9 dicas para criar um visual novo com o que você já tem no armário
visual novo
Foto: Istock/Getty Images
Sustentabilidade > Em Casa

9 dicas para criar um visual novo com o que você já tem no armário

Camila Luz em 27 de janeiro de 2017

Criar um visual novo sem comprar roupas é totalmente possível. O segredo é reorganizar o armário e mudar a forma de olhar para cada peça. As consultoras de estilo Milena Faé, do Closet Detox, e Flávia Monte, do Remonte, dão boas dicas para quem deseja se vestir bem sem gastar dinheiro e desperdiçar tecido.

Segundo a New York Magazine, nós usamos, em média, apenas 20% do que temos no armário. A moda consciente e sustentável vai além de comprar peças feitas sem exploração humana e ambiental. É preciso cuidar bem das roupas para que durem mais e não precisem ser substituídas tão cedo. “A roupa mais sustentável é aquela que já existe”, diz Milena.

Closet Detox

Bruna Holderbaum e Milena Faé, sócias do Closet Detox. Foto: Arquivo Pessoal

Milena e sua sócia, Bruna Holderbaum, pensaram em criar um negócio de moda consciente que não gerasse mais lixo ou consumisse recursos ambientais. Como sempre tiveram pouca roupa e sabem aproveitar o que têm dentro do armário, criaram o Closet Detox em Porto Alegre (RS).

As sócias vão até a casa dos clientes e reavaliam peça por peça, para entender o que deve ser doado, o que pode ser vendido e o que faz sentido manter. Depois reorganizam o que sobrou, para que as roupas que ele realmente gosta fiquem à vista e sejam melhor aproveitadas.

Em São Paulo, Flávia Monte é quem pode “transformar o seu guarda-roupa em seu melhor amigo”. Ela presta uma consultoria de estilo avançada que ajuda os clientes a montar novos looks com peças que já existem no armário – sem precisar comprar nadinha.

Dicas para usar melhor o que você tem no armário

Milena Faé compartilhou com o Free the Essence algumas dicas que dá para seus clientes quando faz o Closet Detox.

1 – Saiba quais são as roupas que você mais usa

Quantas vezes você já comprou e se arrependeu depois? Roupa estacionada no armário é dinheiro jogado fora. Nem todas as peças que você gosta combinam com sua personalidade e fazem sentido dentro do seu guarda-roupa. Portanto, lembre-se: nem sempre o que você gosta é o que você usa.

Quando prestam a consultoria, Milena e Bruna pedem que o cliente selecione as 20 peças que mais usa. Isso ajuda a identificar padrões e a colher referências para montar novos looks. Assim, quando for preciso comprar novas roupas, será fácil fazer escolhas certeiras.

2 – Salve referências no Pinterest

Para entender qual seu estilo, use a rede social Pinterest. O aplicativo para celular permite selecionar imagens encontradas na internet. Procure por fotos de looks que você gosta e vá salvando em uma pasta.

“O Pinterest é a melhor ferramenta para isso. Você vai pinando, salvando suas referências, e depois fica muito fácil olhar em um board para encontrar pontos em comum naquelas imagem. Aquilo é um reflexo da gente”, diz Milena.

3 – Redescubra suas roupas

Olhar peça por peça faz parte do processo do Closet Detox. Ele ajuda a redescobrir roupas que estavam esquecidas no fundo do armário. Muita gente pendura várias coisas no mesmo cabide, por exemplo. O que está por baixo não fica visível e nunca é usado.

Blusas, shorts e até peças íntimas podem ficar esquecidas no fundo da gaveta. Tire tudo, pegue cada roupa nas mãos e entenda se ainda é possível usá-la. Às vezes, será possível utilizá-la de novas formas: uma vestido pode virar saia, ou uma calça pode virar shorts.

Não se esqueça de doar ou vender tudo o que sobrar. Outra opção é organizar um bazar de trocas para dar novo destino às suas roupas e ganhar peças novas.

4 – Respeite o espaço físico

Ter mais roupas do que o espaço físico do seu guarda-roupa comporta é um erro por vários motivos. Amontoadas, as peças ficam amassadas e têm vida útil reduzida. Além disso, muita coisa ficará escondida em cabides lotados e no fundo de gavetas estufadas.

LEIA MAIS
Seis dicas simples para fazer suas roupas durarem mais
LEIA MAIS
Bibliotecas de roupas são opção para quando você enjoar das suas peças

“Respeite seu espaço físico e tenha só uma roupa por cabide. Assim, você vai usar o que tem mais vezes. E se for uma peça que já não faz sentido, vai desapegar, pois ela estará à vista e você vai perceber que nunca a usa”, aconselha Milena.

A consultora de estilo garante que desentulhar o guarda-roupa e desapegar daquilo que não usa faz tempo já ajuda bastante. “Procure deixar só aquilo que você ama, que veste bem. Você pode manter algumas peças de valor afetivo, ou que não servem mais e tem esperança que voltem a servir um dia. Mas é preciso pensar se vale a pena guardar um jeans apertado”, diz.

Nada como abrir o guarda-roupa e olhar apenas para peças que fazem sentido. Para isso, é preciso ser prático. Se quiser manter algumas roupa que usa menos, ou que pretende voltar a usar um dia, tudo bem. Mas deixe à vista apenas o que é de uso diário e veste bem.

“O que não é de uso diário deixe em outro canto, fora da vista. Mantendo só o que é importante fica mais fácil se vestir de manhã e montar looks novos, já que tudo que está ali é uma possibilidade”, afirma.

5 – Tire fotos dos seus próprios looks

Quando montar um visual novo que caia bem e te faça sentir confortável, tire fotos e guarde em uma pasta no seu celular. Quando precisar se vestir correndo, terá várias opções de emergência. Assim, a sensação “não tenho roupa e preciso sair para fazer compras” nunca irá te afetar.

Dicas para criar um visual novo sem comprar roupas

Se o seu objetivo é zerar as idas ao shopping, siga as dicas da Flávia Monte para criar um visual novo usando apenas o que você já tem no armário.

Flavia Monte

Flávia Monte Foto: Arquivo Pessoal

1 – Enjoou do seu vestido favorito?

Vestidos podem enjoar, já que são peças que, teoricamente, não abraçam combinações. Mas não se engane, é possível criar um novo visual com o vestidinho que você já usou 500 vezes. Basta colocar uma camisa por cima, dobrar as mangas, dar um nó na parte de baixo e deixar os três primeiros botões abertos. A dica é certeira.

2 – Tenha lenços

O lenço voltou com tudo usado no pescoço como choker (coleira), como pulseira e no cabelo. Mas também pode ser usado de forma despojada: como cinto.

Calças jeans rasgadas, shorts velhos e saias de cores apagadas  ganham nova vida com um lenço. Na amarração vale de tudo: deixar as pontas aparentes, fazer um laço, um nó ou esconder as pontinhas e deixar como cinto mesmo. “Bora tirar do fundo da gaveta aquele lenço que todo mundo tem para enfeitar os looks de todo dia”, diz Flávia.

3 – Camiseta grande vira vestido

Sabe aquela camiseta grande demais que vira pijama ou até pano de chão?  Pode funcionar bem como vestido. Basta colocar um sneaker (tênis) bacana e sair desfilando seu visual novo sem comprar sequer uma peça nova.

As mais ousadas podem usar com salto e complementar com camisa ou jaqueta amarrada na cintura. Acessórios são sempre bem-vindos para transformar um visual batido em inédito.

4 – Cardigan inverdito

Sabe aquele de tricô, cardigan ou casaquinho? Tanto faz a forma como você o chama, mas todo mundo tem pelo menos um em casa. A dica criativa é usá-lo ao contrário, com os botões virados para trás e abotoados. O resultado é uma blusa com corte inusitado e decote nas costas.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
ESCOLHA DO EDITOR
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 205 [1] => 76 [2] => 12 [3] => 237 [4] => 97 [5] => 249 [6] => 222 [7] => 62 [8] => 157 [9] => 276 [10] => 259 [11] => 86 [12] => 267 [13] => 94 [14] => 68 [15] => 16 [16] => 167 [17] => 115 [18] => 186 [19] => 17 [20] => 102 [21] => 173 [22] => 238 [23] => 175 [24] => 92 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence