Os objetivos de Nova York para melhorar a mobilidade com 105 propostas
New York City Skyline, Central Park, autumn foliage, aerial view
Foto: iStock/GettyImages
Sustentabilidade > Na Rua

Os objetivos de Nova York para melhorar a mobilidade urbana com 105 propostas

Kaluan Bernardo em 30 de outubro de 2016

Em 2015 Nova York bateu seu recorde de moradores e turistas. Em 15 anos aumentou sua população em 500 mil, chegando a 8,5 milhões de habitantes. Além disso, recebeu 58,3 milhões de visitantes – 65% mais do que em 2000.

Se do ponto de vista econômico a notícia é ótima para a cidade, da perspectiva de mobilidade urbana surgiram enormes desafios. Por isso, no final de setembro de 2016, a prefeitura lançou um documento com 105 iniciativas para melhorar a mobilidade local.

As iniciativas são divididas em seis objetivos: 1) expandir as opções de viagens; 2) melhorar o acesso a comunidades desprivilegiadas; 3) proteger o meio ambiente e a qualidade de vida; 4) manter e proteger as construções físicas do Departamento de Transporte; 5) alimentar o crescimento econômico; 6) eliminar fatalidades nos acidentes de trânsito.

Quais os principais planos de mobilidade em Nova York

Tirar essas ideias do papel exigem medidas ambiciosas e bem planejadas. No documento, o Departamento de Transporte de Nova York explica cada um dos objetivos das 105 propostas. Eis alguns dos destaques.

1) Expansão de opções de viagens

Nova York reconhece que é necessário dar prioridades a meios de transporte que não sejam carros. O foco está em pedestres, ciclistas e usuários do transporte público.

Eles pretendem criar mais corredores de ônibus, 16 quilômetros de ciclovias por ano, criar mais estações de compartilhamento de bicicleta, fazer estacionamentos de bikes perto de estações de transporte público, e criar um espaço especial na ponte do Brooklyn para ciclistas e pedestres.

2) Melhorar o acesso a comunidades desprivilegiadas

Querem que as ruas sejam acessíveis para pessoas de todas as idades e necessidades, incluindo deficientes físicos. Para isso, o Departamento de Trânsito está criando semáforos e faixas de trânsito especiais para cegos. Pretendem desenvolver 20 novas linhas de ônibus voltadas a localizações necessitadas.

Outro aspecto interessante é que estão estudando a possibilidade de criar linhas de bondes. E também debatem como melhorar os aplicativos de compartilhamento de viagens, como Uber.

3) Proteger o meio ambiente e melhorar a qualidade de vida

Um dos objetivos é reduzir a emissão de gases poluentes. Para isso, como já foi citado, a prefeitura irá incentivar mais alternativas aos carros.

Eles também pretendem instalar lâmpadas mais econômicas nas ruas e usar asfalto reciclado na pavimentação das ruas. Os novos carros do Departamento de Trânsito serão híbridos.

Também irão transformar espaços inutilizados em praças de convívio público e vão criar três balsas movidas a energias renováveis.

4) Manter e proteger as construções físicas do Departamento de Transporte

Não só de invenções vive um planejamento urbano. Manter também é importante. O Departamento está investindo US$ 14 bilhões em manutenção de ruas, pontes, calçadas e ferrovias. Estão recapeando mais de 2 mil quilômetros de asfalto todos os anos. Por fim, garantem que continuaram a oferece serviço gratuito de balsa.

5) Alimentar o crescimento econômico

Nova York está fazendo parcerias com comerciantes para que entregas sejam feitas em horários alternativos – afinal, 90% das mercadorias que entram na cidade vêm por caminhões.

Junto à polícia civil estão estudando tecnologias para reforçar que as regras de trânsito sejam respeitadas. Os nova-iorquinos poderão, em breve, pagar por sistemas semelhantes à Zona Azul usando o smartphone. Por fim, estão estudando medidas de como permitir que carros de entrega não precisem parar em faixa dupla.

6) Eliminar fatalidades nos acidentes de trânsito

Nova York criou um programa específico, chamado “Vision Zero”, cujo objetivo é eliminar completamente ferimentos e mortes por acidentes de trânsito.

Para isso, diminuíram a velocidade máxima das ruas a 40 km/h; criaram novas faixas de pedestre; estão fechando os semáforos por mais tempo; criando ciclovias com segurança; e colocando mais radares para que motoristas não ultrapassem a velocidade.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 25 [12] => 66 [13] => 67 [14] => 157 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence