13 lugares para acampar em São Paulo
Acampar
Foto: Istock/Getty Images
Unplug > Escapadas Urbanas

13 lugares para acampar em São Paulo

Diana Assennato em 6 de maio de 2016

São Paulo e todo o seu concreto parece não combinar com atividades ao ar livre, mas há opções de lugares para acampar e ter experiências de contato com a natureza sem sair de perto da capital.

A Grande São Paulo possui áreas preservadas de Mata Atlântica que são bons refúgios verdes. Dentro da cidade, há campings que oferecem o principal: uma bela paisagem. Alguns fornecem instalações mais completas e toda a estrutura de um clube de lazer. Em certos locais há, inclusive, alojamentos. Outros são mais simples e oferecem apenas o necessário. Você pode levar a sua barraca, o saco de dormir e ter uma experiência mais verdadeira.

Cuidados para acampar

O camping escolhido deve atender suas necessidades. Se quiser cozinhar, garanta que você terá uma cozinha. Se não, verifique se há restaurantes por perto. Lembre-se de levar lanches, como sanduíches, frutas e bolachas, para não passar fome.

Na hora de montar a barraca, escolha um lugar plano, com poucas raízes de árvores. Também evite ficar embaixo de árvores frutíferas, já que frutas podem acabar caindo na sua cabeça.

Leve uma lanterna e uma extensão elétrica. Campings costumam oferecer tomadas, mas elas podem ficar longe do local onde você pretende montar sua barraca.

Escolha a melhor data para o passeio. Verifique a previsão do tempo, para evitar que chuvas estraguem a viagem. Em feriados como carnaval e páscoa, os campings podem ficar lotados. Se preferir uma experiência tranquila, opte datas menos movimentadas.

Lugares para acampar na Grande São Paulo

Os locais para acampar em São Paulo se concentram no extremo sul da capital, na região de Parelheiros. Mais de 30 cachoeiras podem ser visitadas nas áreas de proteção ambiental. Elas comportam a bacia hidrográfica dos rios Monos e Capivari, que alimentam as represas Guarapiranga e Billings. A prefeitura de São Paulo quer incentivar o ecoturismo na região. Por isso, a instalação de áreas de camping são incentivadas.

Águias da Serra

Opção completa para crianças. Localizado a 40km do Aeroporto de Congonhas, oferece mais de 50 atividades exclusivas, instalações completas e cinco refeições por dia.

O filme “Carrossel” (2015), sucesso entre as crianças, foi gravado no acampamento. Esse é mais um dos atrativos para os pequenos. Eles poderão experimentar as aventuras vividas pelos personagens, como brincar na lama e descer de tirolesa.

Sítio Itaguaçu

O espaço para camping fica localizado em Embu-Guaçu, um município de Itapecerica da Serra. O local oferece estrutura como banheiros e energia elétrica para carregar o celular.

Rancho M. S. Camping

Indicado para quem quer nadar em um lago natural, praticar esportes no campo e fazer trilhas ecológicas. Quem não tem barraca, pode alugar no local. Há churrasqueiras e, também, a possibilidade de encomendar o almoço.

Camping do Jamil

Fica localizado na Cachoeira do Jamil, em uma propriedade particular. É possível montar barracas no gramado. Quem preferir ficar no coberto, pode usar a casa de apoio. O local disponibiliza banheiros e uma churrasqueira.

Para lazer, há opções de trilhas naturais e a própria cachoeira. Para ter mais informações sobre as atrações turísticas e campings da região de Parelheiros, basta ligar no Posto de Atendimento ao Turista da cidade.

Lugares com esportes radicais para acampar

E se você quiser mais do que a mera experiência de acampar, pode ficar em um lugar onde possa descansar da cidade, explorar e, de quebra, ainda praticar esportes radicais. No estado de São Paulo há vários desses locais, belos para se acampar e ótimos para praticar esportes com uma boa dose de aventura. Separamos alguns deles.

Petar – Iporanga

O Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira, o Petar, é um dos melhores destinos para quem gosta de aventuras na natureza. É a maior porção de Mata Atlântica preservada do Brasil e uma região cheia de cachoeiras, trilhas, quilombos e cavernas incríveis para se conhecer. É considerado um patrimônio da humanidade pela Unesco.

Se você quer acampar por lá, saiba que existe uma série de opções, como o Camping do Benjamin, do Dema, o Moria e o Mangarito.

Brotas

Brotas se define como “capital do turismo de aventura” do estado de São Paulo. E não é por menos. O que não faltam lá são opções de atividades para curtir a natureza com uma dose de adrenalina.

Por lá, rola rafting (diurno e noturno), tirolesas, canionismo, arvorismo, passeio em quadriciclos, bóia cross, mountain bike, queda livre e muito mais. Como o ambiente pede, há uma série de acampamentos de qualidade por lá, como o 3 Quedas, o Fazenda das Palmeiras e o Raio de Sol.

Cabreúva

No interior de São Paulo há o Camping Cabreúva, especializado em esportes radicais. Eles têm um parque aquático, tirolesa, rapel, escalada e caiaque. No site, eles dizem que todos essas atividades saem por apenas R$ 10 por pessoa, enquanto o acampamento sai por R$ 50 por pessoa.

Eles dão descontos para famílias que levarem crianças e oferecem programação infantil, como parquinhos e passeios de trenzinho ou uma pequena queda d’água com um toboágua natural e quadras de esportes.

Boituva

Também no interior do estado, Boituva é conhecida como polo de atividades radicais, principalmente paraquedismo. É lá que fica o Centro Nacional de Paraquedismo. Há ainda passeios de balões, paintball, cavalgada, trekking, tirolesa e trilhas no Parque Ecológico Eugênio Walter, um espaço com 136 mil metros quadrados e que abriga mais de 30 espécies diferentes de animais. Uma opção para quem quer acampar lá é a Pousada Mirante, que oferece espaço para barracas.

Acampamentos temáticos para crianças

E se você está pensando em acampamentos para seus filhos, uma boa opção são os temáticos. Com as mais diferentes atividades voltadas a crianças e adolescente, acampamentos podem proporcionar férias inesquecíveis aos pequenos.

Além de a criança se divertir, ela normalmente aprende lições valiosas de trabalho em grupo, cultura, autonomia e empatia. A seguir, confira algumas dicas de acampamentos temáticos em São Paulo. Há opções para crianças e adolescentes focarem no aprendizado de inglês, praticarem esportes radicais ou se sentirem como arqueólogos.

Brasil Skate Camp

Se você quer que seus filhos curtam um acampamento radical, nada melhor do que deixá-los em um todo voltado ao skate. Em São Paulo, o Brasil Skate Camp funciona desde 2005 oferecendo pistas de street, minirampas e até um megajump. As temporadas funcionam durante as férias de janeiro e de julho. Nelas, além de aulas de skate, também há desafios, oficinas, jogos recreativos e apresentações de atletas amadores e profissionais convidados.

English Camp

Agora se você quer que seus filhos utilizem as férias para aprenderem ainda mais e saírem afiados no inglês, a dica é levá-los ao English Camp, em Itapetininga, um camping todo voltado ao desenvolvimento do idioma.

Eles existem desde 1988 e trabalham com crianças nos mais diferentes níveis de inglês — inclusive aquelas que não dominam o idioma. E, como todo bom camping, também oferecem atividades recreativas e de contato com a natureza, além de opções como tirolesa e esportes típicos de países britânicos, como baseball, hockey e streetball.

Ah, um detalhe: esse acampamento vale também para adultos interessados no idioma. As unidades são separadas.

Sítio do Carroção

O Sítio do Carroção, em Tatuí, é um tanto conhecido pelas atividades e pelo tamanho que tem. Com mais de 150 funcionários, o acampamento existe desde 1971. Eles focam em diversas aventuras “a la Indiana Jones” para promover uma programação pedagógica com parques paleontológicos e locais como um enorme aquário de água doce e a Caverna da Lagoa Azul, cheia de histórias para as crianças vivenciarem e contarem na volta.

Espaço Temático Sítio do Picapau Amarelo

E para os fãs de Monteiro Lobato, Mariporã tem seu próprio Sítio do Picapau Amarelo. Os personagens icônicos estão lá o tempo todo oferecendo atividades como luau da Cuca, tarde de histórias com a Dona Benta ou passeio de barco com o Tio Barnabé. A locação é toda caprichada para reproduzir, com detalhes, as imagens que Lobato projetava em sua obra.

Ranieri Acampamento

Outro bastante conhecido e tradicional, em São Lourenço da Serra, é o Ranieri Acampamento. Em funcionamento desde 1979, ele foi construído com o objetivo específico de aproximar crianças da Mata Atlântica. Por isso, oferece diversas atividades radicais — todas feitas com bastante segurança —, como trilhas ecológicas, trekking, jogos de estratégia ao ar livre, entre outros.

No Free the Essence, já demos dicas de outros passeios para fazer ao ar livre em São Paulo, como visitar as inúmeras cachoeiras da cidade. Também falamos sobre esportes que podem ser praticados nas represas paulistanas, como o Stand Up Paddle e o Sup Pilates.

Quais outras atividades ao ar livre você gostaria de fazer em São Paulo, mas pensa que é impossível? Conte para a gente.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 237 [1] => 205 [2] => 76 [3] => 222 [4] => 12 [5] => 249 [6] => 94 [7] => 97 [8] => 267 [9] => 68 [10] => 115 [11] => 17 [12] => 173 [13] => 175 [14] => 238 [15] => 62 [16] => 92 [17] => 157 [18] => 276 [19] => 153 [20] => 25 [21] => 236 [22] => 125 [23] => 16 [24] => 66 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence