O Acordo de Paris e o futuro do meio ambiente a partir de 2016
Paris e o futuro da sustentabilidade a partir de 2016 (1)
Foto: IStock/Getty Images
Sustentabilidade > Na Rua

O Acordo de Paris e o futuro da sustentabilidade a partir de 2016

Camila Luz em 31 de maio de 2016

Em 22 de abril deste ano, 175 países assinaram o Acordo de Paris, que determina o combate aos efeitos das mudanças climáticas no meio ambiente. O pacto histórico foi firmado na Assembleia das Nações Unidas, em Nova York. O tratado é uma das iniciativas tomadas em 2016 para tornar o planeta um local sustentável.

Em dezembro de 2015, 195 países se reuniram para discutir o texto do Acordo de Paris, comprometendo-se a assiná-lo durante o ano seguinte. A cerimônia ocorrida em 22 de abril foi apenas simbólica. Esperava-se que 155 países assinassem o pacto nesta data, sinalizando o compromisso: 175 foi um número surpreendente e indica que os Estados concordam com a urgência em tratar as questões do meio ambiente.

Via Giphy

Via Giphy

O número de países signatários significou, também, um marco no direito internacional. Até então, o recorde em um tratado aconteceu em 1982, em Montego Bay. A Lei do Mar recolheu 119 assinaturas. Seu objetivo era estabelecer direitos e deveres das nações para o uso dos recursos naturais dos oceanos.

No entanto, o Acordo de Paris só vai se tornar lei mundial quando ao menos 55 países ratificarem o tratado. O governo de cada Estado deve validar o documento, comprometendo-se a cumprir as metas.

Por que o Acordo de Paris é tão importante para o meio ambiente?

Segundo a NASA, 2015 foi o ano mais quente da história. Uma onda de calor matou mais de mil pessoas no Paquistão. No estado de Washington, nos Estados Unidos, uma floresta tropical pegou fogo por causa do tempo seco. No Senegal, na África, a secura do clima e o aumento do nível do mar causaram a salinização de um mangue.

Leia mais: Conta no Instagram mostra efeitos das mudanças climáticas no mundo hoje

O aquecimento global está sendo causado, principalmente, pela queima de combustíveis fósseis, como carvão, gás e óleo, e pela destruição das florestas tropicais. Caso essas ações não sejam detidas, o planeta poderá se tornar inabitável para gerações futuras.

via GIPHY

O Acordo de Paris é uma resposta mundial à ascensão das temperaturas, aumento dos níveis dos mares, desertificação, emissão dos gases poluidores e outros problemas graves.

Segundo o site da CNN, a ONU vem tentando há décadas que países concordem com o combate às alterações climáticas em larga escala. A questão exige a cooperação de países poluidores de todo o mundo.

O Acordo de Paris põe em movimento um processo para diminuir significativamente a emissão de gases causadores do efeito estufa, como dióxido de carbono (CO2) e metano (CH4). Também estabelece um objetivo importante: manter o teto do aquecimento global abaixo de 2 °C, preferencialmente abaixo de 1,5 °C.

Os países signatários devem, obrigatoriamente, monitorar e reportar suas emissões de gases. Há outras recomendações, mas cada nação deve estabelecer suas próprias metas e atualizá-las a cada cinco anos.

2016 e o Desenvolvimento Sustentável

 A partir de 2016, os 193 países-membros da ONU devem seguir os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Até 2030, a organização pretende alcançar 169 metas, como dobrar a taxa global de eficiência energética, acabar com a discriminação contra meninas e mulheres e erradicar a fome.

Todos os objetivos estão descritos no documento “Transformando Nosso Mundo: A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável”. Funciona como um plano de ação para as pessoas e o planeta. Seu objetivo é fortalecer a paz universal e, principalmente, erradicar a pobreza extrema, considerada o maior desafio global ao desenvolvimento sustentável. Os objetivos são integrados e mesclam as três dimensões do desenvolvimento sustentável: econômica, social e ambiental.

Conquistas do meio ambiente em 2016

 Aqui no Free the Essence, mostramos iniciativas que ajudam a tornar o planeta sustentável e a cuidar do meio ambiente.

No dia 8 de maio, a Alemanha atingiu um novo patamar no que diz respeito a energia sustentável. Um dia de sol e vento no país foi suficiente para que estações produtoras de energia eólica e solar, além de usinas de biomassa e hidrelétricas, produzissem 87% do que seria consumido no dia.

energia solar futuro da sustentabilidade

Foto: IStock/Getty Images

A distribuição de energia foi tanta que o preço da eletricidade ficou negativo para consumidores comerciais por algumas horas. Ou seja, parte da população foi paga para usar energia por um breve período de tempo.

Na Suíça, foi inaugurada a primeira construção autossuficiente em energia do mundo. Os primeiros moradores do “prédio do futuro” chegam no meio do ano, durante o verão europeu. Os habitantes dos apartamentos vão poder tomar banho, carregar o celular e ligar o fogão usando apenas a energia gerada pelo sol.

casa de construção sustentável na suíça

Foto: Divulgação/Site

Regiões rurais da África que não possuíam eletricidade também estão sendo abastecidas pela energia solar. A Powerhive é uma startup estadunidense que está desenvolvendo pequenas redes fotovoltaicas nesses locais, conhecidas como microgrids.

Já na Holanda, uma ciclovia solar está gerando mais energia do que o esperado. Construída em 2015, foi pavimentada com um material que gera eletricidade a partir da luz do sol. A energia gerada pelos 70 metros de ciclovia é suficiente para abastecer três casas por doze meses.

pessoas andando de bicicleta na ciclovia solar

SolaRoad Foto: Reprodução/Twitter @solaroad

E aí, acha que estamos no caminho certo?  Sem essas e outras atitudes, o futuro pode ser catastrófico. Quais outras iniciativas são necessárias para tornar o planeta um local sustentável? Dê a sua opinião.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 25 [12] => 157 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence