Casa organizada: método Marie Kondo muda sua vida com uma faxina
casa organizada
Foto: Istock/Getty Images
Unplug > Inspire-se

Casa organizada: método Marie Kondo muda sua vida com uma faxina

Camila Luz em 30 de agosto de 2016

Para manter a casa organizada, não é preciso fazer do sábado um dia fixo de arrumação. Seguindo o método da especialista Marie Kondo, uma única grande faxina é capaz de deixar seu cantinho impecável pelo resto da vida.

capa do livro Marie Kondo

Foto: Divulgação

A japonesa é obcecada por arrumação desde os cinco anos de idade. Já testou inúmeros métodos para manter a casa organizada, mas todos foram ineficientes. Decidiu, então, criar o seu próprio e transmitir sua sabedoria para nós por meio do livro “A Mágica da Arrumação”. Uma única faxina bem feita é suficiente, desde que seja acompanhada por atitudes simples no futuro: tudo o que for tirado de lugar, deve ser colocado de volta.

A arrumação mágica proposta é dividida por categorias, e não por cômodos. Primeiro organize as roupas, depois os livros, a papelada, os cosméticos, a louça e assim por diante.

A ideia é reunir tudo o que pertence a uma mesma categoria, doar sem dó o que não usa mais e guardar o resto no mesmo lugar. Todos os cosméticos, por exemplo, devem ser armazenados juntos. Quando precisar de um esmalte, use-o e depois o coloque onde estava.

Leia mais:
Dicas e sons para aumentar a produtividade no home office
Por que você procrastina? E como parar?
5 dicas para trabalhar produtivamente fora de casa

Como fazer a grande faxina

1 – Descarte sem dó

Guarde apenas o que realmente pode ser útil. Cartinhas que recebeu de amigas na sexta série, documentos vencidos, cadernos antigos, livros que já leu (ou nunca vai ler na vida)… tudo isso deve ir para o lixo (não se esqueça de mandar para a reciclagem o que pode ser reaproveitado ou para a doação, é claro).

Guarda apenas o que tem serventia, como boletos pagos de contas e livros que servem para consulta (ou que você realmente gosta de reler várias vezes). Espaço é uma coisa valiosa hoje, quando apartamentos e casas têm tamanhos tão reduzidos. Por isso, não o desperdice. Além disso, jogar fora tudo o que está acumulado pode literalmente deixar sua alma mais leve.

Marie também dá um conselho difícil de seguir, mas que pode ser muito eficiente: se desfaça das roupas de ficar em casa e dos pijamas velhos. A japonesa acredita que devemos manter apenas o que nos faz sentir bem e eleva nossa autoestima. Para quem faz home office, essa dica é de ouro, pois passar o dia com aquele pijama esfarrapado pode dar preguiça de fazer as tarefas.

Usar o que nos faz sentir confortáveis e confiantes pode mudar nossa atitude diante dos problemas que devem ser resolvidos no dia a dia. Portanto, junte todas as roupas velhas e doe para conhecidos ou para a ONG mais próxima da sua casa.

2 – Visualize o que você tem

Quando for guardar o que não descartou, coloque tudo em locais bem visíveis, para que você possa visualizar o que tem e fazer melhor proveito. Assim também fica mais fácil perceber itens que nunca são usados e descartá-los no futuro.

Essa dica é ótima para organizar o armário. Quantas vezes pensamos que estamos sem roupa simplesmente por que não sabemos o que temos e acabamos usando sempre a mesma coisa? Ao invés de comprar novas peças que irão lotar o guarda-roupa, que tal tentar usar o que  já tem?

Marie também aconselha a manter apenas as peças que realmente nos fazem felizes. Quando for decidir o que vai e o que fica, coloque todas à vista, toque cada uma e entenda se aquilo irá te trazer algo de positivo.

3 – Não deixe sua família se meter na sua faxina

Não conte para sua família que irá fazer a grande faxina para deixar a casa organizada. Eles vão tentar te convencer a guardar o que já decidiu jogar fora. Ou pior: vão ficar chateados porque está se desfazendo de um presente que te deram há anos. Confie no que você quer fazer, sem se apegar à opinião alheia.

4 – Roupas bem dobradas são roupas felizes

Marie tem uma filosofia que pode não servir para os mais céticos. Ela acredita que devemos tratar com carinho e respeito as peças de roupa e acessórios que nos acompanham todos os dias, e até conversar com elas. Chegando em casa, literalmente agradeça tudo que usou.

Se essa não é sua pegada, apenas se certifique de guardar suas roupas com cuidado, sem amassar o tecido, para não estragá-las. Não faça bolinhas com as meias: isso gasta o elástico com o tempo e atrapalha sua função. Apenas dobre-as.

A mágica de manter a casa organizada

Marie garante que, seguindo esses passos e mantendo a disciplina de simplesmente guardar de volta, a casa estará sempre arrumada. Para ela, quando organizamos o local onde vivemos, acabamos botando nosso mundo interior em ordem.

Os benefícios de manter o local onde vivemos organizado são muitos: isso nos deixa mais à vontade, mais confortáveis, nos ajuda a organizar nossas ideias, a tomar decisões e a ver as coisas com clareza.

Para quem faz home office, os benefícios são ainda maiores, pois a organização pode nos trazer disciplina. Além disso, permite que economizemos um tempo que seria gasto arrumando a bagunça quando devíamos estar trabalhando.

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 222 [2] => 237 [3] => 115 [4] => 17 [5] => 238 [6] => 92 [7] => 125 [8] => 173 [9] => 16 [10] => 276 [11] => 157 [12] => 25 [13] => 66 [14] => 67 [15] => 62 [16] => 153 [17] => 127 [18] => 12 [19] => 19 [20] => 187 [21] => 69 [22] => 154 [23] => 175 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence