O que a crítica e o público acharam dos filmes indicados ao Oscar?
oscar
La La Land Foto: Divulgação
Unplug > Inspire-se

O que a crítica achou sobre os filmes indicados ao Oscar?

Kaluan Bernardo em 26 de janeiro de 2017

Todo início de ano os cinéfilos ficam animados com as discussões sobre quais foram os melhores filmes do ano anterior, ao menos em Hollywood. É em janeiro que sai a lista de indicados ao Oscar, a premiação mais importante do ramo, que acontece no final de fevereiro.

Entre a publicação da lista de indicados e a premiação, muita gente corre para fazer uma maratona e assistir os filmes que, teoricamente, são os melhores do ano anterior. Muitos deles chegam aos cinemas brasileiros um pouco mais tarde, justamente perto da premiação.

Se você é um desses que quer assistir aos indicados e ter sua própria opinião, indo além dos simples vencedores da premiação, a dica é começar pelos filmes que estão mais bem cotados pela crítica. Para isso, um jeito bacana de selecionar é justamente ver quais são as notas atribuídas às obras por público especialista e leigo.

Há diversos sites, como IMDB, Rotten Tomatoes e Metacritic que funcionam como termômetros nesse sentido. Enquanto o primeiro foca na nota do público, o segundo e o terceiro dão a nota média da crítica. Nós te poupamos do trabalho de procurar um por um e trazemos as notas dos concorrentes a “Melhor Filme” do Oscar 2017.

As notas dos indicados ao Oscar

La La Land

Grande favorito do ano, o filme bateu recorde em Globo de Ouro e levou sete para casa. O prêmio sempre costuma funcionar como um indicador do Oscar. É um musical cheio de cores, referências e planos sequência com técnica impecável. A história fala sobre um romance e segue a temática da perseguição dos sonhos. Dirigido por Damien Chazelle, responsável pelo também bem aclamado “Whiplash”, o filme tem Ryan Gosling e Emma Stone nos papéis dos protagonistas.

“La La Land” também concorre nas categorias de “Melhor Diretor”, “Melhor Ator”, “Melhor Atriz”, “Melhor Roteiro Original”, “Melhor Fotografia”, “Melhor Edição”, “Melhor Design de Produção”, “Melhor Figurino”, “Melhor Canção Original”, “Melhor Trilha Sonora”, “Melhor Edição de Som” e “Melhor Mixagem de Som”.

IMDB: 8,7/10
Metacritic: 93/100
Rotten Tomatoes: 93%

Moonlight: Sob a Luz do Luar

Grande rival de “La La Land” na disputa, Moonlight tem sido muito bem recebido pela crítica, que não hesitou em o chamar de “obra-prima”. Dividido em três momentos, o filme acompanha a vida de Black (Trevante Rhodes) e fala sobre drogas, criminalidade e homossexualidade com a urgência e delicadeza que os temas pedem. O filme é dirigido por Renato Hermsdorff, prodígio que tem apenas um filme anterior em seu currículo.

A obra também concorre nas categorias de “Melhor Diretor”, “Melhor Ator Coadjuvante”, “Melhor Atriz Coadjuvante”, “Melhor Roteiro Adaptado”, “Melhor Fotografia”, “Melhor Edição” e “Melhor Trilha Sonora”.

IMDB: 8,3/10
Metacritic: 99/100
Rotten Tomatoes: 99%

A Chegada

O filme é dirigido por Denis Vilenneuve, conhecido diretor de ficções científicas, que está cuidando do retorno de “Blade Runner” e também foi responsável por “O Homem Duplicado”. “A Chegada”, por sua vez, é inspirada em um conto do norte-americano Ted Chiang e conta a história de uma intérprete que tenta decodificar a linguagem de uma civilização alienígena em contato com os humanos. O longa propõe questões filosóficas acerca de como a linguagem pode modificar nossa percepção de realidade. Recentemente, o filme esteve envolvido em uma polêmica pelo fato de sua protagonista, Amy Adams, ter sido retirada das indicações de “Melhor Atriz” — ela era uma das favoritas.

O filme concorre também nas categorias de “Melhor Diretor”, “Melhor Roteiro Adaptado”, “Melhor Fotografia”, “Melhor Edição”, “Melhor Design de Produção”, “Melhor Edição de Som” e “Melhor Mixagem de Som”.

IMDB: 8,2/10
Metacritic: 81/100
Rotten Tomatoes: 94%

Manchester à Beira-Mar

O drama acompanha a história de Lee Chandler (Casey Affleck), que é forçado a retornar para sua cidade e tomar conta do sobrinho adolescente, que ficou órfão. Nesse retorno às origens, ele deve lidar com uma série de traumas do passado. O filme tem sido muito elogiado, principalmente pelas atuações.

Ele também concorre a “Melhor Diretor”, “Melhor Ator”, “Melhor Atriz Coadjuvante” e “Melhor Roteiro Original”.

IMDB: 8,4/10
Metacritic: 96/100
Rotten Tomatoes: 96%

Até o último homem

O filme de guerra da lista. Dirigido por Mel Gibson, conta a história de Desmond T. Doss (Andrew Garfield), que durante a Segunda Guerra Mundial se recusa a pegar em armas e matar pessoas. No entanto, durante a Batalha de Okinawa, ele salva a vida de mais de 75 homens e se torna o primeiro opositor dos conflitos a ser condecorado nos EUA.

Concorre a “Melhor Diretor”, “Melhor Ator”,”Melhor Edição”, “Melhor Edição de Som” e “Melhor Mixagem de Som”.

IMDB: 8,5/10
Metacritic: 71/100
Rotten Tomatoes: 86%

Estrelas além do tempo

Um elenco de peso, com nomes como Janelle Monáe, Octavia Spencer e Taraj P. Henson, apresenta a história de mulheres negras que foram importantes nas missões da Nasa, em plena Guerra Fria. O racismo dos EUA de 1960 é pano de fundo para resgatar essas personagens corajosas que estavam escondidas na história.

O filme disputa também “Melhor Atriz Coadjuvante” e “Melhor Roteiro Adaptado”.

IMDB: 8,0/10
Metacritic: 74/100
Rotten Tomatoes: 92%

Lion: Uma jornada para casa

Um filme bastante sentimental e delicado, que explora temas como múltiplas famílias e personalidades. Ele conta a história de Saroo (Dev Patel), um indiano que aos cinco anos se perdeu de seu irmão e enfrentou desafios para sobreviver até ser adotado por uma família australiana. Aos 25 anos,  ele tenta reencontrar sua família.

LEIA MAIS
Cinco filmes do cinema nacional para assistir online
LEIA MAIS
O que muda no som de um cinema para outro

Concorre em “Melhor Ator Coadjuvante”, “Melhor Atriz Coadjuvante”, “Melhor Roteiro Adaptado”, “Melhor Fotografia” e “Melhor Trilha Sonora”.

IMDB: 8,0/10
Metacritic: 69/100
Rotten Tomatoes: 87%

Cercas

Filme responsável por trazer a indicação de seis negros ao Oscar. Dirigido e estrelado por Denzel Washington (ao lado de Viola Davis), conta a história de um homem que sonhava em se tornar jogador de beisebol e acaba frustrado como catador de lixo.

Inspirado em uma peça de teatro homônima, concorre a “Melhor Ator”, “Melhor Atriz Coadjuvante” e “Melhor Roteiro Adaptado”.

IMDB: 7,7/10
Metacritic: 78/100
Rotten Tomatoes: 95%

A qualquer custo

Outro filme cheio de ação, quase um faroeste moderno. Conta a história de dois irmãos — um ex-presidiário e um pai divorciado com dois filhos — que, ao perderem uma fazenda, decidem assaltar um banco e reerguerem a vida. No entanto, devem o tempo todo fugir de um delegado obstinado em capturá-los.

Além de “Melhor Filme”, disputa também “Melhor Ator Coadjuvante”, “Melhor Roteiro Original” e “Melhor Edição”.

IMDB: 7,7/10
Metacritic: 88/100
Rotten Tomatoes: 98%

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 76 [1] => 237 [2] => 205 [3] => 97 [4] => 222 [5] => 62 [6] => 157 [7] => 276 [8] => 12 [9] => 249 [10] => 86 [11] => 94 [12] => 267 [13] => 68 [14] => 16 [15] => 115 [16] => 186 [17] => 17 [18] => 102 [19] => 173 [20] => 175 [21] => 238 [22] => 92 [23] => 236 [24] => 79 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence