9 melhores picos de surf para pegar ondas no Brasil de norte a sul
surf
Foto: Istock/Getty Images
Unplug > Escapadas Urbanas

9 melhores picos de surf do litoral brasileiro

Camila Luz em 16 de outubro de 2016

Quem curte surf e nasceu no Brasil já tem meio caminhado andado para se dar bem no esporte. O país tem litoral extenso com praias para todos os gostos. Há mares com ondas longas e potentes, curtas e rápidas, vagas (se formam bem perto do litoral) e swells (formadas no meio do oceano durante tempestades).

Os swells podem viajar milhares de quilômetros no oceano e chegam à praia perfeitas para serem surfadas. São basicamente o sonho de qualquer surfista. No Brasil, a Praia da  Vila, em Imbituba, e a praia do Campeche, em Florianópolis –ambas cidades de Santa Catarina – são conhecidas por terem swells de qualidade.

A região sul do Brasil não é dona dos únicos picos que atraem surfistas. Praias como Ubatuba, no litoral paulista, e praia da Pipa, no Rio Grande do Norte, são destinos conhecidos internacionalmente.
Os picos são tantos que o surf brasileiro finalmente chegou à sua melhor fase e a Brazilian Storm – a “Tempestade Brasileira” de surfistas – está mostrando que é páreo para australianos e havaianos.

Leia mais:
Brazilian Storm, a tempestade de surfistas que vem derrubando os gringos
O surf também é das mulheres: conheça a Longarina, seu conteúdo e suas trips
Esportes aquáticos e radicais para ir muito além do surf

Melhores praias para a prática de surf

Praia do Arpoador – Rio de Janeiro (RJ)

A praia é um dos principais símbolos do surf carioca e já recebeu campeonatos importantes, como o WCT (Circuito Mundial de Surf). Ondas podem agradar iniciantes e profissionais, mas é preciso respeitar a intensidade do mar e ficar atento aos locais onde surfar pode ser mais arriscado. O principal ponto negativo do pico é a quantidade de banhistas. Como é cartão postal do Rio, pode ficar muito lotada. Pode ser melhor pegar ondas em horários alternativos.

Serrambi – Ipojuca (PE)

Essa praia não é indicada para iniciantes e nem para surfistas com preparo físico que deixa a desejar. Serrambi fica a 12 km de carro de Porto de Galinhas e seu recife de corais é um dos melhores lugares para pegar onda no Brasil. Para chegar até o local onde as ondas quebram, é preciso nadar bastante. O canto esquerdo tem ondas rápidas, tubulares e apelidadas de Bali devido a sua qualidade, digna de classe mundial.

Praia do Diabo – Rio de Janeiro (RJ)

Boa alternativa para quem quer fugir do crowd na praia do Arpoador. O pico é parcialmente fechado e apenas o canto direito é liberado para quem quer se esticar na areia e tomar sol. A água, no entanto, é liberada para o surf e traz ondas grandes e fortes em certas épocas do ano. A formação de ondas é irregular e a correnteza é forte, portanto não vá se você é iniciante. O acesso à praia do Diabo é pela própria praia do Arpoador.

Praia do Tombo – Guarujá (SP)

No litoral paulista, a Praia do Tombo traz umas das ondas mais fortes, radicais e cavadas, que devem ser encaradas por profissionais experientes. Como o próprio nome diz, dentro do mar a areia é inclinada e irregular, portanto banhistas que não sabem nadar devem tomar cuidado.

Ubatuba – São Paulo (SP)

Considerada a “Capital do Surf do Estado de São Paulo”, o pico é tão bom que criou surfistas que integram a elite mundial, como Filipe Toledo e Wiggolly Dantas. As melhores ondas se concentram na Praia Grande.

Fernando de Noronha (PE)

A ilha é considerada um dos lugares mais bonitos do Brasil e até do mundo. Cacimba do Padre, Boldró e Conceição são as praias mais indicadas para a prática do surf. Fernando de Noronha é uma ilha vulcânica com corais ao fundo. Por isso, suas condições de surf são semelhantes as do Hawaii.

Praia Brava – Matinhos (PR)

Muito frequentada por surfistas, costuma ficar lotada durante feriados e férias. Localizada em uma enseada, oferece uma das ondas mais longas do país, com cerca de 300 metros.

Praia de Stella Maris – Salvador (BA)

O pico ficou famoso nos anos 80 por sediar concursos de surf e tem importância história. Quem surfa no sul do Brasil precisa fazer uma visita ao mar de ondas curtas e tubulares e indicadas para todos os níveis. A praia fica dentro da cidade de Salvador e é boa opção para quem não quer ir muito longe e se aventurar por trilhas para pegar onda.

Scar Reef – Salvador (BA)

Se a sua intenção é surfar sozinho, escolha esse pico isolado cujo acesso se dá por uma fazenda particular. O nome “Scar Reef” faz alusão a uma praia da Indonésia. O mar não é indicado para iniciantes, pois há rochas e corais por toda a extensão, além de ondas fortes e rápidas.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 157 [12] => 25 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 172 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence