Como economizar água: dicas e ideias para evitar o desperdício
como economizar água
Foto: Istock/Getty Images
Sustentabilidade > Em Casa

Como economizar água: dicas e ideias para evitar o desperdício

Pedro Katchborian em 9 de maio de 2017

Economizar água se tornou imprescindível para o planeta Terra e para nós, seus habitantes. Dados mostram que bilhões de pessoas sofrem todos os dias com a falta de água potável ou de saneamento básico. Entenda o tamanho da crise hídrica que vivemos e veja abaixo dicas de como economizar água e fazer a sua parte.

Qual é o tamanho do problema com a água?

O problema é enorme. O ato de economizar água vai muito além de garantir uma conta com valor mais baixo no final do mês. O planeta vive uma crise hídrica: segundo a ONG Water.org, cerca de 663 milhões de pessoas vivem sem condições ideais de água, sendo que 32 milhões está na América Latina. Os números são ainda mais assustadores sobre saneamento básico: uma em cada 3 pessoas não têm acesso a um banheiro — cerca de 2,4 bilhões de pessoas. Ou seja, mais pessoas têm um celular do que um toalete.

Em 2015, o Fórum Econômico Mundial apontou a crise hídrica como o maior risco global de impactar a sociedade, muito pelos problemas de saúde que a falta de saneamento básico acarreta. Dados da Unicef mostram que uma criança morre a cada 90 segundos com uma doença relacionada a água e mais de 1,5 bilhão de pessoas todos os anos é afetada por uma doença relacionada a água.

Por isso, em parceria com a Water.org, a Drinkfinity vai doar um dólar para a instituição a cada kit vendido — o que já é suficiente para garantir um ano de água limpa para uma pessoa.

Como eu posso economizar água no dia a dia?

Segundo a ONU, cada pessoa precisa de 110 litros por dia para atender suas necessidades de consumo e higiene. No Brasil, o consumo por pessoa pode chegar a 200 litros por dia. Separamos algumas maneiras de economizar água no dia a dia.

como economizar água

Foto: Istock/Getty Images

Ao regar as plantas: esqueça a mangueira. Segundo a SABESP, molhar as plantas com um regador pode gerar uma economia de 96 litros de água a cada 10 minutos.

Além de utilizar o regador, o horário do uso também influencia na hora de economizar água: molhar as plantas de manhã impede a perda por evaporação. No inverno, é possível regá-las somente uma vez a cada dois dias.

Ao ler o hidrômetro: sabe aquele medidor de gasto de água? O nome dele é hidrômetro. Saber ler o equipamento é importante para compreender a conta e, mais importante ainda, descobrir se há algum tipo de vazamento.

Não é difícil encontrar algum vazamento. Antes de tudo, feche todas as torneiras e registros. Agora, vá ao hidrômetro e veja se a contagem continua. Se os números estiverem subindo, significa que há algum vazamento não identificado na casa.

Ao lavar o quintal: a mangueira é a maior inimiga para economizar água. Utilize vassoura e balde para lavar o quintal. Uma mangueira aberta por 30 minutos libera cerca de 560 litros de água.

Ao escovar os dentes ou fazer a barba: vale aquela dica tradicional — fechar a torneira quando estiver escovando os dentes ou fazendo a barba.

Ao tomar banho: o banho é um dos maiores vilões no desperdício de água. Um levantamento feito pelo Sindicato da Habitação de São Paulo mostrou que o chuveiro representa de 28% a 54% do consumo de um apartamento

Diminuir o tempo do banho de 15 para 5 minutos pode economizar 90 litros de água. Para quem não pretende diminuir o tempo, vale desligar o chuveiro enquanto se ensaboa — isso pode economizar cerca de 80 litros de água.

No inverno, é normal esperar alguns segundos para a água do chuveiro esquentar. Usar baldes pode ajudar a economizar essa água, que pode ser reutilizada em máquinas de lavar, tanque, na limpeza da casa e do jardim.

Ao utilizar o vaso sanitário: o vaso sanitário não pode, em nenhuma hipótese, ser utilizado como lixo. Papéis e outros resíduos devem ir para a lixeira, já que uma descarga convencional gasta cerca de 6 litros. Há produtos como o Piipee que podem ajudar a economizar na hora de dar descarga. O equipamento, que deve ser acoplado ao mictório ou bacia sanitária, elimina a necessidade de dar descarga após urinar ao liberar 1 ml de uma solução química que atua nas características físico-químicas da urina.

como economizar água

Foto: Istock/Getty Images

Ao lavar a louça: antes de limpar pratos e panelas, retire os restos de comida com uma escova ou esponja. Separar a ordem das louças também vai ajudar a economizar água — vale começar com copos, já que não estão gordurosos. Ao começar com o prato, a gordura do alimento é maior e pode passar para o copo. Outra dica para evitar o desperdício é aquecer a água para ajudar a diluir a gordura. Desse modo, será mais fácil retirar os resíduos de pratos e panelas.

Ao lavar a roupa: duas dicas práticas podem ajudar na hora de lavar a roupa. A primeira é ligar a máquina somente quando ele estiver cheia. A outra é esperar a roupa acumular e lavar tudo de uma vez.

Ao cozinhar: existem alguns truques na cozinha que vão te ajudar a evitar o desperdício de água. Não utilize a torneira para descongelar alimentos — passe a comida para a geladeira, até para garantir a segurança alimentar.

Quais outras dicas e truques posso usar para economizar água?

O smartphone pode ajudar — e muito — na hora de evitar o desperdício. Entre os aplicativos mais indicados para economizar água está o “Sai Desse Banho“. O funcionamento é bem simples: ao escolher o tempo que você quer passar no banho, o app funciona como um despertador, tocando uma música irritante até que o aplicativo seja desligado.

Os mais organizados podem usar o iWater, que mede os seus gastos. É trabalhoso, mas o usuário deve informar no aplicativo tudo o que faz — lavar mãos e tomar banho, por exemplo –, para que o aplicativo calcule se o consumo está de acordo com o recomendado pela ONU.

Quais mudanças posso fazer na minha casa para economizar água?

As mudanças no dia a dia podem ajudara evitar o desperdício, mas algumas melhorias pontuais podem tornar a sua casa inteira mais sustentável.

LEIA MAIS
Está ficando desidratado? Veja sinais comuns de que você precisa de água
LEIA MAIS
Entenda como o grafeno pode tornar a água do mar potável

Arejador de torneira, torneiras inteligentes e descarga de duplo acionamento

O “arejador” de torneira é uma peça simples — qualquer um pode instalá-la. Ele diminui o fluxo de água, mas mantém a sensação de volume, além de direcionar o jato. Quanto maior a pressão, maior a economia. Pode ser instalada tanto em pias, quanto em chuveiros — alguns já vêm com a peça.

As torneiras inteligentes abrem o fluxo de água quando a pessoa aproxima as mãos do equipamento, utilizando sensores. A economia de água varia entre 25% e 35%.

Já a descarga de duplo acionamento tem dois botões: quando você dispara o primeiro, são acionados três litros de água. Quando aperta o segundo, são seis mil litros que vão para o ralo. Você deve escolher qual acionar dependendo da necessidade de escoamento.

Uso de água residual

Água residual de máquinas de lavar, ar condicionados e água da chuva podem ser usadas para fins não nobres: regar plantas, lavar piso ou dar descarga. Para aproveitar esse resíduo líquido, coloque baldes para captá-lo.

Já a captação de água da chuva começa no telhado, com a instalação de calhas. Um reservatório coleta o líquido, que antes deve passar por um filtro para reter impurezas. Depois, é armazenado em cisterna ou é bombeado para uma outra caixa d’água da sua casa.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 237 [2] => 205 [3] => 97 [4] => 222 [5] => 62 [6] => 157 [7] => 276 [8] => 12 [9] => 249 [10] => 86 [11] => 94 [12] => 267 [13] => 68 [14] => 16 [15] => 115 [16] => 186 [17] => 17 [18] => 102 [19] => 173 [20] => 175 [21] => 238 [22] => 92 [23] => 236 [24] => 79 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence