Insecta Shoes e o design retrô de seus sapatos veganos
11059765_910856689027211_5028231474476749030_n
As estampas exclusivas da Insecta Shoes. Foto: Divulgação
Sustentabilidade > Negócios

Insecta Shoes e o design de seus sapatos ecológicos

Diana Assennato em 18 de abril de 2016

Comprar produtos sustentáveis e adquirir peças usadas em brechós são duas opções para quem deseja se vestir bem sem agredir o meio ambiente. A Insecta Shoes é uma marca que une as duas coisas, produzindo sapatos veganos a partir de materiais de segunda mão.

Lançada em 2014, no Rio Grande do Sul, a empresa respeita os princípios do veganismo sem fazer uso de matéria-prima animal, como o couro.

O material usado na fabricação dos sapatos vem da reciclagem de garrafas de plástico, de restos de borracha usados pela indústria e do reaproveitamento de tecidos encontrados em brechós.

Sapatos veganos e exclusivos

A empresa traz uma proposta que pretende atender a duas grandes tendências. A primeira é a moda sustentável, que une o respeito ao meio ambiente à responsabilidade social, trazendo condições justas aos trabalhadores envolvidos na cadeia de produção. Na Insecta, os calçados são produzidos artesanalmente e no Brasil.

10 sapatos coloridos sobre cimento

Os sapatos veganos são exclusivos e usam tecidos de roupas de brechó. Foto: Divulgação

A segunda tendência de mercado são os produtos exclusivos, feitos em edição limitada. As grandes marcas de moda produzem em escala e vendem a mesma peça para todo o seu público. Ter um sapato exclusivo, então, é luxo.

A empresa nasceu em 2014, da junção de duas iniciativas: a marca de sapatos ecológicos MAG-P Shoes, de Pam Magpali, com o Brechó Virtual Urban Vintagers, de Babi Mattivy. Um ano depois, Laura Madalosso completou o time.

Em 2015, a marca faturou R$1 milhão. A maior parte das vendas, aproximadamente 70%, vem da loja online. Ao menos cinco lojas físicas vendem os sapatos, em cidades como Porto Alegre, Rio de Janeiro e Araraquara.

Em média, são vendidos cerca de 300 pares por mês, entre femininos e masculinos. Os calçados custam por volta de R$ 270. A marca oferece oxfords, botas, sandálias e slippers.

As vantagens do Upcycling

Reaproveitamento e customização definem a filosofia da Insecta Shoes. Upcycling significa utilizar restos para produzir um produto melhor, com mais qualidade. Esse processo dá nova utilidade para materiais que já existem.

Por meio do reuso criativo, é possível fabricar algo novo sem destruir a matéria-prima. A marca valoriza produtos de estilo vintage, como tecidos exóticos encontrados em roupas vendidas em brechós, criando peças exclusivas. Para isso, eles têm funcionários que garimpam essas lojas, procurando por estampas únicas. A curadoria é feita em Porto Alegre, Campo Grande, São Paulo e até fora do país.

Além do tecido usado para as estampas retrô, que formam o cabedal (parte superior da peça), há um acabamento cuidadoso para garantir a qualidade. Um tecido mais grosso reveste a parte interna, enquanto o calcanhar e a palmilha são revestidos por espuma.

A vantagem de produzir sapatos dessa forma é a possibilidade de reaproveitar tecidos de roupas com modelagens ultrapassadas. Este é um bom exemplo: uma única saia pode gerar até cinco pares de sapatos. Assim, a Insecta acaba dando serventia para peças que ficariam encalhadas dentro do brechó.

Dentro do site da Insecta Shoes, há um blog que abriga outros universos: “sustentabilidade, veganismo, redução de lixo, incentivo à indústria local, músicas e viagens”. Vale visitar a área dos veganos, inteiramente dedicada a dicas de receitas.

Diversos profissionais e ativistas contribuem com o blog. Além de sapatos veganos, quais desses assuntos te interessam? Conte para a gente.

O preço da moda sustentável

Os sapatos veganos geralmente custam entre  R$ 259 e R$ 289. Babi Mattivy explica que seus produtos são exclusivos e encontram pouca concorrência no mercado, pois não há marcas que correspondam diretamente ao que a Insecta faz.

De acordo com a sócia, a moda sustentável pode custar mais caro por alguns fatores. O primeiro deles é a produção artesanal, mais trabalhosa e personalizada. Todas as peças da Insecta são feitas em um ateliê em Novo Hamburgo, onde os funcionários são remunerados de forma justa, diferente do que acontece em certas marcas de fast fashion.

Além disso, os sapatos são feitos exclusivamente de tecidos veganos vindos de brechós e de outros materiais ecológicos reciclados. No Brasil, a matéria-prima orgânica e feita de forma consciente é mais difícil de ser encontrada e, por consequência, mais cara. Como a demanda por produtos feitos de desses materiais é menor, os custos de produção ainda são elevados.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 25 [12] => 157 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence