4 tecnologias que querem substituir a máquina de lavar roupas
roupas
Foto: Istock/Getty Images
Sustentabilidade > Em Casa

4 tecnologias que querem substituir a máquina de lavar roupas

Kaluan Bernardo em 19 de julho de 2016

Possivelmente sua máquina de lavar roupas está com os dias contados. Diversas cabeças nos mais diferentes lugares do mundo estão pensando em novas formas de deixar suas roupas limpas sem precisar gastar tanta água e eletricidade como é hoje.

Lavamos roupa praticamente da mesma forma desde que as máquinas modernas foram criadas na década de 1950. O problema é que, em média, cada vez que você liga a máquina, usa 50 litros de água e 500 watts de energia.

As ideias vão das mais avançadas tecnologias, como um sistema de polímeros que economiza água e eletricidade, até uma simples bicicleta ergométrica que funciona como máquina de lavar. Separamos algumas das invenções mais interessantes que apareceram por aí nos últimos. Veja abaixo:

Inovações para lavar roupas

Xeros

Inventores da cidade Sheffield, na Inglaterra, apostam em polímeros especiais feitos de nylon para lavar roupas economizando até 80% da água. Os compostos foram descobertas por Stephen Burkinshay, um químico da Universidade de Leeds, que percebeu que eles eram capazes de absorver manchas por magnetismo.

A tecnologia, batizada de Xeros, é capaz de lavar 25 quilos de roupa — o que equivale a aproximadamente 100 camisetas. Como os polímeros circulam pelo tecido todo, a promessa é de que eles consigam lavar roupa com ainda mais eficiência.

Leia também:
9 dicas para adotar uma rotina de beleza consciente
Engenheiros criam chuveiro econômico para “banhos infinitos”

Os polímeros são todos reutilizáveis e podem ser usados em até 500 lavagens. Os responsáveis pela empresa dizem que, se todo o Reino Unido adotasse o método, aproximadamente 7 milhões de toneladas de água poderiam ser economizados por semana. Eles ainda estão lançando, aos poucos, algumas suas inovações no mercado. Veja mais detalhes:

Dolfi

O aparelho é do tamanho de um sabonete, mas promete substituir uma máquina de lavar inteira. Desenvolvido pela empresa MPI Ultrasonics, uma empresa suíça de engenharia, a tecnologia promete usar ondas ultra-sônicas para agitar as roupas e limpá-las em 30 minutos.

Basta colocar em um ambiente com água e sabão e ligar o dispositivo na tomada. As ondas ultra-sônicas criam vibrações intensas, que transformam a água e o sabão em pequenas bolhas que vão limpando a roupa. O projeto foi financiado por crowdfunding em 2015, quando levantou mais de US$ 1 milhão. Agora é esperar chegar no mercado e ver se funciona mesmo. Veja mais no vídeo abaixo:

Drumi

De longe parece uma lixeira, mas na verdade a Dumi é uma compacta e poderosa máquina de lavar roupas que dispensa energia elétrica. Nela, basta colocar cinco quilos de roupa, dez litros de água e sabão e ficar pisando em seu pedal.

A energia mecânica fará o movimento centrífugo para limpar as roupas — o que significa que a máquina dispensa uso de eletricidade. Pode dar trabalho ficar pisando, mas é rápido: apenas dez minutos são suficientes para lavar tudo e você ainda faz um exercício.

O dispositivo pesa aproximadamente sete quilos e tem pouco mais de meio metro. Isso faz dele um tanto portátil, podendo levar para acampamentos ou viagens longas. O projeto foi financiado por crowdfunding em 2016, arrecadando mais de US$ 270 mil. Conheça melhor o equipamento no vídeo abaixo:

Bicicleta para lavar roupa

Ramya Jose é uma indiana de 14 anos que é fã de ciências. Quando seus pais ficaram doentes e ela assumiu várias das responsabilidades domésticas, como lavar roupa, e pensou o que poderia fazer para reinventar a máquina.

Descobriu então que poderia fazer um sistema que funciona como uma bicicleta ergométrica, mas que, além de ajudar a ficar em forma, lava as roupas. A invenção é basicamente uma cabine de alumínio com um cilindro de ferro conectada a uma bicicleta. As pedaladas movimentam a água e o sabão fazendo o movimento centrífugo para limpar as roupas.

O projeto foi patenteado, mas não é produzido em escala comercial.  O conceito, no entanto, já começa a aparecer em outros lugares. Veja no vídeo abaixo, de 2010, Ramya apresentando sua ideia:

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 25 [12] => 157 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence