Museus e feiras para conhecer outras culturas em São Paulo
museus-e-feiras-culturais-em-sp
Festa da Cerejeira, Parque do Carmo. Foto: Flickr/Adriano Makoto Suzuki
Unplug > Escapadas Urbanas

Museus e feiras para conhecer outras culturas sem sair de São Paulo

Camila Luz em 13 de julho de 2016

Conhecer outras culturas sem planejar uma viagem cara e sair de São Paulo é possível. Basta visitar as várias feirinhas e museus espalhados pela cidade. Durante seus 462 anos de história, a metrópole recebeu imigrantes do mundo inteiro e se tornou um dos centros urbanos mais diversos do planeta.

Feiras gastronômicas e festas típicas são bons passeios descontraídos para quem deseja experimentar a culinária de outros países e comprar artigos culturais. Alguns desses eventos acontecem diariamente, como a Feira Africana de rua, ou têm dias fixos. Outros rolam de forma esporádica para celebrar datas comemorativas.

Já os museus são indicados para quem deseja saber mais sobre a cultura de outros povos e apreciar relíquias. No Brasil, São Paulo é a cidade com maior concentração desses institutos e, por isso, vale a pena conhecer suas opções.

Leia mais:
10 cachoeiras para visitar perto de São Paulo
Dicas de lugares para acampar na Grande São Paulo
Refúgios aquáticos: onde praticar Stand Up Paddle em São Paulo

Museus e institutos culturais

 

Museu Afro Brasil

O museu possui um acervo com mais de seis mil obras, entre pinturas, esculturas, fotografias, documentos e peças etnológicas de autores brasileiros e estrangeiros. As produções foram feitas entre o século 18 e os dias atuais.

As obras abordam temas como religião, trabalho, arte e escravidão, retratando a trajetória dos africanos que foram trazidos ao Brasil e sua influência na construção da sociedade brasileira.

O Museu Afro Brasil fica no Pavilhão Padre Manoel da Nóbrega, no parque Ibirapuera.

Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil

Considerado o maior museu sobre a imigração japonesa no Brasil, possui mais de 97.000 itens que pertenceram aos imigrantes, como documentos, fotos, jornais, livros, revistas, filmes, vídeos, quadros, utensílios domésticos e peças de vestuário.

Além do acervo exposto, há uma biblioteca destinada aos curiosos sobre a cultura japonesa, pesquisadores, escritores e jornalistas interessados em saber mais sobre a história da imigração.

O museu fica localizado no bairro da Liberdade, tipicamente oriental. Quem visita o instituto pode aproveitar para comer em um dos tantos restaurantes japoneses ou chineses espalhados pela região, comprar comidas típicas nos mercados e visitar lojas que vendem artigos culturais.

Centro Cultural Coreano

Fundado em 2013, tem como objetivo apoiar o desenvolvimento e o intercâmbio cultural entre Coréia e Brasil, além de divulgar materiais da cultura coreana. O instituto promove eventos como exposições, apresentações de dança e aulas de taekwondo.

Interessados em saber mais sobre a cultura coreana podem visitar o acervo da biblioteca do instituto ou participar de um dos seminários promovidos no local.

O Centro Cultural Coreano fica no centro de São Paulo, no bairro Santa Cecília.

Memorial da Imigração Judaica

O Memorial fica localizado na sede da Sinagoga mais antiga de São Paulo, a Kehilat Israel, no bairro do Bom Retiro. Ele reúne documentos e obras raras que narram a história e a contribuição dos imigrantes judeus ao desenvolvimento do Brasil.

Seu objetivo é preservar e recriar a memória dos judeus que vieram ao Brasil. O Memorial possui preciosidades como o diário de viagem do garoto de 11 anos Henrique Sam Mindlin (da famosa família Midlin, dona na Metal Leve), que narra sua migração de navio de Odessa, na Ucrânia, até o Rio de Janeiro.

Feirinhas Culturais

Festa de São Vito

A maior festa italiana de rua de São Paulo possui mais de 40 barracas de comida, shows típicos e música ao vivo. As ruas do Brás são invadidas pelas cores da bandeira do país durante seis finais de semana entre o final de maio e início de julho.

Feira Boliviana

Aos domingos, é possível apreciar um pouco da cultura boliviana em São Paulo. Dezenas de barracas são montadas na Praça Kantuta com comidas típicas e produtos culturais, como temperos andinos, chá de coca, bolsas e roupas trazidas do país sul-americano.

Festa das Cerejeiras

As cerejeiras do Parque do Carmo, na Zona Leste de São Paulo, florescem todo mês de julho e se mantêm floridas por apenas alguns dias. A Federação Sakura e Ipê do Brasil organizam uma festa para apreciar as árvores, com apresentações musicais e comidas típicas japonesas. Esteiras são estendidas no chão para quem deseja apenas curtir a paisagem.

Feira Africana de rua

Todos os dias, imigrantes africanos se reúnem na saída do metrô República, na Avenida Ipiranga, para vender artefatos de seus países de origem. Os vendedores costumam usar os trajes típicos e ensinar a usar o que vendem, como roupas, tecidos e turbantes.

Festival Sul-Americano de Cultura Árabe

O festival não é focado em comilança e lembrancinhas e sim em palestras, debates e oficinas sobre a cultura árabe. Há discussões sobre a situação atual da palestina, assim como aulas históricas e rodas de discussão sobre temas como refugiados, arte e arqueologia. O evento acontece durante o mês de março. A última edição foi realizada na Biblioteca e Centro de Pesquisa América do Sul – Países Árabes (BibliASPA), localizada no bairro Santa Cecília.

Feira Escandinava

Anualmente, no mês de novembro, o Esporte Clube Pinheiros recebe brinquedos, artigos e comidinhas de países nórdicos como Finlândia, Noruega e Suécia. O legal de visitar essa feira é contribuir com instituições sociais do Brasil, pois é organizada por voluntários e quase todo o lucro é doado para esses projetos.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 25 [12] => 157 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence