Uruguai lança sua primeira escola focada na educação ambiental
educacao-ambiental2
Foto: Reprodução/Facebook
Sustentabilidade > Na Rua

Uruguai lança escola sustentável e focada na educação ambiental

Camila Luz em 9 de setembro de 2016

A primeira escola sustentável e focada na educação ambiental do Uruguai já está funcionando. Pública,  fica na cidade de Jaureguiberry, um município costeiro. A construção do prédio durou três meses e meio e usou materiais reciclados.

Dois mil pneus, cinco mil garrafas de vidro, dois mil metros quadrados de papelão e oito latas de alumínio foram usadas na construção dos 270 m². Para gerar energia, a escola tem placas solares e moinhos de vento. A alimentação dos alunos e funcionários será sustentada por hortas orgânicas.

garrafas pet e estrutura de madeira da escola

Foto: Reprodução/Site

A construção foi projetada pelo arquiteto estadunidense Michael Reynolds, criador da Earthship, empresa especializada em edifícios sustentáveis e de baixo custo. Seu ideal é estimular comunidades a viverem de forma mais simples, inteligente e harmônica com a natureza. Para levantar o projeto, a escola recebeu ajuda de empresas, instituições governamentais e de pessoas voluntárias.

De acordo com artigo publicado pela Unesco, o processo de construção foi um aprendizado  coletivo por si só. Mesmo depois de pronta, a escola funciona como um centro de experimentação diária e educação ambiental.

Educação ambiental

O conceito de sustentabilidade não foi aplicado apenas na construção do edifício. A metodologia da escola é baseada na valorização da natureza e no bom uso dos recursos naturais. Os 100 alunos da “Escuela Sustentable” estarão em contato direto com o meio ambiente.

Os estudantes se relacionarão de perto com as iniciativas sustentáveis da própria escola, como as placas solares e os moinhos de vento. Além disso, terão aulas teóricas sobre inovações no setor.

Veja a escola em sua fase de construção:

Leia mais: A educação ambiental deve ser disciplina obrigatória nas escolas?

Outras escolas sustentáveis pelo mundo

Há escolas sustentáveis em outros locais do mundo, inclusive no Brasil. Veja a lista abaixo:

Green School, Bali

Uma escola sem paredes, com suportes feitos de bambu e que “inflama os sentidos e a curiosidade natural das crianças”. A Green School, considerada a escola mais verde do mundo, pretende desenvolver a criatividade, a noção de coletivo e trazer novas experiências de contato com a natureza.

Segundo o site oficial da Green School, o próprio “esplendor arquitetônico” da escola acende a imaginação das crianças. O objetivo é inserir em suas vidas, desde cedo, conceitos inovadores e o design criativo. Além disso, estimula valores compartilhados e o espírito empreendedor.

The Kathleen Green School for Leadership and Sustainability, Nova York

Projetada pelo estúdio SOM, a escola sustentável possui painéis solares que geram energia para alimentar todo o prédio. Essa é a primeira escola em Nova York 100% autossuficiente em energia.

De acordo com o site oficial do colégio, os alunos aprendem a serem “líderes sustentáveis e a fazerem escolhas conscientes, que irão beneficiar toda a comunidade”. A escola se mantém fiel à educação ambiental e ao conceito da energia zero (o edifício é autossuficiente, pois gera a própria energia e funciona a partir dela). Estudantes aprendem a conservar e criar eletricidade. Além disso, são ensinados a reciclar, plantar sua própria comida e gerenciar uma casa sustentável.

Escola Estadual Erich Walter Heine, Rio de Janeiro

A escola estadual foi fundada em 2011 para “integrar a educação formal aos valores e habilidades necessários para a preservação do meio ambiente e a sustentabilidade”.

Foi a primeira da América Latina a receber o certificado LEED Schools (Leadership in Energy and Environmental Design), da associação ambiental estadunidense Green Building Council. Até então, apenas escolas de países como Estados Unidos, Noruega e Bali (Green School) possuíam o selo.

O diferencial da escola é que ela oferece o Ensino Médio Técnico Integrado em Educação, focado na administração sustentável.

Escola Guastalla, Guastalla

Essa escola maternal italiana é considerada uma das mais belas e sustentáveis do mundo. Na foto abaixo, é possível entender o porquê:

ilustração de escola Guastalla com crianças brincando no chão

Foto: Reprodução/Site

A escola foi construída após um terremoto que devastou a cidade. Foi projetada por Mario Cucinella, um dos mais importantes arquitetos sustentáveis do mundo. Para conceber a ideia do projeto, se inspirou na fábula “As Aventuras de Pinóquio”.

O edifício foi construído com materiais de baixo impacto ambiental ou reciclados. Funciona a partir de recursos sustentáveis de água e energia. Além disso, pretende estimular a integração entre os alunos e o contato com o meio ambiente.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 25 [12] => 157 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence