Os espanhóis que venceram o Pritzker, o Nobel da arquitetura
Pritzker10
Vinícola Bell–Lloc. Foto: Hisao Suzuki/Reprodução
Unplug > Interventores

Os espanhóis que venceram o Pritzker, o Nobel da arquitetura

Kaluan Bernardo em 3 de março de 2017

Rafael Aranda, Carme Pigem e Ramon Vilalta foram os vencedores do prêmio Pritzker em 2017. A premiação, a mais prestigiada da área, está em sua 39º edição e é conhecida como o “Nobel da Arquitetura”. E, pela primeira vez na história, o prêmio foi concedido a um trio. Essa também é apenas a segunda vez que os espanhóis são condecorados – a última vez que isso ocorreu foi em 1996 com Rafael Moneo.

Rafael, Carme e Ramon coordenam, desde 1998, o escritório RCR Arquitectes em Olot, cidade catalã. Se formaram um ano antes em Arquitetura na ETSAV (Escola Tècnica Superior d’Arquitectura del Vallès).

Segundo Tom Pritzker, presidente da Fundação Hyatt, que patrocina a premiação, o trabalho de três décadas do trio foi escolhido porque “teve grande impacto na disciplina e foi muito além de sua área imediata”, com um trabalho que modificou espaços públicos e privados, instituições educacionais e culturais.

A página da premiação destaca ainda que o trabalho deles “demonstra um compromisso inflexível com os lugares e suas narrativas, criando espaços que estão em diálogo com seus respectivos contextos”. Eles dizem ainda que o trio “busca conexões entre o exterior e o interior, resultando em uma arquitetura de experiência e emocional”.

Há um contexto político para a escolha. Em um momento em que o mundo volta a questionar o projeto de globalização, o júri diz que a escolha se deve também por ser um trabalho que valoriza a arquitetura produzida localmente.

“Cada vez mais pessoas temem que, por causa da influência internacional perderemos nossos valores locais, nossa arte local e nossos costumes locais”, dizem. No entanto, segundo a banca, os arquitetos “nos ajudam a ver, de uma forma mais bela e poética, que a resposta à questão não é ‘ou isso ou aquilo’ e que podemos, pelo menos na arquitetura, buscar ambos; nossas raízes firmes no local e nossos braços estendidos para o resto do mundo.”

Conheça o trabalho dos vencedores do Pritzker

O júri destacou alguns de seus trabalhos, como a vinícola Bell-Lloc (2007), na cidade de Palamós, na Espanha, por usar bastante aço reciclado, fundindo o edifício à terra e fazendo com que as aberturas entre as ripas de aço abram espaço para a luz.

Outro exemplo é a marquise (2011), que cria um espaço de jantar ao ar livre para eventos no Restaurante Les Cols, em Olot. “É um outro exemplo da fusão da paisagem e materiais modernos mínimos para criar um local útil e popular”, comenta o júri. “O espaço se encaixa em um vale esculpido pelos arquitetos na paisagem. Fortes paredes de pedra vulcânica apoiam um peso leve, enquanto o telhado de polímero transparente protege contra a chuva e o sol”, descrevem.

LEIA MAIS
Moontopia imagina como seria arquitetura de colonização da lua
LEIA MAIS
Favelar: startup usa Arquitetura Sustentável em comunidades no RJ

O próprio escritório do trio (2007) é tido como exemplo por justapor o passado ao presente na transformação de uma antiga fundição do século XX. Tudo que era original foi deixado como estava, enquanto os novos elementos apenas trazem funcionalidades para o espaço.

Há ainda outros exemplos, como a Escola de Enfermagem de Besalú (2010), em Girona, Jardim de Infância de El Petit Comte (2010) e da Biblioteca Sant Antoni (2007), Barcelona.

Veja esses e outros trabalhos na galeria abaixo:

Pritzker1

Teatro La Lira Foto: Hisao Suzuki/Reprodução

Pritzker2

Jardim de Infância El Petit Comte Foto: Hisao Suzuki/Reprodução

Pritzker3

Pista de Atlestismo Tossols-Basil. Foto: Hisao Suzuki/Reprodução

Pritzker4

Centro de Artes La Cuisine Foto: Hisao Suzuki/Reprodução

Pritzker5

Museu Soulages Foto: Hisao Suzuki/Reprodução

Pritzker6

Biblioteca e Centro de Idosos Sant Antoni - Joan Oliver e Jardins Candida Perez. Foto: Eugeni Pons/Reprodução

Pritzker7

Casa Linha. Foto: Hisao Suzuki/Reprodução

Pritzker8

Marquise do Restaurante Les Cols. Foto: Hisao Suzuki/Reprodução

Pritzker9

Laboratório Barberi Foto: Hisao Suzuki/Reprodução

Pritzker10

Vinícola Bell–Lloc. Foto: Hisao Suzuki/Reprodução

Gostou deste post? Que tal compartilhar:
ESCOLHA DO EDITOR
Últimos
Trend Tags
Array ( [0] => 205 [1] => 76 [2] => 12 [3] => 237 [4] => 97 [5] => 249 [6] => 222 [7] => 62 [8] => 157 [9] => 276 [10] => 259 [11] => 86 [12] => 267 [13] => 94 [14] => 68 [15] => 16 [16] => 167 [17] => 115 [18] => 186 [19] => 17 [20] => 102 [21] => 173 [22] => 238 [23] => 175 [24] => 92 )
Vídeos
Copyright © 2016 Free the Essence