Prefeitura de SP quer pagar quem trocar carro pela bicicleta
carro pela bicicleta
Foto: Istock/Getty Images
Sustentabilidade > Na Rua

Pagar cidadão que troca carro pela bicicleta é alternativa de metrópoles

Pedro Katchborian em 22 de julho de 2016

Em breve, cada pedalada em uma bicicleta em São Paulo pode render alguns centavos para o ciclista. Essa é a ideia de um projeto aprovado na Câmara Municipal da capital paulista no dia 7 de junho. A ideia seria criar um bilhete mobilidade para substituir o bilhete único e remunerar quem trocar o carro pela bicicleta. A remuneração seria feita a partir do acúmulo de créditos, que serão calculados de acordo com a distância, local e tempo percorrido.

ciclovia de são paulo

Foto: Istock/Getty Images

Apresentado pelo vereador José Police Neto (PSD), o projeto traria a verba do dinheiro repassado às empresas de ônibus como subsídio, cerca de R$ 2 bilhões. Os créditos acumulados poderiam ser utilizados para ter descontos em passagens de ônibus, viagens de táxi ou até Uber. Além disso, também poderiam ser gastos em estabelecimentos credenciados, como programas de milhagem. O resgate em dinheiro dos pontos acumulados poderia ser feito nos moldes da Nota Fiscal Paulista, permitindo o reembolso a cada quatro meses ou duas vezes ao ano, direto na conta bancária.

Em relação aos valores, ainda não se sabe o quanto se pagaria aos ciclistas. Segundo a empresa SP Negócios, que irá fazer a implementação, a ideia é que seja priorizado o horário de pico, quando os ônibus da capital paulista costumam estar lotados. Em entrevista ao Estadão, Police Neto sugere o valor de R$ 4 a R$ 8 por dia para os ciclistas.

A medição será feita com ajuda de um aplicativo, que poderá checar o percurso do ciclista. Também há a possibilidade de existirem pontos de medição em terminais, estações de metrô ou em pontos de aluguel de bicicleta. O projeto deve ser sancionado pelo prefeito Fernando Haddad em breve e ser implementado em 2017.

Cidades que pagam para trocar carro pela bicicleta

O modelo de remunerar quem troca o carro pela bicicleta não é novo. A França implementou a iniciativa por seis meses em Paris em 2014, ao fazer um programa de bonificação para quem usasse a bike nos dias de semana. A medida pagou R$ 0,90 para cada quilômetro rodado, sendo que os ciclistas franceses pedalam, em média, 7 km para ir e voltar do trabalho.

Apesar dos elogios, o City Lab mostra que a ideia deu certo, mas não atingiu o resultado esperado de impacto na cidade. No teste, 8,2 mil pessoas estavam elegíveis, sendo que 200 dessas já eram ciclistas. Ao final, 419 pessoas tornaram-se ciclistas. “É certamente necessário dar aos ciclistas os mesmos benefícios que todos. Mas se o objetivo é fazer pessoas pedalarem ao invés de dirigirem, só pagá-las está longe de ser suficiente“, disse Eric Jaffe, do City Lab.

via GIPHY

Leia mais:
Como andar de bicicleta nas grandes cidades
UseBike: o aplicativo para ciclistas que vai além do ponto-a-ponto

The Guardian contou sobre mais um projeto de remunerar ciclistas recentemente. Em Milão, em que não há um plano de mobilidade urbana que valoriza os ciclistas, a ideia é fazer um sistema parecido com o da França. Assim como em São Paulo, a medição seria feita por aplicativos.

A Universidade Politécnica de Milão é a responsável pelos detalhes técnicos. Segundo Eleonora Perotto, gerente de mobilidade do instituto, uma ideia é monitorar a velocidade da pessoa para ver se ela está realmente indo de bicicleta para o trabalho.

O The Guardian é outro que aponta alguns problemas em remunerar quem trocar o carro pela bicicleta. Uma pesquisa feita em Copenhagen mostrou que apenas 6% das pessoas vão de bicicleta por que é barato, enquanto 56% dizem que o fazem por que é rápido e fácil e 19% pelo exercício. Somente 1% das pessoas são motivadas por razões ambientais.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 25 [12] => 157 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence