As 12 catástrofes que podem causar o fim do mundo
catastrofes que podem causar o fim do mundo_vulcao (2)
Vulcão Tungurahua, Equador. Foto: Istock/Getty Images
Sustentabilidade > Na Rua

As 12 catástrofes que podem causar o fim do mundo

Camila Luz em 8 de junho de 2016

A Global Challenge Foundation fez um relatório que identifica as 12 catástrofes que podem causar o fim do mundo e exterminar a humanidade. A lista foi preparada em 2015 pelos autores Dennis Pamlin (Global Challenge Foundation) e Stuart Armstrong (Future of Humanity Institution) e traz exemplos como erupções vulcânicas, nanotecnologia e inteligência artificial.

Desastres como pandemias e guerras nucleares poderiam acontecer a qualquer momento de acordo com os autores. Outros riscos, como mudanças climáticas catastróficas, são improváveis hoje, mas serão bastante possíveis no futuro.

A boa notícia é que os autores acreditam que a humanidade só será extinta em um futuro distante. E muitas dessas catástrofes podem ser evitadas, caso a sociedade reconheça seus riscos. “Os dinossauros viveram por 135 milhões de anos e, se formos inteligentes, teremos chances de viver muito mais”, escreveram eles.

A lista foi feita em parceria com a Universidade de Oxford, na Inglaterra. As catástrofes foram resumidas pelo site Vox, mas o relatório completo está disponível em PDF.

12 catástrofes que podem causar o fim do mundo

1 – Mudança climática catastrófica

Se a temperatura do planeta aumentar entre 4°C e 6°C, as consequências podem ser catastróficas. O nível do mar subiria pelo descongelamento das geleiras e muitas regiões ficariam submersas. Cidades seriam extintas e a agricultura sofreria um forte impacto.

Os autores também se preocupam com os riscos da geoengenharia. A pulverização de partículas de sulfato na estratosfera para resfriar a Terra poderia ser uma solução para o aquecimento global, mas seus efeitos são desconhecidos.

geleira descongelando no canadá

Descongelamento em
Lowell Glacier, no Canadá. Foto: @ilcp_photographers em everydayclimatechange

Leia mais: Conta no Instagram mostra efeito das mudanças climáticas no mundo hoje

2 – Guerra Nuclear

Para que uma guerra nuclear acabe com o mundo, circunstâncias muito especiais precisam ocorrer. Catástrofes isoladas, como foi o caso das bombas atômicas jogadas em Hiroshima e Nagasaki pelos Estados Unidos no final da Segunda Guerra Mundial, não seriam suficientes.

O que preocupa os autores é a possibilidade de um inverno nuclear, causado pela detonação de armas nucleares. Um grande volume de fumaça seria direcionado para a atmosfera e as temperaturas cairiam drasticamente. A produção de alimentos seria interrompida e, caso as temperaturas caíssem muito, nós, humanos, não conseguiríamos sobreviver.

O relatório também mostra que a possibilidade de uma guerra nuclear é pequena, já que não existem indícios desde o final da Guerra Fria. No entanto, há países produzindo tecnologia que poderia ser empregada na fabricação de armas nucleares. Um confronto em maior escala, com o envolvimento de Estados poderosos, seria suficiente para promover o fim do mundo, exterminando a humanidade por explosões, fogo ou radiação.

via GIPHY

3 – Pandemia global

A medicina evoluiu dramaticamente desde que pandemias como a Gripe Espanhola e a Peste Bubônica mataram milhões de pessoas. Por outro lado, mais pessoas e produtos trafegam pelo mundo. Além disso, há mais indivíduos vivendo em densas áreas urbanas, locais onde doenças se proliferam facilmente.

O estudo diz que uma pandemia global não exterminaria todas as pessoas. Algumas restariam para contar a história, pois adquiririam imunidade. No entanto, o fim do mundo poderia ocorrer caso o número de habitantes não fosse suficiente para manter a civilização por meio da agricultura e de outras técnicas necessárias.

4 – Catástrofe ecológica

Humanos são altamente dependentes dos ecossistemas naturais para sobreviver, utilizando seus recursos e alimentos. Caso esses ecossistemas fossem destruídos pelo aquecimento global ou pela colisão de um asteroide com a Terra, a humanidade também seria extinta.

família colhendo cacau em gana

O aumento de temperatura pode acabar com a produção de cacau em Gana. Foto: @[email protected] para @everydayclimatechange

5 – Colapso do sistema global

O sistema econômico mundial entraria em colapso caso houvesse uma “severa e prolongada depressão com altas taxas de falência e desemprego, surto no comércio causado pela super inflação ou problemas econômicos que levassem ao aumento das taxas de morte e declínio da população”. Vago, não?

Um colapso na economia deveria ser muito mais grave do que o ocorrido em 1929, durante a Grande Depressão, para que a humanidade fosse destruída a ponto de não conseguir se recuperar.

O relatório ainda mostra outra hipótese: uma ejeção de massa coronal do Sol (erupções de gás ionizado a alta temperatura que são emitidos da coroa solar).  Ela poderia atingir as redes de energia da Terra e deixar milhões de pessoas sem eletricidade, provocando caos.  A falta de energia elétrica afetaria a produção de alimentos e teria outros impactos graves na economia em escala global com a falência de empresas ligadas ao setor, por exemplo.

6 – Impacto de um asteroide

A colisão de um asteroide com a Terra pode ter causado a extinção dos dinossauros há 66 milhões de anos. Um impacto futuro poderia ter efeito parecido.

A NASA tem buscado meios para detectar asteroides que possam colidir com a Terra, assim como formas de desviar suas rotas.

via GIPHY

7- Supervulcão

Uma erupção vulcânica ocorrida há cerca de 250 milhões de anos, no final do período Paleozoico, pode ter causado a extinção de cerca de 90% das espécies existentes na Terra.

Apesar de serem extremamente raras, as erupções vulcânicas são bastante difíceis de prever. Uma erupção como a ocorrida no período Paleozoico poderia causar o esfriamento do planeta, destruir a agricultura e extinguir a humanidade.

É improvável que isso ocorra, mas os autores acreditam que uma erupção de impacto menor poderia afetar o clima, prejudicar a biosfera, afetar o fornecimento de alimentos e até causar instabilidade política.

via GIPHY

8 – Biologia Sintética

A biologia sintética é um campo emergente da ciência focado na criação de sistemas biológicos. O risco hipotético é a criação de supervírus ou superbactérias mais infecciosos do que os naturais, ou que possam causar destruição em massa.

Esses organismos poderiam ser criados para serem usados como armas em conflitos globais ou ataques terroristas.

9 – Nanotecnologia

Caso mais pessoas tenham controle da nanotecnologia, maior será a possibilidade de desenvolverem armas destrutivas. Os autores explicam: “se a nanotecnologia permite a rápida extração de urânio, a separação isotópica e a construção de bombas nucleares, a consequência de conflitos futuros poderiam ser bem mais severas”.

O relatório também aponta para a possibilidade da nanotecnologia se autorreplicar e crescer sem controle, invadindo recursos humanos e causando perturbações em massa. Assim, a humanidade entraria em colapso.

catastrofes que podem causar o fim do mundo_nanotecnologia (1)

Foto: Istock/Getty Images

10 – Inteligência Artificial

Programas poderiam evoluir o suficiente para ensinar ciência computacional a si mesmos. Eles poderiam usar esse conhecimento para aprimorar seus sistemas, causando um espiral de superinteligência crescente.

O risco é que a Inteligência Artificial desenvolva algum tipo de maldade que resulte na necessidade de destruir a raça humana. Se você lembrou de filmes como “2001: Uma Odisséia no Espaço” ou “Eu, robô”, saiba que esses são bons exemplos do que poderia acontecer com a humanidade.

11 – Má governança futura

Outro item bastante vago da lista. O perigo é que as estruturas de governança falhem e acabem exacerbando os problemas da humanidade que estavam para ser corrigidos. Uma falha de política na hora de lidar com uma ameaça que poderia causar a extinção dos humanos, por exemplo, poderia ter consequências extremamente negativas.

12 – O desconhecido

Segundo o relatório, há outras catástrofes ainda desconhecidas que podem levar ao fim do mundo. Os autores destacam a importância de continuar pesquisando sobre o assunto, além de encontrar soluções para os problemas que já existem.

E aí, ficou com medo? Conta para a gente nos comentários.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 157 [12] => 25 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 172 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence