Super blocos vão transformar a mobilidade urbana em Barcelona
mobilidade urbana_barcelona
Foto: Reprodução/MobilityAt
Sustentabilidade > Na Rua

Super blocos vão transformar a mobilidade urbana em Barcelona

Camila Luz em 29 de junho de 2016

A Câmara Municipal de Barcelona, na Espanha, quer melhorar a mobilidade urbana da cidade. Um projeto de lei pretende construir super blocos, áreas onde pedestres terão prioridade e carros terão acesso restrito. Nesses locais, a qualidade de vida será priorizada e assegurada pela revitalização de espaços públicos e pela construção de mais áreas verdes.

A partir de 2017, Barcelona vai começar a se tornar uma cidade para pedestres. Vários blocos residenciais serão transformados em um só, formando os super blocos, que por sua vez serão menores do que os bairros. Dentro deles, veículos de não residentes serão banidos. Habitantes poderão trafegar de carro, mas em velocidades reduzidas. Além disso, a prioridade será de ciclistas e de quem se locomove a pé.

Trajetos serão rearranjados e áreas que costumavam ter muito trânsito serão transformadas em espaços para pedestres. Fora dos super blocos, o trânsito também irá sofrer alterações. O objetivo é eliminar 60% do tráfego de carros ao longo de toda a cidade.

“Os super blocos pretendem colocar um fim na predominância do carro nas ruas, devolvendo o espaço ocupado por ele aos pedestres”, disse Irene Capdevilla, da Agência de Ecologia Urbana de Barcelona, ao site Fast Company.

Eles [os super blocos] irão diminuir o tráfego, o que certamente acarretará na redução da poluição do ar e do barulho.

Foco na sustentabilidade e na mobilidade urbana

O ar em Barcelona é tão poluído que extrapola os limites saudáveis estipulados pela WHO (World Health Organization). Segundo a Fast Company, estima-se que 3.500 pessoas morrem todos os anos na cidade espanhola por doenças respiratórias causadas pela poluição. Para melhorar esse cenário, foi aprovado um plano de mobilidade.

O objetivo é que a mobilidade urbana se torne mais sustentável, eficiente, segura, coletiva e saudável nos próximos anos. De acordo com a página oficial do plano, esses conceitos são “sinônimo de progresso social e econômico” e aprimoram a qualidade de vida.

desenho de cidade e ônibus no meio

Com a diminuição de carros nas ruas, diminui-se os gases poluentes na cidade. Foto: Reprodução

A construção dos super blocos será uma forma de atingir as metas propostas pelo plano de mobilidade. O sistema de ônibus estará de acordo com os princípios estabelecidos pelo projeto. Além disso, habitantes serão encorajados a andar a pé ou de bicicleta, diminuindo a emissão de gases que causam poluição.

Para promover o estilo de vida sustentável, os super blocos serão autossuficientes em energia. Cidadãos serão instruídos a racionar recursos naturais, gastando menos luz e água.

Leia mais:
Ciclovia coberta na Alemanha terá opções de lazer e vai gerar energia
Ciclovia solar na Holanda está produzindo mais energia do que o esperado
Como andar de bicicleta em grandes cidades

Mudar a relação com a cidade

Para a Câmara Municipal de Barcelona, cidadãos devem viver em harmonia com o espaço público e se apropriar dele. Melhorar a mobilidade urbana já é uma forma de aprimorar a qualidade de vida e mudar a relação do habitante com a cidade.

Para estimular pessoas a usarem o que é público, os super blocos terão áreas recreacionais. Espaços antes inutilizados, ou ocupados por carros, ganharão novos usos para atender necessidades dos cidadãos.

desenho com muitos carros e ao lado poucos carros

Com a diminuição de carros, também aumenta o espaço de áreas recreacionais. Foto: Reprodução/Site

A quantidade de áreas verdes também deve aumentar, tornando o espaço urbano mais agradável e saudável. Mais árvores serão plantadas nas ruas, atraindo espécies de pássaros e oferecendo um habitat para animais.

Outro objetivo do projeto é fomentar a inclusão social e empoderar habitantes. Os super blocos deverão proporcionar atividades produtivas e sociais, criando postos de trabalho e movendo a economia.

Motivar cidadãos a se engajarem em projetos do governo é outra forma de fazer eles se apropriarem do espaço público. Por isso, moradores dos super blocos serão estimulados a participar de projetos públicos e a desenvolver ações que repensem a vida na cidade.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 25 [12] => 157 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence