Renova Green oferece energia solar em casa por R$19,90 por mês
energia solar
Foto: Istock/Getty Images
Sustentabilidade > Em Casa

Renova Green oferece energia solar em casa por R$ 19,90 por mês

Pedro Katchborian em 21 de setembro de 2016

Imagine checar a fatura de cartão de crédito e encontrar abaixo de Netflix e Spotify outra empresa com modelo de assinatura mensal, mas com um produto bem diferente: energia solar. Mais especificamente, painéis solares. A empresa responsável por esse inovador sistema é a Renova Green, que nasceu em agosto de 2016 em Curitiba (PR) e já tem um relativo sucesso.

O modelo é simples: pagando uma mensalidade de R$ 19,90 (mais R$ 199 de instalação), a pessoa recebe dois painéis solares em casa, com toda manutenção feita pela empresa. Como esses painéis não são suficientes para fornecer energia para toda a casa, o sistema joga a energia gerada para o quadro de força e distribui de acordo com a necessidade. A Renova Green promete uma economia de 25 a 30% na conta de luz, o que seria suficiente para cobrir os gastos com assinatura e, portanto, economizar dinheiro.

Reinaldo Cardoso, co-fundador da Renova Green, fala sobre o modelo. “Esses painéis ficam em regime de comodato, o mesmo que as TVs da assinatura”, diz. “O equipamento não é da pessoa, é da empresa“, afirma.

Para assinar o serviço, é necessário firmar um longo contrato: 240 meses (20 anos). Sabendo que duas décadas podem assustar os clientes, Reinaldo diz que a empresa oferece algumas opções.

“Oferecemos a opção de transferir a titularidade, além de oferecer suporte caso a pessoa mude de endereço. Por último, também oferecemos a opção de compra do equipamento”, conta. Como a multa de rescisão é de R$ 500, pode valer a pena comprar os painéis. Dependendo do tempo que a pessoa assina o serviço, o custo do equipamento vai diminuindo.

A empresa, que por enquanto só atua em Curitiba, tem planos de expandir os seus serviços para outras cidades, além de fazer outros planos. “Vamos oferecer um plano que você vai pagar uma parcela maior e ficar com um desconto ainda maior na conta de luz”, diz. A ideia de sair para outros mercados mais atrativos ainda depende de investidores. Divulgado na mídia, o negócio está agradando os clientes. “Estamos tentando atender essa demanda da melhor maneira possível e estamos em constante contato com investidores“, conta.

Energia solar e a difícil inserção no mercado

A repercussão da Renova Green tem sido positiva, mas nem sempre foi assim. Reinaldo e sua equipe tiveram muita dificuldade para entender o melhor modelo de negócio para a empresa. A empresa começou em 2015 como uma startup com o desenvolvimento de projetos de reforma sustentável, como captação da água da chuva e outros. “Tentamos entrar no mercado com isso tudo, mas não conseguimos agregar valor. O cliente residencial fazia isso por conta dele”, diz. “Estávamos só revendendo equipamentos”, comenta.

Leia mais:
PowerHive, a startup que está levando energia solar à África rural
Conheça os balões que podem substituir os painéis solares

A partir daí, a Renova Green buscou uma solução barata para o público em geral. A ideia foi trabalhar com energia dos painéis solares de baixo custo, com o objetivo de fornecer energia solar e oferecer um kit pelo valor de R$ 2.999. O problema da vez foi a colocação do produto no mercado. “Nosso objetivo era colocar em redes de materiais de construção, mas elas não tiveram interesse”, explica.

A ideia do modelo de assinatura veio de uma experiência com um parente. Reinaldo conta que alguém da família quis os painéis solares, mas não tinha dinheiro. Então, ele sugeriu que a pessoa pagasse aos poucos todos os meses. Daí, veio a ideia do modelo de assinatura, o que possibilitou a entrada da Renova Green em um programa de aceleração de startups.

Energia solar pode se popularizar no Brasil

Reinaldo entende que a energia solar é de mais fácil inserção no mercado para casas. “A grande vantagem é que você consegue gerar energia onde consumir. É possível entregar para o consumir final“, comenta, lembrando que isso não é possível com os outros dois tipos mais populares de fontes renováveis: as hidrelétricas e os campos de energia eólica. Além disso, a energia solar é de fácil encaixe na arquitetura dos lares. Tudo isso somado ao fato da energia solar estar cada vez mais barata. “Já existe toda uma cadeia produtiva pronta para o silício, material utilizado na indústria eletrônica que é usado nos painéis solares”, afirma. “É só dar outro destino para aquele insumo”, comenta.

Com esse entendimento da facilidade de ter energia solar em casa, o brasileiro poderá investir nesse modelo. “As pessoas tem uma consciência ambiental muito boa no Brasil. É mais uma questão da falta de conhecimento da tecnologia”, diz. “Antes, a energia solar era inviável e só estava na realidade do consumir de alto padrão, mas isso está mudando”, completa.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
  • PACÍFICO ARMANDO GUERRA

    Parece ser bom ou melhor muito bom , só não entendi se vai armazenar energia , sempre soube que energia não era possível armazenar em fim estudar….

  • Wanderson Pereira

    Iniciativa privada é outra coisa… ficar preso ao Estado gera só aumento de conta combinado com irregularidade no fornecimento de energia.

  • Nívea Da Conceição Pereira

    Gostei da ideia, acho um excelente negócio. gostaria de saber mais sobre o projeto e voces tem representante em São Paulo?
    Gostaria de conhecer melhor, e até mesmo ser um representante aqui.
    Sou Gestora Ambiental.
    Grata, Nivea

  • Carlos Vania

    Muito bom o projeto, a unica coisa que me preocupa é o tempo de contrato 20 anos. e outra coisa se precisar gerar mais energia o que eu precisaria?

  • Luiz Carlos Rossi

    Tenho interesse em tratar disso pessoalmente. Solicito contatar pelo fone 41-8801-1853,
    Grato – Rossi

    • Todossomos um

      tenha não, pesquise mais. se adquirir e instalar por conta propria ainda é melhor.

  • Henrique Madail

    esse vosso projeto traria beneficio caso fosse estudado a quantidade de painéis solares para o consumo necessário a cada caso (cliente) o valor mensal de duas placas quase nada vai alterar no final na conta do cliente pois o que ele vai “poupar” vai ser repassado para a empresa pois dois painéis não geram energia suficiente para o consumo de uma casa ou seja dois painéis dariam para o consumo das Lampadas mês feitas as contas na minha opinião não compensa.

  • Deyverson Rezende

    Um ótimo passo para o inicio de uma geração com a consciência de sustentabilidade na construção civil, projeto excelente, porém ainda precisa de ser melhor adaptado.

  • Antonio Gallo

    Vamos ver se eu entendi, se eu tenho uma conta de 200 reais e contrato 5 planos de 19,99 = $99,95, pago uma taxa de instalação de 1000 reais, entao apartir do segundo ano, minha economia será de 100 reais mensais aproximadamente.

  • Gilberto da Silva

    mau negócio.

Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 157 [12] => 25 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 172 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence