ficam presos no trabalho e não conseguem dar bastante atenção para seus filhos. Além disso, quando a jornada de trabalho é muito longa, a vontade no fim do dia é ir direto para casa descansar. Mas para levar uma vida saudável, é preciso ter momentos de lazer e de prática esportiva.

Quando se tem mais tempo para gastar, pessoas investem em atividades mais produtivas. Podem até aprender outras línguas e fazer cursos sobre assuntos que gostem.

Segundo Castresano, trabalhadores da Iberdrola mudaram suas perspectivas diante da vida quando passaram a ter mais tempo. “Se os funcionários estão mais felizes, trabalham mais, mesmo sem perceber”, diz. Por isso, horários flexíveis podem trazer vantagens para empresas.

Faz Home Office? A jornada intensiva pode ser para você

Poucas companhias adotam a jornada intensiva. Funcionários sentem que precisam estar presentes por várias horas na empresa para mostrar serviço.

Mas há pessoas que não trabalham formalmente para empresas. A jornada intensiva pode ser adotada por freelances que fazem home office. Nesse caso, o comprometimento do indivíduo é com o prazo: basta entregar o serviço na data estipulada.

Seus horários são mais flexíveis, pois é ele quem decide em quais momentos rende melhor. Basta administrar o tempo para produzir o suficiente em menos horas.

O que você acha da jornada intensiva? Gostaria de adotá-la na sua vida? Dê a sua opinião.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 25 [12] => 157 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence