Para emagrecer, exercícios físicos não fazem tanta diferença
exercícios físicos ajudam a emagrecer?
Foto: Istock/Getty Images
Unplug > Corpo e Mente

Quando o assunto é emagrecer, exercícios físicos não fazem tanta diferença

Kaluan Bernardo em 31 de maio de 2016

Exercícios físicos são ótimos para a saúde. Além de fazer bem para a mente, ajuda a regular a pressão sanguínea, diminuem o risco de diabetes e evita uma série de problemas cardíacos. Também ajuda a evitar uma série doenças cognitivas, como o Alzheimer. No entanto, se o seu objetivo é perder peso, saiba: segundo uma série de estudos, o exercício físico, sozinho, fará pouca diferença.

Essa pesquisa, publicada na plataforma Cochrane, por exemplo, estudou 43 estudos diferentes sobre o uso de exercícios físicos no combate à obesidade. Ele mostra que, embora as publicações tenham descoberto uma série de benefícios das atividades físicas, a média de peso perdido foi pouca.

Em entrevista ao site Vox, David Allison, PhD da Universidade do Alabama, especializado em obesidade, diz que, quando o assunto é perder peso, os exercícios físicos tem “efeito menor do que você poderia matematicamente prever”. Ele diz que diminuir o quanto você consome de calorias é mais eficiente do que tentar queimá-las. Mas, se quiser fazer dieta e exercícios, os resultados ainda serão um pouquinho melhores do que só comer menos.

A obesidade tem mais a ver com o que comemos hoje

Inclusive, sabe aquele história de que hoje há mais pessoas obesas do que antigamente porque praticamos menos exercícios físicos? O antropólogo Herman Pontzer resolveu testá-la e descobriu que não é bem assim.

via GIPHY

Entre 2009 e 2010, ele fez uma série de viagens para a Tanzânia para acompanhar a vida de nativos da tribo Hadza, que vivem como caçadores e coletores — tais como muitos dos nossos ancestrais. Eles perseguem animais, sobem em árvores, colhem plantas… praticam bastante atividade física.

Durante 11 dias, Ponzer e sua equipe analisaram os movimentos, hábitos e gasto de energia de uma família hadza com 13 homens e 17 mulheres. Após comparar os resultados, descobriram que não havia muita diferença para um americano ou europeu comum.

Apesar de suas limitações (como pequena amostragem e técnicas restritas), a pesquisa levanta pontos interessantes. Os hazda, assim como nossos ancestrais, praticavam mais atividades, mas também descansavam muito mais. Além disso, hoje temos uma série de pequenas tarefas no dia a dia que também nos fazem queimar calorias.

Mas, se a queima de energia é parecida, por que quase não há obesos entre os hazda, ao passo em que nossa sociedade enfrenta cada vez mais esse problema? A resposta está na alimentação. Comer alimentos melhores e mais saudáveis é o segredo.

O importante é não se iludir com os exercícios físicos

via GIPHY

Em média, tudo o que você queima de calorias com atividade física corresponde a algo entre 10% e 30% de toda a energia que gasta durante o dia. Pelo menos é o que garante o neurocientista Alexxai Kravitz, pesquisador sobre obesidade no Instituto Nacional de Saúde (dos EUA) em entrevista à Vox. O restante vem de seu metabolismo e da energia usada para quebrar a comida.

O problema está do lado psicológico. Apesar de queimarem poucas calorias, acredita-se que a academia dá passe livre para comer mais. Um estudo de 2009 mostra que, com a ideia de que podem “compensar” o esforço, muita gente acaba até comendo mais depois do exercício. Grave erro. Em cinco minutos comendo, você pode jogar fora aquela uma hora que gastou na esteira.

Além disso, há o próprio corpo se enganando também. Pesquisadores descobriram que há um fator chamado “metabolismo compensatório“, que faz o corpo reduzir a atividade metabólica depois de uma série de exercícios, dificultando ainda mais o emagrecimento.

Ainda assim, exercícios físicos são importantes

Os exercícios fazem pouca diferença quando o assunto é emagrecimento. Ainda assim, é melhor com eles do que sem eles. Dietas acompanhadas de atividades físicas funcionam um pouco melhor do que dietas sozinhas. Elas precisam ser encaradas como um bônus, não como o fator principal na hora de emagrecer.

Pesquisadores descobriram que, entre os hábitos das pessoas que mais conseguiam perder peso, estavam: pesarem-se todas as semanas, diminuírem a quantidade de calorias que consomem e, somado a tudo isso, a prática constante de exercícios físicos.

O segredo é se exercitar, mas focando nas melhorias para sua saúde. Se puder, até finja que nem está se exercitando, assim você continuará atento à sua alimentação e não pensará em compensar aquela esteira com uma barra de chocolate.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 25 [12] => 157 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence