Lugares para tocar e conhecer novas bandas
000029275846_sair em turne (1)
Foto: Istock/Getty Images
Unplug > Escapadas Urbanas

Lugares para tocar e conhecer novas bandas em São Paulo, Rio e Belém

Kaluan Bernardo em 19 de maio de 2016

Você acabou de formar sua nova banda, tem um som incrível, mas não consegue outro palco além daquele na festa junina da escola? Ou você está afim de conhecer novos sons, mas vai sempre nos mesmos rolês com o milésimo cover de Bon Jovi e Guns’N’ Roses? Saiba que, pelo menos em algumas capitais, há sim muitos lugares para tocar e conhecer nova música.

Um grupo de músicos que frequenta o grupo do selo Sinewave no Facebook se reuniu para fazer um mapa colaborativo com os lugares para tocar em São Paulo. Há de tudo: bares, teatros, centros culturais, casas de show, SESCs, casas noturnas, bibliotecas, clubes, CEUs, estúdios, entre outros. Nele você encontra os endereços, sites e contatos dos responsáveis dos estabelecimentos. Dá uma olhada:

Se você conhecer outro lugar e quiser colaborar com a ferramenta, basta deixar sua sugestão nessa planilha. A iniciativa até inspirou outras pessoas, que criaram mapas também para Rio de Janeiro (esse está mais incompleto e só pode ser acessado aqui) e Belém.

Legal, já sei os lugares para tocar com a minha banda. E agora?

Não importa se você está começando agora ou se já tem décadas de experiência: ter uma banda independente no Brasil é para os fortes. Do it yourself é sangue, suor e lágrimas. Conhecer os lugares para tocar é só uma parte. O vídeo abaixo é meio antigo e bobinho, mas ilustra bem algumas das dificuldades em “tocar na noite”:

Os mineiros da Lupe de Lupe também escreveram, no ano passado, um texto mandando a real sobre as dificuldade de fazer uma turnê com uma banda “sem sair na Rolling Stone”. Eles abrem todas as contas e mostram os perrengues, aprendizados e soluções que encontraram para pôr o pé na estrada.

Eis alguns dos principais aprendizados que eles trazem:

• Se vai sair para tocar pelo país, o jeito é pegar estrada com seu carro próprio;
• A banda não pode sair gastando, comendo fora e bebendo todo dia;
• Viaje com pouco peso e bagagem;
• Trate bem qualquer um que interagir contigo;
• Aproveite o tempo gravando coisas na viagem; topando os shows com o que tiver e não se levando a sério demais;
• Combine antecipadamente como será o pagamento.

Outro texto, do selo Bichano Records, vai na mesma linha do Lupe de Lupe. Eles acrescentam alguns conselhos essenciais:

• Aproxime-se dos donos dos estabelecimentos (aqueles que você viu nos mapas acima) pela internet. É o melhor jeito de fortalecer a rede. Nesse texto do Bichano há uma lista de contatos que eles compartilharam.
• Reconheça o estilo de cada lugar. Não adianta querer encaixar sua banda de metal em uma casa de pagode.
• Evite marcar dois shows no mesmo fim de semana na mesma cidade (vai dividir o público).
• Tome cuidado com os seus instrumentos. Há muitos casos de gente que é roubada.

E, o mais importante de todos, divirta-se. E você, fã, também aproveite para conhecer todos esses lugares que dão espaço para novos sons. Quem sabe você não descobre sua nova banda preferida?

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 25 [12] => 157 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence