Conheça a poesia do Nobel Bob Dylan por 6 de suas músicas
bob-dylan
Foto: Flickr/mtarvainen
Unplug > Inspire-se

Conheça a poesia de Bob Dylan por 6 de suas músicas

Kaluan Bernardo em 13 de outubro de 2016

“The times, they are A-Changing”, disse Sara Danius, secretária permanente da Academia Sueca, após anunciar o Nobel da Literatura para Bob Dylan. A citação não é uma referência a um livro, mas ao verso de uma das músicas mais famosas da cultura pop e que, já em 1964, dizia que os tempos estavam mudando.

Desde a previsão de Robert Allen Zimmerman, mais conhecido como Bob Dylan, muita coisa mudou, inclusive em sua carreira. Hoje, além de cantor, o estadunidense também é compositor, escritor e artista plástico. É, ainda, o único artista a vencer um Nobel, além de ter sido premiado no Oscar, Grammy e Globo de Ouro.

Dylan foi premiado por “ter criado novas expressões poéticas junto com a tradição americana de canções”. Aos 75 anos, não dá sinais de cansaço. Seu último disco, “Shadows in the Night”, só com versões de Frank Sinatra, foi lançado em 2015.

Se você nunca prestou atenção à escrita de Dylan, Sara recomenda que você comece pelo clássico “Blonde on Blonde”, de 1966. “É um exemplo extraordinário de sua forma de rimar, juntar refrões e mostrar sua forma pictórica de pensar”, diz.

Para te ajudar a ver a beleza na prosa e na poesia de Dylan, separamos alguns dos trechos mais icônicos de suas letras.

6 composições de Bob Dylan que mostram sua poesia

Blowing in the Wind

How many roads must a man walk down,
Before you can call him a man?
How many seas must a white dove sail,
Before she sleeps in the sand?
Yes, and how many times must cannonballs fly,
Before they’re forever banned?
The answer, my friend, is blowin’ in the wind
The answer is blowin’ in the wind

Tradução nossa:
Quantas estradas um homem precisa percorrer,
Antes que você possa chamá-lo de homem?
Quantos oceanos uma pomba branca precisa voar,
Antes que possa dormir na areia?
Sim, e quantas balas de canhão devem voar,
Antes de serem banidas para sempre?
A resposta, meu amigo, está soprando no vento
A resposta está soprando no vento

Don’t Think Twice, It’s All Right

So it ain’t no use in callin’ out my name, gal
Like you never done before
And it ain’t no use in callin’ out my name, gal
I can’t hear you any more
I’m thinkin’ and wonderin’, walking down the road
I once loved a woman, a child I’m told
I give her my heart but she wanted my soul
But don’t think twice, it’s all right

Tradução nossa:
Não adianta chamar pelo meu nome, garota
Como você nunca fez antes
E não adianta chamar pelo meu nome, garota
Eu não posso mais te ouvir
Eu estou pensando e refletindo, andando pela estrada
Eu amava uma mulher, digo, uma criança
Eu dei a ela meu coração, mas ela quis minha alma
Mas não pense duas vezes, está tudo bem

The Times They Are A-Changin’

Come gather ‘round people
Wherever you roam
And admit that the Waters
Around you have grown
And accept it that soon
You’ll be drenched to the boné
If your time to you
Is worth savin’
Then you better start swimmin’
Or you’ll sink like a stone
For the times they are a-changin

Tradução nossa:
Vamos reunir as pessoas ao redor
Por onde quer que andem
E admitam que as águas
À sua volta estão subindo
E aceitem que logo
Vocês estarão cobertos até os ossos
Se seu tempo para você
Vale a pena ser poupado
Então é melhor começar a nadar
Ou irá se afundar como uma pedra
Pois os tempos estão mudando

Like a Rolling Stone

You thought they were all kiddin’ you
You used to laugh about
Everybody that was hangin’ out
Now you don’t talk so loud
Now you don’t seem so proud
About having to be scrounging for your next meal

How does it feel?
How does it feel?
To be on your own?
With no direction home?
A complete unknown?
Like a rolling stone?

Tradução nossa:
Você pensou que estavam brincando com você
Você costumava rir
De todos que andavam a sua volta
Agora você não fala tão alto
Agora você não parece tão orgulhosa
E sobre ter que roubar sua próxima refeição

Qual é a sensação?
Qual é a sensação?
De estar sem lar?
Como uma completa desconhecida?
Como uma pedra rolando?

Positively 4th Street

You got a lotta nerve
To say you are my friend
When I was down
You just stood there, grinning

Tradução nossa:
Você tem muita cara de pau
Em se dizer minha amiga
Quando eu estava por baixo
Você só ficava ali, com um sorrisinho

Mr. Tambourine Man

Hey! Mr. Tambourine Man, play a song for me
I’m not sleepy and there is no place I’m going to
Hey! Mr. Tambourine Man, play a song for me
In the jingle jangle morning I’ll come followin’ you

Take me on a trip upon your magic swirlin’ ship
My senses have been stripped, my hands can’t feel to grip
My toes too numb to step
Wait only for my boot heels to be wanderin’
I’m ready to go anywhere, I’m ready for to fade
Into my own parade, cast your dancing spell my way
I promise to go under it

Tradução nossa:
Hei! Senhor Tocador de Tamborim, toque uma canção para mim
Não estou com sono e não há lugar onde eu possa ir
Hei! Senhor Tocador de Tamborim, toque uma canção para mim
Na aguda manhã desafinada eu o seguirei

Leve-me a uma viagem em sua mágica nave ressoante
Meus sentidos foram arrancados, minhas mãos não podem segurar
Meus pés estão muito dormentes para pisar, esperando apenas Minhas botas para perambular
Estou pronto para ir a qualquer lugar, estou pronto para desaparecer
Em minha própria parada, moldando sua dança a meu caminho,
Eu prometo segui-la

Os livros de Bob Dylan

Vale lembrar que, embora seja conhecido pelas letras de suas canções, Dylan também escreveu livros. Um deles, “Tarantula”, é uma ficção experimental. Uma baita viagem. O livro foi lançado no Brasil em 1986 pela Editora Planeta.

Leia também:
Músicas, filme e trailer: quatro vezes em que a inteligência artificial foi criativa
9 serviços para descobrir novas músicas

Ele ainda tem outras obras, como “Writings and Drawings”, de 1973, e que não foi traduzido ao português. Há ainda uma outra obra autobiográfica, chamada “Crônicas – Volume 1”, lançada no Brasil em 2005 pela editora Planeta.

Premiação a Bob Dylan levantou polêmicas

De fato, os tempos estão mudando. Apesar de Bob Dylan ser reconhecido como grande letrista e já ter sido cotado várias vezes para o Nobel da Literatura, sua premiação ainda é polêmica.

Na entrevista coletiva, Sara Danius disse esperar que a Academia não seja muito criticada pela escolha. Autores como Ngugi wa Thiong’o, Don DeLillo ou Haruki Murakami lideravam nas apostas. Normalmente, o Nobel da Literatura é anunciado junto com o da Paz. Nesse ano, o prêmio foi adiado. O argumento oficial foi de que aconteceram problemas de agenda, mas a imprensa sueca especulou que teria sido por não chegarem a um consenso em relação ao vencedor.

Desde 1993, um estadunidense não levava um Nobel da Literatura. “Ele é um grande poeta na tradição da língua inglesa”, comentou Sara. “Ele incorpora a tradição há 54 anos e tem se reinventado” constantemente, criando uma nova identidade”, finalizou.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 25 [12] => 157 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence