Pokemon Go tem Stops simbólicos sobre questões humanitárias
pokemon go
Foto: Istock/Getty Images
Sustentabilidade > Na Rua

Pokemon Go tem Stops simbólicos sobre questões humanitárias

Camila Luz em 20 de janeiro de 2017

Em janeiro, jogadores de Pokemon Go em Davos, na Suíça, foram surpreendidos quando chegaram a um dos 17 PokeStops adicionados recentemente. Ao invés da foto de uma representação do local, encontraram metas globais sobre problemas humanitários, como “sem pobreza”, “zero fome” e “educação de qualidade”.

Davos é sede do Fórum Econômico Mundial 2017, realizado entre 17 e 20 de janeiro. O evento reúne políticos internacionais e líderes econômicos do mundo todo para discutir problemas globais. A Niantic, criadora do Pokemon Go, decidiu aproveitar a oportunidade para fazer campanha em prol das questões humanitárias e conscientizar jogadores.

Para adicionar os 17 PokeStops, além de um novo ginásio, a Niantic se juntou com a Pokemon Company, a Global Goals e a Project Everyone.

LEIA MAIS
Pokemon Go e as realidades aumentadas de cada um
LEIA MAIS
5 games de realidade aumentada além de Pokemon Go

Em 25 de setembro de 2015, 193 líderes mundiais se comprometeram com 17 objetivos globais para alcançar três metas extraordinárias até 2030: erradicar a pobreza extrema, corrigir as mudanças climáticas e combater a desigualdade e a injustiça.

Os objetivos globais foram traçados pela ONU (Organização das Nações Unidas) e incluem consumo responsável, saúde de qualidade, igualdade de gênero, paz e justiça, energias renováveis e a criação de cidades e comunidades sustentáveis. Os 17 PokeStops adicionados em Davos representam cada uma dessas metas.

Por que usar Pokemon Go para divulgar os objetivos globais

Segundo o fundador da Niantic, John Hanke, a iniciativa vem do desejo dos desenvolvedores de “Pokemon Go ser uma força para o bem no mundo”. Para o The Verge, a iniciativa é admirável, mas um pouco estranha na prática. Afinal, PokeStops trazem um benefício óbvio para empresas, que podem capitalizar e lucrar com o tráfego de jogadores.

Além disso, o Fórum Econômico Mundial é um evento destinado às elites. Será que políticos internacionais andariam pelas ruas de Davos capturando pokemóns e, assim que se deparassem com uma das mensagens humanitárias, botariam a mão na consciência?

No entanto, a iniciativa é uma forma de usar a tecnologia em prol de benefícios maiores, sendo mais do que uma ferramenta de promoção corporativa. Pokemon Go foi uma febre quando lançado em julho do ano passado. Em menos de cinco dias nos Estados Unidos, o jogo já estava instalado em 16% dos smartphones com Android. Na data de lançamento, chegou a ultrapassar o Tinder em instalações. E encostou no Twitter em usuários ativos. Já falamos sobre esse fenômeno aqui.

Colocar metas globais para o desenvolvimento sustentável em um game com alcança gigantesco pode conscientizar muitos usuários – principalmente se a iniciativa for levada para outros países. Fica a dica, Niantic.

O que é Pokemon Go?

Pokemon Go é um jogo gratuito de realidade aumentada. Foi desenvolvido pela Niantic para a japonesa Nintendo e foi o primeiro grande game da empresa para smartphones.

No game, o jogador tem que andar pelo mundo real procurando pokemóns espalhados pelos mais diferentes lugares. Parques, restaurantes, lojas, shoppings e as próprias ruas podem abrigar as criaturas virtuais. Com o GPS e a câmera do smartphone, é possível capturá-los e colecionar monstros, na esperança de se tornar um mestre pokemón.

O jogo é um grande experimento da realidade aumentada e grande parte de seu sucesso tem a ver com o imaginário de quem era criança ou adolescente nos anos 1990 e 2000. O desenho e o jogo (disponível para Gameboy) eram uns dos mais populares da época, quando todo mundo sonhava em capturar um pokemón no mundo real.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 237 [2] => 205 [3] => 97 [4] => 222 [5] => 62 [6] => 157 [7] => 276 [8] => 12 [9] => 249 [10] => 86 [11] => 94 [12] => 267 [13] => 68 [14] => 16 [15] => 115 [16] => 186 [17] => 17 [18] => 102 [19] => 173 [20] => 175 [21] => 238 [22] => 92 [23] => 236 [24] => 79 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence