Constelações literárias: artista mistura literatura e astronomia
constelacoes literarias_header
O Maravilhoso Mágico de Oz Foto: Reprodução
Unplug > Inspire-se

Constelações literárias: projeto mistura literatura e astronomia para criar arte

Pedro Katchborian em 2 de março de 2017

A primeira frase de um livro costuma ser muito marcante. Ela introduz alguém, descreve um cenário ou dá um contexto, sendo um importante pontapé para o nosso imaginário criar aquela cena em nossa cabeça e nos preparar para o que estar por vir no resto da obra. Pensando nisso, o artista Nick Rougeux celebra as primeiras frases de livros no projeto Constelações Literárias, em que imagina as primeiras linhas de capítulos de livros como “Alice no País das Maravilhas” em constelações.

“Quando uma história é bem escrita, você fica tão imerso enquanto lê que aquilo se torna o seu mundo“, diz Rougeux sobre o projeto. Ele também detalha como foram feitas as constelações a partir das sentenças:

As constelações foram criadas com as palavras das primeiras frases de cada capítulo para desenhar os caminhos baseados no tamanho das palavras. As direções das linhas são baseadas no tipo de palavra (verbo, adjetivo, substantivo, etc) e o tamanho é baseado no tamanho da palavra. O tamanho das estrelas também é baseado no tamanho das palavras.

O artista também foi capaz de colocar no papel a ordem dos capítulos no projeto Constelações Literárias. Ele explica: “As constelações foram colocadas em um padrão no sentido horário começando no topo com um destaque que conecta a ordem dos capítulos que aparecem na história, que costuma representar a galáxia em imagens de constelações”. Em seu site, Nick detalha mais como foi a criação de cada imagem.

LEIA MAIS
Como a literatura e os podcasts podem ajudar a lidar com a insônia
LEIA MAIS
15 dicas de livros por grandes nomes da tecnologia

Como afirma o Brain Pickings, a arte criada por Rougeux abraça o que Vladimir Nabokov, autor de Lolita e outras obras, define como um bom storytelling: “uma mistura da precisão da poesia e uma intuição de ciência”. Entre os clássicos que são transformados em constelação estão “Robinson Crusoé”, de Daniel Defoe, “Peter Pan”, de J.M. Barrie, “O Menino Mogli”, de Rudyard Kipling e “O Mágico de Oz”, de L. Frank Baum.

Curtiu? O trabalho do artista está à venda, com pôsteres das constelações à partir de US$ 27,80. Veja:

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
ESCOLHA DO EDITOR
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 205 [1] => 76 [2] => 12 [3] => 237 [4] => 97 [5] => 249 [6] => 222 [7] => 62 [8] => 157 [9] => 276 [10] => 259 [11] => 86 [12] => 267 [13] => 94 [14] => 68 [15] => 16 [16] => 167 [17] => 115 [18] => 186 [19] => 17 [20] => 102 [21] => 173 [22] => 238 [23] => 175 [24] => 92 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence