6 dicas simples para fazer suas roupas durarem mais
roupas
Foto: Istock/Getty Images
Sustentabilidade > Em Casa

Seis dicas simples para fazer suas roupas durarem mais

Camila Luz em 10 de julho de 2016

Fashionista ou não, toda pessoa gasta algum tempo e dinheiro com roupas. Há formas de cuidar bem das peças para evitar que estraguem logo e percam qualidade, como lavar na frequência adequada e se atentar ao tipo de tecido na hora da compra.

Roupas que duram mais significam mais dinheiro no bolso. No entanto, se você é uma pessoa que gosta de comprar, lembre-se que a indústria têxtil é uma das que mais causa impactos no meio ambiente. Para fabricar apenas uma calça jeans, por exemplo, gasta-se cerca de 10.000 litros de água.

Leia mais:
Como o fast fashion está destruindo o mundo
Roupa Livre ensina a ter estilo e comprar menos

Para evitar que o armário fique abarrotado de peças de pouca qualidade e que podem estragar logo, é preciso ficar atento na hora da compra. Além disso, algumas mudanças de hábito são importantes para preservá-las por mais tempo. Segundo a empresária Christina Dean, em palestra no TED, 58% de todo o impacto ambiental acontece após o consumo, durante a manutenção e o descarte.

Como cuidar de suas roupas para que durem mais

1 – Analise a qualidade da peça

Isso não significa investir em peças caríssimas. A ideia é comprar roupas com bons tecidos, bom caimento e que não saem fácil de moda. Assim, você cria um guarda-roupa que irá durar bastante e será bem aproveitado.

Ao invés de comprar cinco pares de jeans baratinhos, que claramente irão estragar logo, invista em uma peça de boa qualidade e que possa ser usada em diferentes ocasiões. O preço não é o único critério. Há boas roupas que custam mais barato. Deve-se ficar atento a detalhes como fios soltos, botões que parecem estar caindo ou tecidos excessivamente finos. Também procure por informações sobre o fornecedor, buscando opiniões na internet ou com outras pessoas que já compraram dele.

2 – Lave as peças de forma adequada

A etiqueta não é decorativa. Ela contém informações sobre a forma certa de lavar a roupa para que não estrague logo. Caso você não goste de lavar na mão, por exemplo, evite comprar peças delicadas e que necessitam de cuidados especiais. Vale mais a pena investir em itens resistentes.

Segundo o site Money Crashers, vários cuidados são necessários na hora de colocar a roupa na máquina. Peças coloridas e escuras devem ser lavadas do avesso, para que não desbotem rápido. Também evite lavar roupas com elementos de metal, como botões e zíperes, junto de tecidos como sedas e malhas, pois o material pode esquentar durante a lavagem e arruinar essas peças delicadas.

Separe suas roupas por cor, para evitar que manchem, e leia as instruções da máquina de lavar, para entender exatamente como devem ser usadas. O Money Crashers também incentiva a investir em um varal, pois secadoras podem reduzir a vida útil das peças.

via GIPHY

Por fim, lave suas roupas com menos frequência. Calças jeans, por exemplo, devem ser lavadas de seis em seis meses caso sejam usadas todos os dias, diz o site Heddels. Na verdade, a maioria das peças devem ir para a máquina menos vezes do que pensamos.

Para remover manchas, vale a pena utilizar produtos tira mancha ao invés de lavar. Odores podem ser eliminados colocando as peças no freezer, pois as baixas temperaturas acabam com cheiros desagradáveis e ainda matam bactérias.

3 – Aprenda a fazer reparos básicos

Substituir fios soltos, costurar botões e outros reparos básicos podem te levar a economizar dinheiro e fazer suas roupas durarem mais. Basta comprar um kit de costura simples e aprender a partir de tutoriais e vídeos online, que ensinam a começar do zero.

4 – Guarde as roupas com cuidado

Guardar as roupas com cuidado é uma forma de impedir que fiquem desformes, mais largas ou percam botões dentro do armário. Fios de casacos de lã, por exemplo, podem ficar presos em outras peças quando estão pendurados no cabide. A dica é dobrá-los e guardá-los cuidadosamente em gavetas ou prateleiras.

Invista em bons cabides, feitos de madeira ou tecido, pois materiais como metal e plástico podem esticar as peças e deixá-las mais largas e soltas. Outra dica é não enfiar várias peças em um mesmo espaço, para que as estampas e cores não sofram desgastes pelo contato.

via GIPHY

5 – Passe com cuidado

Nada pode ser tão eficiente para estragar tecidos quanto ferros de passar roupa. Etiquetas também costumam trazer instruções nesse sentido e, por isso, fique atento. Além disso, tecidos sintéticos, como poliéster e poliamida, não precisam passar.

Outros tecidos, como algodão e linho, devem ser tratados com cuidado. A temperatura do ferro não deve ser muito alta e é preciso ficar atento à estampas que podem ser arruinadas pelo processo.

6 – Seque o cabelo e passe maquiagem antes de se vestir

Produtos de beleza, como sprays e maquiagens, podem manchar suas roupas. Caso pinte as madeixas em casa, mais cuidado ainda: tintas costumam ser permanentes. Procure usar sempre a mesma camiseta velha quando for fazer o procedimento.

Outra dica é cuidar da higiene pessoal, usando desodorantes antitranspirantes, por exemplo. Suor pode acabar manchando camisetas e deixando odores desagradáveis.

 

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 25 [12] => 157 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence