Weightless: ouvir esta música pode reduzir a ansiedade em até 65%
reduzir a ansiedade
Foto: Istock/Getty Images
Unplug > Corpo e Mente

Weightless: ouvir esta música pode reduzir a ansiedade em até 65%

Pedro Katchborian em 27 de outubro de 2016

Você é do tipo que curte relaxar ouvindo uma música? Tem uma playlist no Spotify apenas para tentar diminuir um pouco o estresse? Está na hora de atualizar a sua lista relax: segundo a neurociência, há músicas específicas que podem reduzir a ansiedade em até 65%.

Um estudo conduzido pelo Dr. David Lewis-Hodgson, do Mindlab International, descobriu 10 das músicas mais relaxantes e que ajudam a reduzir a ansiedade. A campeã foi “Weightless”, de Marconi Union, uma música de mais de oito minutos e que chegou a diminuir em 65% a ansiedade dos participantes do grupo.

Para realizar a pesquisa,  cientistas convidaram participantes para resolver testes com certo nível de dificuldade enquanto ouviam as mais variadas músicas, de diferentes estilos. Com sensores conectados aos participantes, o estudo pode medir a atividade cerebral, além de sinais vitais como respiração e pressão. Weightless foi a que se saiu melhor.

Reduzir a ansiedade é mesmo importante: uma recente pesquisa feita pela Harvard mostrou que os problemas de saúde causados pelo estresse causam mais mortes que a diabetes e que o Alzheimer.

Na verdade, não é uma surpresa que “Weightless” tenha ficado no topo da lista para reduzir a ansiedade: o grupo Marconi Union criou a música em parceria com profissionais especializados em terapia do som. Os arranjos e o ritmo foram construídos para diminuir a pressão sanguínea e reduzir o batimento cardíaco do ouvinte.

É só ouvir para entender o motivo: parece uma música bem propícia para meditação, não? Se você quer relaxar, mas ainda sim não curte esse tipo de som, há músicas mais pops na lista para reduzir a ansiedade, como canções de Adele e da banda Coldplay.

A música foi tão eficiente que, segundo Lewis-Hogdson, alguns participantes se tornaram sonolentos ao ouvi-la. “Eu não recomendo ouvir “Weightless” ao dirigir por que pode ser perigoso”, alerta. No Spotify, já há uma playlist com as músicas mais relaxantes, segundo a neurociência.

A música além da ansiedade

A música pode trazer benefícios que vão além da redução de ansiedade. Segundo este estudo alemão publicado em 2009, ela pode reduzir a intensidade da dor, especialmente em cuidados geriátricos, intensivos ou na medicina paliativa. Também ajuda a tratar pacientes com sintomas de depressão

E não para por aí: a música também pode ajudar a tratar a insônia. Um estudo de 2008 feito com participantes de 19 a 28 anos mostrou que a música é mais eficaz do que um audiolivro na hora de ajudar a dormir. Outra pesquisa, de 2011, mostrou que ela ajuda a regular a pressão sanguínea e deixa os pacientes mais alegres. Cientistas também comprovaram que a música certa pode, sim, levar ao estado meditativo. Estilos sonoros mais rítmicos podem alterar as frequências cerebrais.

Por último, uma pesquisa de 2010 mostrou que até as canções com um ritmo mais acelerado podem ter efeitos interessantes. Feito com 56 estudantes universitários, esse estudo usou músicas aceleradas de Mozart para provar que as pessoas melhoram a sua percepção espacial e o processamento linguístico ouvindo o som certo.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 25 [12] => 66 [13] => 67 [14] => 157 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence