5 coisas que você precisa saber sobre obsolescência programada
obsolescencia programada
Foto: Istock/Getty Images
Sustentabilidade > Negócios

5 coisas que você precisa saber sobre obsolescência programada

Camila Luz em 5 de outubro de 2016

O nome obsolescência programada parece dizer respeito a algum conceito de tecnologia que só profissionais da área deveriam conhecer. Mas essa prática é bastante comum hoje e afeta a vida de todos nós. Sabe quando você compra um celular e depois de meses precisa de um novo pois o “antigo” morreu? Ou quando sua máquina lava e seca caríssima simplesmente começa a não secar direito após dois anos de uso?  Isso pode ser obsolescência programada.

Ela acontece quando empresas fabricam produtos para durar pouco intencionalmente. Assim, seus consumidores são obrigados a gastar mais comprando novos em breve. Parece lenda urbana, não é mesmo? Como a obsolescência programada faz parte da vida comum — e todos deveriam ter ciência de que ela existe — separamos cinco fatos para você aprender mais sobre o assunto:

1 – Antes da década de 20, produtos duravam mais

Apesar do avanço tecnológico, os produtos de hoje são piores em questão de durabilidade do que os disponíveis décadas atrás. Antes da crise de 1929, empresas desenhavam o que vendiam para durar o máximo possível. Mas a crise mudou esse cenário. Indústrias precisavam vender mais e uma das soluções foi fabricar objetos menos duráveis.

Exemplo disso é o famoso caso das lâmpadas: na década de 20, fabricantes decidiram, em comum acordo, reduzir a durabilidade de suas lâmpadas para vender mais e com mais frequência.

Além disso, a explosão do consumismo na década de 50 mudou a mentalidade de empresários e até mesmo consumidores, consagrando a tática.

2 – Tecnologia é rainha em obsolescência programada

De acordo com o Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor), aparelhos tecnológicos são os que mais apresentam obsolescência programa. Notebooks, desktops e celulares, por exemplo, costumam funcionar bem dentro do período de garantia. Depois, começam a apresentar problemas como esgotamento da bateria ou defeitos na placa de vídeo. Geralmente, o preço para consertar é tão alto que mais vale a pena comprar um novo.

3 – Obsolescência percebida

Acontece quando o consumidor considera o que tem em casa “velho” porque novos modelos são lançados toda hora. Isso é mais comum com carros e celulares. Veículo desvaloriza em milhares de reais a cada ano. Seu proprietário percebe que mantê-lo por muito tempo significa perder dinheiro e, por isso, prefere adquirir nova versão.

Empresas com a Apple e a Samsung vivem atualizando o sistema operacional e lançando aparelhos com novas funcionalidades. Alguns aplicativos começam a não rodar no celular antigo e o consumidor sente a necessidade de comprar um modelo novo praticamente todo ano.

Leia mais:
Brasileira, Magikey quer que smartphones sejam usados como chaves
Descubra o que o Google sabe sobre você
Como o algoritmo do Facebook molda a sua percepção do mundo

4 – Teoria da conspiração

Há quem diga que a obsolescência programada não existe. Na verdade, ela seria uma consequência dos avanços da tecnologia, que a toda hora possibilitam novas versões de carros, celulares, notebooks, máquinas de lavar mais inteligentes ou fogões que praticamente cozinham para você. Essa é, inclusive, a principal justificativa de empresas acusadas de praticar a obsolescência programada.

5 – Impacto ambiental monstro

A prática tem uma consequência ainda mais grave do que o rombo no bolso do consumidor: a produção de lixo. Pense em quantos celulares você já teve na vida. Toda essa carcaça foi descartada no meio ambiente e irá demorar anos para desaparecer.

Se o descarte não foi feito de forma correta, pior ainda: poderá contaminar o solo e a água e ainda contribuir para que espécies animais adoeçam. Além disso, produzir em excesso exige mais gastos com energia e matéria-prima e ainda polui o ar e agrava o aquecimento global pela emissão de gases.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 157 [12] => 25 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence