5 startups inovadoras em sustentabilidade
sustentabilidade
foto: iStock, Getty Images
Sustentabilidade > Negócios

5 startups inovadoras em sustentabilidade

Kaluan Bernardo em 3 de maio de 2016

Quando o assunto é sustentabilidade, boas intenções não bastam. A tecnologia e a inovação são aliadas essenciais para viver em um mundo onde o que produzimos e consumimos cause menos impacto no planeta.

Por isso, há diversas startups ao redor do mundo montando o quebra-cabeça em busca de negócios que consigam minimizar nosso impacto na natureza. Nós selecionamos cinco delas, conheça abaixo:

EcoPort

Não adianta saber separar plástico, metal e papel. Reciclagem também envolve levar os materiais a algum ponto que trabalhe com o reaproveitamento do material. E é aí que muita gente acaba desistindo da prática.

A EcoPort, uma startup de Hong Kong, quer solucionar esse quadro ao conectar as pontas. Contam com um sistema de vans que, em até 24 horas, vão à sua casa ou empresa e coletam o material para ser reaproveitado.

A empresa ainda tem um “painel de controle” que mostra ao cliente, em tempo real, o quanto do lixo dele foi útil para reciclagem.

Faça o quiz: Você sabe identificar quais produtos são recicláveis?

ProductBio

Criada na Califórnia (EUA), eles utilizam o poder dos dados para ajudar as empresas adotarem posturas realmente sustentáveis. Eles reúnem uma série de informações sobre fornecedores e seus materiais para as marcas conseguirem garantir que estão criando produtos têm origem ética e não desrespeitam o meio ambiente.

Insecta Shoes

Essa é do Brasil, mais especificamente do Rio Grande do Sul. Criada em 2014, a empresa traz os princípios do veganismo (de não utilizar nada de origem animal) para o mundo da moda.

Criada por Pamella Magpali, Bárbara Mattivy e Laura Madalosso, a empresa faz sapatos super estilosos reaproveitando materiais de segunda mão, como retalhos de roupas de brechó. Tudo sem origem animal.

Os produtos da Insecta são vendidos tanto pela internet quanto em lojas físicas na cidades de Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ) e Araraquara (SP). Aqui no Free The Essence já contamos mais a histórias delas, não deixe de conferir.

H2nanO

Desenvolvida na Universidade de Waterloo, no Canadá, essa startup quer despoluir água utilizando nanotecnologia e energia solar. Em seu site a empresa diz que utiliza o calor do sol para promover processos químicos que quebram contaminantes orgânicos, deixando a água limpa.

Os responsáveis pela tecnologia garantem que estão há mais de 30 anos desenvolvendo pesquisas sobre o tema. Dr. Frank Gu, o CEO, é professor de Engengharia Química e Nanotecnologia na Universidade de Waterloo. E é pós-doutor pelo MIT. Ele deu uma palestra no TED bem interessante sobre o assunto:

Powerhive

Criada nos EUA, mas com forte atuação no continente africano, a Powerhive quer levar eletricidade às mais de 1,3 bilhão de pessoas que ainda não têm. Criada em 2011, a startup cria pequenas redes de placas fotovoltaicas que distribuem energia elétrica paa comunidades.

Os clientes podem comprar a energia pelo celular, de forma pré-paga. Entre 2012 e 2014 eles rodaram um piloto na Quênia, oferecendo energia solar para 1.500 pessoas. O objetivo deles agora é chegar a 200 mil casas. Falamos mais deles nesse texto, vale conhecer.

E você? Conhece alguma startup bacana inovadora de sustentabilidade? Conta pra gente.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 25 [12] => 157 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence