Filantropia avança na luta contra o aquecimento global
aquecimento global
Foto: Istock/Getty Images
Sustentabilidade > Negócios

Iniciativa privada avança na luta contra mudanças climáticas

Kaluan Bernardo em 8 de fevereiro de 2017

Os Estados Unidos vivem um novo momento no financiamento de pesquisas e políticas ambientais contra o aquecimento global. Diante de um governo que se posiciona contra os movimentos que estavam sendo feitos para frear as mudanças climáticas, a iniciativa privada e a filantropia podem assumir a bandeira de forma mais expressiva.

Alguns dos movimentos do presidente Donald Trump já foram suficientes para motivar uma carta aberta de cientistas membros da National Academy of Sciences (também nos EUA). “A mudança climática causada pelo homem não é crença, farsa ou conspiração. É uma realidade física”, diz o documento.

Nesse cenário, obviamente, a expectativa é que os investimentos públicos em pesquisas e iniciativas governamentais que combatam o aquecimento global diminuam ou mesmo se extingam nos Estados Unidos. Por isso, um crescente número de cientistas, passa a apostar suas cartas em bilionários filantropos, empresas de tecnologia e até mesmo em organizações esportivas.

Como a iniciativa privada pode alavancar a luta contra o aquecimento global

O Center for Climate and Life (Centro para Clima e Vida, em português) é um programa no Observatório da Terra, da Columbia’s Lamont Doherty. É uma instituição acadêmica que pesquisa os impactos tangíveis das mudanças climáticas. Seu foco é tanto informar a comunidade científica quanto educar o público geral.

Instituições assim historicamente procuram financiamento fora da universidade. Ele vem tanto em forma pública quanto privada. Como o primeiro está instável, eles têm aumentado a dependência do segundo. Uma das organizações que financiam o centro de pesquisa é a World Surf League (WSL), a entidade que organiza os principais campeonatos mundiais de surf. Só em 2016 a WSL doou mais de US$ 1,5 milhão para os pesquisadores.

Qual o interesse de uma entidade esportiva em financiar pesquisadores das mudanças climáticas? Simples: se o aquecimento global continuar, os níveis dos mares subirão muito e as pessoas não poderão mais surfar.

Por isso, mais do que doar dinheiro para pesquisas, a World Surf League tem engajado surfistas em um programa chamado PURE (Entendimento Progressivo e Respeito ao Meio Ambiente, em português). A ideia é utilizar os atletas para conscientizar leigos sobre os riscos ambientais em que vivemos.

LEIA MAIS
Estudo conecta degelo a aquecimento global de maneira cíclica
LEIA MAIS
Garantir direitos indígenas sobre terras pode controlar mudanças climáticas

Mas o Center for Climate and Life tem olhado também para filantropos. “Grandes filantropos têm sido deixados de lado por um longo tempo. Mas não mais. Várias pessoas acharam que o governo entraria nessa… e está muito claro com a administração atual que isso não acontecerá”, diz Peter de Menocal, diretor e professor do centro, à revista Fast Company.

Um desses exemplos é Bill Gates, que recentemente lançou um fundou de US$ 1 bilhão chamado Breakthrough Energy Ventures para investir em programas que nos levem a um futuro sem emissão de gases poluentes. O fundo inclui alguns investidores conhecidos no Vale do Silício, como Vinod Khosla, John Doerr e John Arnold. Eles pretendem aportar em iniciativas do tipo por 20 anos.

O foco deles é muito mais voltado a empreendedorismo do que pesquisa pura. Eles pretendem encontrar mais soluções rápidas do que discussões longas e complexas. Há um grande debate se o financiamento privado compromete o caráter científico das pesquisas ou se ele as torna mais práticas. Mas, em países onde os investimentos públicos tendem a se eximir, não há tanto espaço para escolhas. “A coisa certa a se fazer é garantir que a ciência seja feita e a próxima geração seja educada”, defende De Menocal à Fast Company.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
ESCOLHA DO EDITOR
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 205 [1] => 76 [2] => 12 [3] => 237 [4] => 97 [5] => 249 [6] => 222 [7] => 62 [8] => 157 [9] => 276 [10] => 259 [11] => 86 [12] => 267 [13] => 94 [14] => 68 [15] => 16 [16] => 167 [17] => 115 [18] => 186 [19] => 17 [20] => 102 [21] => 173 [22] => 238 [23] => 175 [24] => 92 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence