Reciclagem: onde descartar eletrônicos, móveis e roupas usadas
reciclagem_3
Foto: Istock/Getty Images
Sustentabilidade > Em Casa

Reciclagem: onde descartar eletrônicos, móveis e roupas usadas

Camila Luz em 12 de agosto de 2016

Nem tudo o que consumimos pode ser jogado fora no lixo comum ou reciclado. Alguns itens,  como roupas, pilhas e móveis, devem ser descartados em locais específicos, que dão a destinação adequada e fazem a reciclagem da forma correta.

Separar o lixo e descartá-lo nos locais adequados é uma atitude responsável e consciente. Dependendo do material, o resíduo pode ser tóxico e contaminar a terra e até a água. Em outros casos, a roupa ou o móvel que você não usa mais podem ser reutilizados, ganhando vida nova. Reciclar e fazer o upcycling é forma de reduzir o uso de matérias-primas e o acúmulo de dejetos no meio ambiente.

Leia mais:
5 dicas de ouro para reciclar lixo em casa
Quiz: você sabe identificar quais produtos são recicláveis?

Reciclagem de móveis, roupas e eletrônicos

Móveis usados

Muitas pessoas acabam descartando sofás, camas, armários e outros móveis usados em vias públicas, acumulando sujeira e poluindo as ruas. A primeira alternativa para dar fim à mobília não utilizada é doar para instituições como o Exército da Salvação, que retira em casa. Outras ONGs também prestam esse mesmo serviço.

pedaços de madeira empilhados

Móveis descartados podem ser restaurados ou usados para construir outras coisas. Foto: Istock/Getty Images

Em São Paulo, outra opção é fazer o descarte pela Ecoassist, uma empresa que retira os móveis em casa e os descaracteriza, enviando a matéria-prima resultante para empresas de reciclagem. Esse serviço é pago, mas é uma contribuição para o meio ambiente, já que sua mobília velha será reutilizada para novos fins.

A opção gratuita é descartar nos Ecopontos, estações criadas pela prefeitura de São Paulo para recolher móveis e entulhos provenientes de reformas e construções. Eles recebem pequenos volumes de entulho (até 1 m³), grandes objetos e resíduos recicláveis. Há caçambas distintas para cada tipo de resíduo. Tudo o que é descartado nesses pontos vai para a reciclagem.

Lixo eletrônico

Pilhas, baterias, lâmpadas fluorescentes e outros tipos de lixo tóxico devem passar pela “logística reversa”. Seus componentes devem ser separados e destinados a empresas especializadas que promovam seu reuso. Há pontos de coleta espalhados por vários locais. Por exemplo, dentro de supermercados do Grupo Pão de Açúcar.

Em São Paulo, o Instituto Sérgio Motta tem uma parceria com a Secretaria do Meio Ambiente para criar um banco de dados que reúne centros de reciclagem espalhados pela cidade. Acesse o E-Lixo Maps. Na capital, outra opção é doar o lixo eletrônico para a ONG Ecobraz, que retira os resíduos em casa.

Roupas e sapatos

Nesse caso, a melhor opção é, definitivamente, doar. Mesmo roupas e sapatos velhinhos e furados podem ser usados por pessoas que não têm condições de comprar uma peça sequer. Outra alternativa é fazer o upcycling: reformar o velho para ganhar algo novo.

roupas coloridas dobradas e empilhadas

Customização de peças antigas também é uma opção para reaproveitar roupas. Foto: Istock/Getty Images

De acordo com a lei dos resíduos sólidos, estabelecida em 2010, tecidos devem ser reutilizados. Só devem ser encaminhados para aterros ou incineração caso apresentem algum perigo para a sociedade. Por isso, doação e reforma de roupas são sempre prioridade na hora do descarte. Em São Paulo, há locais que ensinam quem não sabe costurar a reformar suas peças, como o projeto Re-Roupa.

Restos de tecido também não devem ser descartados no lixo comum ou reciclado. Eles devem ser utilizados para fazer novas peças. Em São Paulo, a dica é depositá-los no Banco de Tecido, onde serão utilizados em novas criações.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 25 [12] => 157 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence